‘De volta Para o Futuro 2’ se tornou o presente. E como ficaram as previsões do filme para 2015?

Estamos em 2015. Em 1989 o ano de 2015 ainda estava muito longe e o diretor Robert Zemeckis dava asas à imaginação e previa uma série de engenhocas para os dias de hoje. Mas até onde o que o filme previa é possível? Ou mesmo, até onde já existem produtos similares?

Por enquanto não temos carros voadores, robôs que passeiam com cachorros, jaquetas que se secam sozinhas nem tênis que se amarram sozinhos. Por outro lado, alguns outros utensílios previstos no filme não estão tão longe assim de nossa realidade.

TVs de tela plana, por exemplo, são hoje presença em grande parte das casas e hologramas em 3D se tornaram corriqueiros nos palcos desde que o “fantasma” de Tupac cantou ao lado de Snoop Dogg e Dr. Dree no festival Coachella em 2012. Na verdade os hologramas de hoje em dia são muito melhores que o tubarão gigante de “Tubarão 19” mostrado no filme.

Video conferências, como ocorre entre o velho Marty McFly e seu chefe japonês hoje são formas regulares de comunicação tanto no meio profissional quanto no pessoal, graças à companhias como Skype e Google.

Lembra-se do personagem de um jovenzinho Elijah Wood no filme? O garoto costuma jogar video game enquanto acompanha Marty e em determinado momento é questionado: “Você precisa usar as mãos para jogar? Isso é o que? Um brinquedo de bebê?”. Sim, controles de mão ainda são presença constante nos video games, mas consoles como Nintendo Wii, Xbox Kinect e Playstation Move oferecem jogos que não precisam de controles para serem jogados há alguns anos.

No que diz respeito às roupas pouco convencionais (pra não dizer bizarras) utilizadas por alguns personagens no filme, basta pensar em figurinos de artistas como Lady Gaga, Katy Perry ou Empire of The Sun para imaginar que não estamos lá muito longe….

A segurança biométrica, como demonstrada no filme, também já é uma realidade. Uma impressão digital já serve como alternativa para chaves e até mesmo substitui a senha no iPhone.

Existem outros momentos em que tarefas são realizadas no filme com o simples toque de um dedo, como uma transação de táxi em algo que se assemelha a um tablet. A Apple apresentou o iPad em 2010 e cada concorrente seguiu seus passos com seus próprios produtos. Como a cena com o táxi previu, os negócios estão se aproveitando destes avanços da tecnologia para transações financeiras. Alguns restaurantes enviam os pedidos à cozinha por meio de tablets e qualquer pessoa pode aceitar cartões para pagamento com um leitor acoplado em seu tablet ou smartphone. E não esqueça que o dinheiro em si já está quase obsoleto.

No filme, óculos com video são usados por Marty durante um jantar. Eles podem transmitir duas telas ao mesmo tempo assim como receber e fazer ligações. Graças à Google, a geração de crianças de hoje em dia pode fazer a mesma coisa utilizando o Google Glass. A tecnologia “vestível” com um display ótico permite que os usuários acessem a maioria das informações disponível em seus smartphones sem utilizar as mãos. Desde que dispostos a pagar 1500 dólares por um par de óculos.

Porém, o maior objeto de desejo do filme ainda não é exatamente uma realidade… Uma empresa afiliada ao Kickstarter lançou no ano passado um produto chamado Hendo: um protótipo do hoverboard utilizado por Marty McFly no filme. O projeto do skate voador fez enorme sucesso e as 10 primeiras unidades foram vendidas rapidamente por 10 mil dólares cada. No momento, o skate só flutua sobre placas de metal, então é melhor guardar o dinheiro até que um produto igual ao de McFly chegue ao mercado.

Com informações do The Wrap

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: