#listadefilmes – 13 filmes de zumbi que valem a pena

Resident Evil – O Hóspede Maldito (2002)

residentevil

Baseado no videogame de mesmo nome, Resident Evil – O Hóspede Maldito (2002) traz uma premissa simples: um vírus está rapidamente se espalhando pelo globo, transformando as pessoas em zumbis. Nesta história, os mortos-vivos são combatidos na força bruta, com armas e todos os tipos de golpes. Alice (Milla Jovovich) tem poucas horas para impedir a contaminação total. O primeiro filme pode não ter sido um grande sucesso, mas criou um grupo fiel de fãs e acabou dando origem a quatro sequências, com a possibilidade de um sexto episódio pelo caminho. Além de Jovovich, outras estrelas tiveram tempo de se destacar na franquia, como Michelle Rodriguez e Sienna Guillory.

Extermínio (2002)

exterminio

Dirigido por Danny Boyle, Extermínio (2002) trouxe um dos retratos mais cruéis da Terra ocupada por mortos-vivos. Além de cenas muito violentas, com direito a filhos atirando em seus próprios pais (transformados em zumbis, claro), o filme ainda inclui monstros rápidos, que correm como pessoas quaisquer. Para piorar a situação, os poucos humanos restantes são acolhidos por um grupo de militares com condutas éticas muito questionáveis. O sucesso do primeiro filme levou a uma sequência, Extermínio 2 (2007).

[REC] (2008)

rec

Usando o estilo found footage, com imagens supostamente amadoras e reais, [REC] (2008) apresenta uma simples reportagem em um prédio que se transforma em um verdadeiro inferno, quando uma contaminação começa a afetar os moradores do edifício, desde uma pequena garotinha até uma assustadora mulher idosa, correndo em direção à câmera. Com o sucesso de [REC], o filme já deu origem a duas sequências, com uma quarta em fase de preparação. Além disso, em 2008 foi preparada a refilmagem americana, chamada Quarentena (2008).

Todo Mundo Quase Morto (2004)

quasemorto

Todo Mundo Quase Morto (2004) consegue unir o humor britânico mais sarcástico e as tradicionais histórias em que zumbis contaminam o mundo inteiro. Mas ao invés de mostrar o pânico dos protagonistas, esta comédia coloca os ótimos Simon Pegg e Nick Frost no papel de dois homens meio acomodados e preguiçosos. Eles demoram muito para perceber que os zumbis não são apenas pessoas lentas, com cara de doentes, mas depois passam a destrui-los da maneira mais violenta possível. A pequena produção acabou se tornando um filme cult de terror.

Zumbilândia (2009)

zumbilandia

Esta divertida paródia dos filmes de mortos-vivos mostra um mundo em que o apocalipse zumbi já tomou o planeta, e os poucos humanos sobreviventes lidam sem grande surpresa com a presença dos seres sanguinários. Com Woody Harrelson, Emma Stone, Abigail Breslin e Jesse Eisenberg no elenco, Zumbilândia (2009) capricha nas cenas de zumbis assassinados com pás, espingardas, tacos de golfe e mesmo pianos. Já as próprias criaturas, como você vê na imagem acima, são mais engraçadas do que assustadoras.

A Noite dos Mortos-Vivos (1968)

noite

Talvez o filme de zumbi mais famoso da história do cinema seja A Noite dos Mortos-Vivos (1968), o primeiro filme do cineasta George A. Romero. Nesta história, o que causa a transformação dos seres humanos em mortos-vivos é o contato com a radiação, após a queda de um satélite. O filme inclui diversas cenas fortes para a época, incluindo os momentos em que os zumbis devoram os corpos uns dos outros. Com o sucesso da produção – considerada pelos críticos como uma crítica à sociedade norte-americana – Romero criou outros grandes filmes de zumbis, como O Despertar dos Mortos (1978), Creepshow (1982) e Terra dos Mortos (2005).

Planeta Terror (2007)

planetaterror

Quando Quentin Tarantino e Robert Rodriguez decidiram fazer o projeto Grindhouse, homenageando os filmes de terror trash dos anos 1970, Rodriguez ficou encarregado de Planeta Terror (2007), história sobre um grupo de vingadores (incluindo Rose McGowan, com uma metralhadora no lugar da perna) que combate um exército de mortos-vivos. Bruce Willis e Josh Brolin também estão no elenco. A quantidade de vísceras, sangues e membros cortados é impressionante, ressalta o aspecto divertido e excessivo das produções de baixo orçamento de antigamente.

ParaNorman (2012)

paranorman

Uma das melhores animações sobre zumbis é sem dúvida ParaNorman (2012). O filme retrata as aventuras de um garotinho ao descobrir que pode se comunicar com os mortos-vivos. Para um filme que pretende agradar o público infantil, a produção em stop motion se arriscou ao construir zumbis realmente assustadores, com diversas partes do corpo caindo e restos de pele se destacando dos ossos. Mesmo assim, a mensagem do filme é otimista, encorajando a convivência pacífica entre os humanos e as presenças do além.

Madrugada dos Mortos (2004)

madrugada

Ainda na linha de paródias de filmes de terror, Madrugada dos Mortos (2004) brinca claramente com o consumismo norte-americano, ao fechar os habitantes de um subúrbio dentro um centro comercial cercado por zumbis ferozes. O tom é bastante exagerado, mas cada referência nesta história (inclusive a Alien, o 8º Passageiro) é bem refletida e utilizada na trama. O filme também funciona como homenagem ao clássico A Noite dos Mortos-Vivos, de George A. Romero.

Zumbis na Neve (2009)

neve

Zumbis na Neve (2009) traz a ousada ideia de unir duas figuras bastante detestadas no cinema: zumbis e nazistas. A trama, meio sem pé nem cabeça, mostra um grupo de jovens que desperta os tais zumbis nazistas quando descobre um baú cheio de ouro. As histórias divertidas e absurdas são uma marca registrada do diretor Tommy Wirkola, mais conhecido no Brasil por João e Maria: Caçadores de Bruxas.

Fome Animal (1992)

fomeanimal

Pouca gente sabe, mas antes de dirigir a aclamada trilogia O Senhor dos Anéis e a nova trilogia O Hobbit, o neozelandês Peter Jackson dirigiu um filme de zumbi bastante trash: Fome Animal (1992). Nesta história, um jovem tímido descobre que sua mãe foi contaminada por um vírus misterioso, e agora tornou-se um zumbi. Ele deve fazer o possível para a que a sociedade não tente exterminar a pobre mãe… O mais impressionante no filme é essa concepção dos monstros saindo literalmente de dentro do corpo das pessoas, gerando imagens grotescas.

House of the Dead – O Filme (2003)

house

Misturando filmes de zumbi e e filme de terror adolescente, House of the Dead – O Filme (2003) usa a premissa básica dos teen thrillers: um grupo de adolescentes entra em uma floresta à noite e passa a ser perseguido por inimigos. Mas desta vez, o perigo vem de um grupo de mortos-vivos que dominam a ilha. O tom é abertamente tosco, mas também muito divertido. o sucesso inesperado, essa história ganhou a sequência A Casa dos Mortos 2 (2005).

Guerra Mundial Z (2013)

guerraz

O super filme de zumbis de Brad Pitt se confunde com filme de ação em cenas grandiosas e espetaculares pelo mundo. A epidemia se espalha rapidamente e a cura parece cada vez mais distante. Campos “de refugiados” são atacados por montanhas de zumbis enfurecidos e até aviões são abatidos em sequências de cair o queixo. Por falar em sequência, aliás, o filme que rendeu muitas brigas entre produtores, diretor e estúdio já tem a sua garantida.

Adaptação de listas do Adoro Cinema e Superinteressante

4 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s