Liza Kudrow estará na nova temporada de Grace & Frankie que estreia em janeiro

Sim, meus amigos! A nova temporada de Grace & Frankie chega mais cedo do que a gente imaginava. A Netflix já anunciou que a série volta no dia 19 de janeiro para sua quarta temporada e traz uma novidade MARAVILHOSA!

Ninguém menos que Liza Kudrow, a nossa amada Phoebe de Friends, fará parte deste novo ano das incríveis amigas vividas por Jane Fonda e Lily Tomlin.

GraceandFrankieSeason4RESIZED

A série, que como vocês bem sabem, é uma das melhores coisas feitas nos últimos anos, vai colocar Kudrow como um “terceiro elemento” que irá abalar as relações de Grace e Frankie. Kudrow irá interpretar Sheree, manicure de Grace (Fonda) que se aproxima dela, tirando o equilíbrio da relação com Frankie (Tomlin).

Grace & Frankie é uma série maravilhosa que conta a amizade de duas mulheres que se odiavam e acabam se aproximando quando seus maridos assumem um relacionamento entre eles após décadas de casamento. Daquelas séries que a gente começa a ver e só para quando ela termina, vendo mais de 10 episódios em dois dias.

Grace & Frankie: uma série que você não pode perder

Pra quem não sabe, tanto Friends quanto Grace & Frankie, foram criadas pela mesma roteirista: Martha Kauffman.

Veja o vídeo do anúncio abaixo:

Anúncios

10 astros dos anos 90 que deram uma sumida

Dia desses ficamos pensando… por onde anda o Brendan Fraser? E o Freddie Prinze Jr? O que aconteceu com essa gente?

Pois é, muita gente deve se perguntar o mesmo. Astros de diversas produções dos anos 90 envelheceram e sumiram das telas. Por onde andam?

Brendan Fraser

Brendan Fraser

Fraser era o grandão bobão e de bom coração em praticamente todos os seus filmes, mas também fez alguns filmes sérios. Sua última grande produção foi Coração de Tinta, em 2008.

Filmes mais populares: A Múmia (trilogia), George o Rei da Floresta, De Volta para o Presente, Crash, EndiabradoDeuses e Monstros.

Atualmente: de uns anos pra cá vem participando de diversas séries de TV, como The Affair Texas Sob Fogo. Está em duas séries para estrear:  Trust Condor.

Freddie Prinze Jr

freddie_prinze_jr_summer_catch_001

Ele era o galã das comédias românticas adolescentes dos anos 90. E até hoje tem muita gente ainda apaixonada por ele… Seu último papel importante foi na série autobiográfica Freddie, que teve somente uma temporada. Hoje faz diversas vozes na animação Star Wars Rebels.

Filmes mais populares: Ela é Demais, Louco Por Você, Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado, Scooby-Doo.

Atualmente: além de Star Wars Rebels (personagem Kanan Jarrus) também fez vozes em Frango Robô e nos games de Star Wars.

Ryan Philippe

Ryan-Phillippe-SC

Phillipe também posava de galã, mas não fazia comédias românticas. Gostava de trabalhos mais “sérios”, por assim dizer.

Filmes mais populares: Segundas Intenções, Corações Apaixonados, Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado, Studio 54.

Atualmente: participou da primeira temporada do ótimo Secrets and Lies e de O Atirador. Também está no elenco do surpreendente filme de suspense pouco conhecido 7 Desejos.

Sarah Michele Gellar

Sarah Michele Gellar

Ela veio do seriado Buffy e pulou para o cinema. Além de ter se casado com Freddie Prinze Jr, Gellar não tem trabalhado muito na TV ou no cinema ultimamente.

Filmes mais populares: Segundas Intenções, Scooby Doo, Pânico 2, Simplesmente Irresistível, Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado.

Atualmente: depois de trabalhar na série The Crazy Ones ao lado de Robin Williams, Gellar também foi pra carreira de dubladora ao lado do marido em Star Wars Rebels Frango Robô.

Meg Ryan

meg ryan

Se teve alguém que realmente desapareceu depois dos anos 2000 foi Meg Ryan. A namoradinha do cinema, rainha das comédias românticas fez uma penca de plásticas, ficou irreconhecível e sumiu do mapa.

Filmes mais populares: Cidade dos Anjos, Sintonia de Amor, Mensagem Para Você, Harry & Sally, Surpresas do Coração, Teoria do Amor.

Atualmente: a última produção em que Ryan esteve envolvida foi o filme Ithaca, de 2015, ao lado de Tom Hanks. Mas a mais relevante desde o fim dos anos 90 foi o filme Em Carne Viva, um thriller de mistério e suspense diferente dos demais longas de sua carreira.

Alicia Silverstone

Alicia Silverstone

Silverstone não fez muita coisa nos anos 90, mas uma de suas personagens a imortalizou. E de lá pra cá a atriz só tem participado de pequenas produções.

Filmes mais populares: As Patricinhas de Beverly Hills, De Volta para o Presente, Batman & Robin.

Atualmente: está na série American Woman, em pós produção, e no filme O Sacrifício do Cervo Sagrado, que deve chegar ao Oscar 2018.

James Van Der Beek

James Van Der Beek

O ator de Dawson’s Creek não fez muita coisa no cinema, e desde seu sucesso na série vem participando de diversas outras produções da TV como How I Met Your Mother e CSI.

Filmes mais populares: Marcação Cerrada, Regras da Atração

Atualmente: dublou um personagem na série animada Vampirina, estrelou a série What Would Diplo Do? (sim, é sobre a vida do DJ Diplo) e está no elenco de Pose, atualmente em pós-produção.

Neve Campbell

Neve-Campbell

Depois do sucesso de O Quinteto, Campbell ficou conhecida do grande público como a Sindey, a pobre que fugia do assassino mascarado nos filmes da série Pânico. Desde então, vem focando em séries de TV. Fez parte até mesmo de uma série sobre o Titanic…

Filmes mais populares: franquia Pânico, Garotas Selvagens, Um Caso a Três, Studio 54, Jovens Bruxas.

Atualmente: participou de episódios de Mad Men, Gray’s Anatomy e fez parte do elenco fixo de House of Cards. Está filmando o longa Skycraper.

Julia Stiles

julia-stiles

Ninguém sabe exatamente por que Julia Stiles sumiu do cinema, mas a loira linda e talentosa vem se dedicando a projetos pequenos e a papeis menores em produções “de grife” faz um tempo.

Filmes mais populares: 10 Coisas que eu Odeio em Você, Louco Por Você, No Balanço do Amor, O Sorriso de Mona Lisa.

Atualmente: depois de participar dos longas da saga Bourne, de estrelar o remake de A Profecia e de fazer pontas em longas como O Lado Bom da Vida, participou de séries como The Mindy ProjectBlue. Seu último trabalho foi a série Rivierade 10 episódios, em junho deste ano.

Carrie-Anne Moss

Carrie-Anne Moss

Ok, Moss não é exatamente estrela dos anos 90, já que estourou em 1999. Mas mesmo assim, deu uma boa sumida desde então.

Filmes mais populares: Matrix, Amnésia, Paranoia, Silent Hill: Revelação 3D

Atualmente: hoje Moss faz parte do universo Marvel da Netflix, com participações em Jessica Jones, Demolidor, Punho de Ferro Os Defensores.

Está ficando chato ver tanta reclamação dos filmes da DC

*Texto de Andy Crump, publicado no The Hollywood Reporter

Liga da Justiça quer que você goste dele. Mais do que isso, Liga da Justiça quer que você saiba que ele é “gostável”, que ele se importa com você, que ele ouviu as reclamações sobre o universo da DC nos cinemas (o chamado DCEU) e mudou. Ele não se leva tão a sério. Existe mais leveza e personalidade em cada esater egg. Em cada referência aos quadrinhos. O filme tenta. Amigo, como tenta. Neste momento, quatro anos e cinco filmes depois de iniciado o DCEU, ele precisa tentar. Os esforços da WB em duplicar o sucesso dos estúdios Marvel nos cinemas ainda não conseguiram ter sucesso nem comercialmente nem de crítica. E Liga da Justiça consegue chegar a algum ponto, pelo menos próximo.

Quando está mal, o DCEU produz títulos como Esquadrão Suicida. Quando vai bem, entrega um Mulher Maravilha. No meio do caminho ficam Homem de Aço, Batman Vs Superman Liga da Justiça. Apesar das críticas mistas da imprensa americana, o filme bateu todos os recordes de bilheteria de estreia no Brasil e espera-se que ultrapasse os U$110 milhões neste fim de semana nos EUA. O que pode falar alto para a continuação do DCEU nos cinemas.

Leia nossa resenha de Liga da Justiça

Em 2016 estava “na moda” falar mal dos filmes da DC. E algumas críticas eram bem merecidas. Em 2017 esta moda parece chata e entediante. Coisa de gente que quer se achar culta. Parte disso se dá por conta do sucesso de público e crítica de Mulher Maravilha, que já ultrapassou os U$800 milhões em bilheteria mundial. Foi o primeiro filme de super-herói focado em uma personagem feminina, a maior bilheteria de um filme em live action dirigido por uma mulher e é amado pela crítica. Mas parece não ser suficiente para mudar a opinião dos cults de plantão sobre o DCEU.

Mas existe outra razão para que reclamar ou tirar sarro do DCEU soe irritante e infantil: o furor causado por Liga da Justiça é uma delas. Queiram os reclamadores de plantão ou não, o filme é um espetáculo de ação que se equipara ou até ultrapassa suas expectativas. Os momentos que funcionam, funcionam muito bem. A maioria deles sendo a interação entre os heróis. Certa química fica aparente, especialmente entre Ben Affleck e Gal Gadot. E quando Henry Cavill, Ezra Miller, Jason Momoa e Ray Fisher completam o time, conseguem entregar um bom trabalho em equipe. Existem muitas piadas no filme em comparação com os outros filmes do DCEU. Algumas delas funcionam (Batman afirmando que algo está definitivamente sangrando, por exemplo), outras não (Flash exclamando “É uma caverna, de morcego!”, por exemplo).

Por trás das câmeras, o filme foi afetado por uma tragédia. O diretor Zack Snyder precisou deixar o posto em maio após a morte de sua filha e entregou o bastão para Joss Whedon (diretor de longas da Marvel) para que fizesse extensivas refilmagens e trabalho de pós-produção. É impossível separar a tragédia pessoal de Snyder do filme e muitas das críticas feitas a ele soam mais como bullying tolo e simples do que críticas propriamente ditas. Coisas de quem precisa reclamar para se provar “inteligente”.

A marca do DCEU ainda está tentando se firmar e ainda está um pouco atrás da Marvel (principalmente em quantidade), e Liga da Justiça deixa claro esse senso de desespero, de quem se apressa quando está perto da linha de chegada para agradar seus expectadores. Não se trata de um filme ruim. É um filme divertido sobrecarregado pelo peso de levar uma franquia nas costas, um participante numa corrida que já tinha começado. Por consequência, o filme nunca chega a ser um filme propriamente dito. Em vez disso é um episódio de um todo, misturando enredo de blockbuster, introdução de personagens, histórias de origem, contexto histórico, referências a filmes passados e futuros e cenas em CGI onde os heróis são arremessados de um lado para o outro em meio a explosões. Trata-se de uma tentativa contemporânea de amarrar clichês do cinema do gênero. E que, na maioria do tempo, funciona.

Até mesmo a adição de compaixão e calor humano do elenco (dentro e fora das telas) se parece com uma boa mudança com relação aos filmes anteriores do DCEU que giram em torno de si mesmos. Homem de Aço fala muito sobre esperança, mas Liga da Justiça, mesmo com suas falhas, usa a esperança como seu principal tema. Se não por outras razões, este seria um bom motivo para ficar feliz com os rumos que o DCEU está tomando. Liga da Justiça pode não ser um filme particularmente bom no quesito obra cinematográfica, mas consegue nos dar a esperança de que as pessoas a cargo do futuro do DCEU no cinema sabem muito bem pra onde estão indo.

 

‘Despacito’ é a grande vencedora do Grammy Latino 2017

A música “Despacito”, sucesso de Luis Fonsi e Daddy Yankee, levou quatro Grammys Latinos na 18ª edição do prêmio, nesta quinta-feira (16), em Las Vegas.A canção obteve os prêmios de melhor música do ano, melhor gravação, melhor fusão por sua versão com Justin Bieber, que alcançou o topo do ranking Hot 100 da Billboard, e melhor vídeo em versão curta.

“Este prêmio é trabalho em equipe, há muita gente envolvida. (…) Daddy Yankee, obrigada por se juntar”, disse Fonsi ao receber o prêmio de melhor gravação, que dedicou, entre lágrimas, à sua família e à sua Porto Rico natal, que se recupera da devastação causada pelo furacão Maria.

O Grammy Latino de álbum do ano foi para “Salsa Big Band”, de Rubén Blades, com Roberto Delgado e sua orquestra. O trabalho do veterano panamenho, o segundo gravado com seu compatriota Delgado e banda, levou também o prêmio de melhor álbum de salsa.

Entre os brasileiros premiados, estão Tiago Iorc, que levou o Grammy Latino de melhor álbum pop contemporâneo em língua portuguesa, com “Troco likes ao vivo: um filme de Tiago Iorc”, e Nando Reis, na categoria melhor álbum de rock ou música alternativa em língua portuguesa, com “Jardim – Pomar”.

Já o cantor Daniel levou o prêmio de melhor álbum de música sertaneja, com “Daniel”, enquanto Aline Barros venceu na categoria de melhor álbum de música cristã (língua portuguesa), com “Acenda a sua luz”, e Mart’nália ganhou o prêmio de melhor álbum de samba/pagode, com “+ Misturado”.

O prêmio de melhor álbum de Música Popular Brasileira foi para Edu Lobo, Romero Lubambo e Mauro Senise, por “Dos navegantes”, e o de melhor canção em língua portuguesa para Ana Vitória com Tiago Iorc, por “Trevo (Tu)”.

Confira lista de ganhadores do Grammy Latino 2017:

  • Melhor álbum de pop contemporâneo em língua portuguesa
    “Troco Likes Ao Vivo: Um Filme De Tiago Iorc” – Tiago Iorc
  • Melhor álbum de rock ou de música alternativa em língua portuguesa 
    “Jardim – Pomar” – Nando Reis
  • Melhor álbum de samba/pagode
    “+ Misturado” – Mart’nália
  • Melhor álbum de música popular brasileira
    “Dos Navegantes” – Edu Lobo, Romero Lubambo, Mauro Senise
  • Melhor álbum de música sertaneja
    “Daniel” – Daniel
  • Melhor álbum de música de raízes brasileiras
    “Ao Vivo – Melodias Do Sertão” – Bruna Viola
  • Melhor canção em língua portuguesa
    “Trevo (Tu)” – Ana Caetano & Tiago Iorc, songwriters (AnaVitória Featuring Tiago Iorc)
  • Melhor álbum de música cristã (língua portuguesa)
    “Acenda A Sua Luz” – Aline Barros
  • Gravação do ano
    “Despacito” – Luis Fonsi Featuring Daddy Yankee
  • Álbum do ano
    “Salsa Big Band” – Rubén Blades Con Roberto Delgado & Orquest
  • Canção do ano
    “Despacito” – Daddy Yankee, Erika Ender e Luis Fonsi
  • Artista revelação 
    Vicente García
  • Melhor álbum de vocal contemporâneo
    “El Dorado” – Shakira
  • Melhor álbum de vocal tradicional
    “Salón, Lágrimas y Deseo” – Lila Downs
  • Melhor fusão/interpretação urbana
    “Despacito (Remix)” – Luis Fonsi e Daddy Yankee Featuring Justin Bieber
  • Melhor álbum de música “urban”
    “Residente” – Residente
  • Melhor canção “urban”
    “Somos Anormales” – Rafael Arcaute, Igor Koshkendey e Residente
  • Melhor álbum de rock
    “La Gran Oscilación” – Diamante Eléctrico
  • Melhor álbum de rock/pop
    “Mis Planes Son Amarte” – Juanes
  • Melhor canção de rock
    “Déjala Rodar” – Juan Galeano
    “La Noche” – Andrés Calamaro
  • Melhor álbum de música alternativa
    “Jei Beibi” – Café Tacvba
  • Melhor canção alternativa 
    “Amárrame” – Mon Laferte, songwriter (Mon Laferte Featuring Juanes)
  • Melhor álbum de salsa
    “Salsa Big Band” – Rubén Blades Con Roberto Delgado & Orquesta
  • Melhor álbum de Cumbia/Vallenato
    “Ni Un Paso Atrás” – Jorge Celedón y Sergio Luis Rodríguez
  • Melhor álbum tropical contemporâneo
    “Bidimensional” – Guaco
  • Melhor álbum tropical tradicional
    “To Beny Moré With Love” – Jon Secada Featuring The Charlie Sepúlveda Big Band
  • Melhor álbum de fusão tropical
    “Olga Tañón Y Punto” – Olga Tañón
  • Melhor canção tropical
    “Bachata En Kingston” – Vicente García, songwriter (Vicente García)
  • Melhor álbum cantor compositor 
    “A La Mar” – Vicente García
  • Melhor álbu de música rancheira/mariachi
    “Las Caras Lindas” – Flor De Toloache
  • Melhor álbum de música banda
    “Ayer y Hoy” – Banda El Recodo De Cruz Lizárraga
  • Melhor álbum de música nortenha
    “Piénsalo” – Los Palominos
  • Melhor canção regional
    “Siempre Es Así” – Juan Treviño
  • Melhor álbum instrumental
    “Spain Forever” – Michel Camilo & Tomatito
  • Melhor álbum de música folclórica 
    Musas (Un Homenaje Al Folclore Latinoamericano En Manos De Los Macorinos, Vol. 1) – Natalia Lafourcade
  • Melhor álbum de tango 
    “Solo Buenos Aires” – Fernando Otero
  • Melhor álbum de música flamenca
    “Memoria De Los Sentidos” – Vicente Amigo
  • Melhor álbum de jazz latino/jazz
    “Dance Of Time” – Eliane Elias
  • Melhor álbum de música cristã (língua espanhola)
    “Momentos” – Alex Campos
  • Melhor álbum infantil latino
    “Marc Anthony For Babies” – Vários Artistas
  • Melhor álbum de música clássica
    “Música De Compositores Costarricenses Vol. 2”
  • Melhor obra/composição clássica contemporânea
    “Sonata Del Decamerón Negro” – Leo Brouwer
  • Melhor projeto gráfico de um álbum
    “El Orisha De La Rosa”
  • Melhor álbum de engenharia de gravação
    Mis Planes Son Amarte
  • Produtor do ano
    Eduardo Cabra
  • Melhor vídeo musical versão curta
    “Despacito” – Luis Fonsi Featuring Daddy Yankee
  • Melhor vídeo musical versão longa
    “Musas, El Documental” – Natalia Lafourcade

VIA

Associação Amigo Animal organiza feira de adoção e bingo beneficente neste final de semana

Nesse sábado (18), a Associação Amigo Animal irá realizar um evento de doação de animais no Petland Brasil, que trará animais abandonados que foram resgatados pela entidade. Durante todo o dia, dezenas de cachorros e gatos estarão disponíveis para adoção na rua Padre Anchieta, 1276, no bairro Champagnat.

“Diferentemente do que todos imaginam, o ato de adotar animais é algo extremamente rigoroso e importante pois existem vários pré-requisitos a serem cumpridos pelos possíveis futuros donos”, explica a gerente da Associação Amigo Animal, Patricia Yamasaki. “Temos que garantir que de forma alguma o animal volte a residir em locais perigosos ou até mesmo nas ruas”, explica.

adocao cachorro 1

As principais características são:

  • Ter no mínimo 21 anos;
  • Portar documentos de identificação (RG e CPF) e comprovante de endereço;
  • Aceitar receber uma visita de um voluntário da ONG Amigo Animal ou Beco da Esperança;
  • Responder a uma entrevista criteriosa sobre os motivos da adoção;
  • Assinar e concordar com o termo de adoção;
  • Para a adoção de gatos é necessário ter telas em todas as janelas da nova casa do pet (sem nenhum acesso às ruas) e ter uma caixa de transporte.

Além disso, no domingo (19), a ONG irá organizar um bingo beneficente às 15h, no Clube Círculo Militar, com mais de cem prêmios, desde uma TV LCD 39”, forno elétrico e até uma máquina de cupcake. A entrada vai custar R$ 10,00 com direito a duas cartelas brancas. As cartelas custam de R$ 2,50 a R$ 5,00 cada, dependendo da rodada, o kit para todo o bingo R$ 55,00 (inclui 20 cartelas + 1 número para sorteio dos prêmios extras). A arrecadação do evento vai ajudar mais de mil animais que a associação abriga. O evento vai acontecer no endereço, Largo Bittencourt, 187, Centro Cívico.

adocao cachorro 3.png

Sobre a Associação – A Associação Amigo Animal surgiu no ano 2000, com o objetivo de melhorar as condições de vida para animais que foram vítimas de abandono ou maus tratos. Desde a sua criação, já são milhares de animais que passaram pelo abrigo, foram recuperados e encaminhados por adoção a novos lares responsáveis.

Nossos objetivos são encaminhar para adoção animais devidamente castrados, vacinados e desverminados, fomentar campanhas de esterilização, fiscalizar e tomar medidas jurídicas na constatação de crueldade contra os animais.

Site

Facebook

adocao cachorro 2

Conheça as decorações e promoções de Natal dos Shoppings de Curitiba

Shopping Mueller

No piso L1 fica a oficina de cartinhas para o bom velhinho e o Trono do Papai Noel, onde ele atende as crianças. Já nos pisos L2 e L3, o mascote Urso Caramelo passeia pelos corredores tirando fotos com a garotada. Por fim, o piso L4 conta com grandes balões suspensos e um brinquedo gira-gira que funciona até o dia 31/12. O custo é de R$ 2 por criança, com valor revertido para a Escola Especial Nilza Tartuce. A partir do dia 23 de novembro, o Mueller também contará com o Túnel de Luz. A atração terá 60 metros de extensão e 7 metros de altura, com milhares de lâmpadas que acendem conforme a música. As apresentações acontecerão a cada 30 minutos, das 19h30 às 22h.

A cada R$ 300 em compras, o cliente recebe um cupom para concorrer a um dos três carros de luxo participantes: um Mini Cooper, uma BMW 320i Sport e uma Mercedes-Benz Gla 200. A campanha teve início no dia 9 de novembro e seguirá até o dia 2 de janeiro de 2018. Durante o mês de novembro, os cupons serão em dobro, ou seja: a cada R$ 300 em compras, o cliente recebe dois cupons e tem ainda mais chances de ganhar. Os sorteios acontecerão no dia 3 de janeiro de 2018. O cliente escolhe para qual dos três carros deseja concorrer.

Patio Batel

Fazenda das Renas já chegou ao Pátio com o Carrossel das Renas, Trenozinho, Estábulo e o Laboratório do Noel. Além disso, no piso L2 as famílias podem conferir um filme sobre a Fazenda das Renas e as crianças podem falar com o bom velhinho no Trono do Noel. No piso L3, gira-gira e balanço estão disponíveis. A novidade é o espetáculo “Um show de Natal com a Aurora Boreal”, a peça é encenada as terças e quintas na Praça de Eventos, às 20h, e a entrada é gratuita. Outra atração é a exposição na Galeria de InterARTividade, “Aurora Borealis”, de Marco Brotto, que é um caçador de Auroras Boreais.

Shopping Estação

As crianças que amam Frozen tem lugar certo neste fim de ano, o Estação. Na decoração, um castelo inspirado na animação fica na Praça de Eventos e as personagens Anna e Elsa interagem com o público. Além disso, o shopping trouxe um espelho mágico no qual a criança vê seu reflexo vestido como um dos personagens do filme. Dentro do castelo adultos e crianças podem cantar “Let it Go” no karaokê e a brincadeira continua com o escorregador do Olaf. Tem Papai Noel também, é claro! Ele atende as crianças de segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingo, das 11h às 20h.

Shopping Curitiba

O piso L2 conta com efeito de Realidade Aumentada, dando a sensação de se entrar em um portal mágico no qual a decoração muda a cada hora. Além disso, as crianças – e os pets – podem visitar o Papai Noel no Largo Curitiba. Outra atração é a árvore de chupetas, para ajudar os pequenos a largarem esse hábito e, durante os finais de semana de dezembro, acontecerão oficinas infantis com atividades monitoradas por equipe de especialistas. A partir do dia 2 de dezembro, adultos e crianças vão se emocionar com o espetáculo “O Guardião dos Sonhos”, que mistura o real e digital em um painel de LED no qual cantores e bailarinos interagem. As apresentações são gratuitas e acontecem todos os sábados, às 19h e às 21h, e domingos às 17h e 19h.

A cada R$ 300 em compras, o cliente recebe um cupom para concorrer a um Fiat Argo 1.8. A promoção é válida entre os dias 29 de novembro e 26 de dezembro. Compras feitas no cartão Caixa ganham três cupons, e Caixa Elo ganham cinco cupons. O sorteioserá realizado no dia 10 de janeiro de 2018.

ParkShopping Barigüi

A decoração tem como tema “O Incrível Jardim de Natal” e apresenta uma atração musical, o espetáculo composto por vários números de dança e um show de luzes e cores, o “Believe in Shine”.Serão 16 apresentações gratuitas nos dias 16, 17 e 18 de novembro e em dezembro dos dias 07 a 23 a partir das 20h30.

Como parte da campanha de Natal, o shopping sorteará R$ 300 mil em vales-presente e um carro Lexus NX 200t F-Sport. A cada R$ 400 em compras, o cliente troca suas notas-fiscais por um cupom para concorrer a 20 vales-presente no valor de R$ 15 mil cada. Os sorteios dos vales serão realizados diariamente de 5 a 24 de dezembro, e o Lexus NX 200t F-Sport será sorteado no dia 28 de dezembro, um dia após o fim do prazo para concorrer ao grande prêmio.

Quem fizer as compras entre os dias 13 e 30 de novembro, além de ter direito aos cupons para os sorteios, também ganhará um Panettone Havanna. Será um panetone por CPF (o shopping reservou 34 mil unidades para a promoção).

Os clientes podem fazer a troca dos cupons pelo aplicativo do ParkShoppingBarigüi.

Shopping Palladium

O Palladium conta com uma superprodução que combina música e teatro, “Torque – Fabricando Desejos”. Este é o maior espetáculo dentro de um shopping, com 20 artistas, cenário com mais de 13m de altura e luzes e efeitos especiais fazem parte da produção. O show acontece às 20h30. Em novembro, as datas são: 22, 23, 29 e 30, e em dezembro, os dias são 5, 6, 7, 12, 13 e 14. As apresentações são gratuitas.

Ao gastar R$ 200 em compras, o cliente ganha um cupom para concorrer a um carro Mercedes Benz C 180 Exclusive, 1.6. A promoção “Compre e Concorra” é válida até 21 de janeiro de 2018. O sorteiro será no dia 22 de janeiro.

O shopping também promove uma segunda promoção, a  “Compre e Ganhe”: a cada R$ 600 em compras até o dia 24 de dezembro, os clientes ganham um conjunto com duas travessas gourmet, disponível nas cores preta, vermelho e azul. A promoção é válida enquanto durarem os estoques e tem limite de um brinde por CPF.

Shopping Crystal

Neste sábado (dia 18), o bom velhinho chega ao Crystal a partir das 14h. Ele virá acompanhado de 5 cachorros da raça Golden Retriver para fazer a alegria de adultos e crianças. O evento também terá apresentação do Coral Tabernáculos. Uma novidade no Natal do shopping desse ano é que os bichinhos de estimação também podem tirar foto com o Papai Noel.

Liga da Justiça bate todos os recordes de bilheteria de estreia no Brasil em um único dia

A Warner Bros. Pictures anuncia que Liga da Justiça bateu todos os recordes de bilheteria possíveis em sua estreia no Brasil. O longa chegou aos cinemas na última quarta-feira (15) e arrecadou mais de R$ 13,1 milhões em seu primeiro dia em cartaz no país, números que colocam Liga da Justiça como o maior dia de abertura de cinema de todos os tempos no Brasil, batendo o antigo líder “Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2”.

Consequentemente, a arrecadação da estreia também coloca Liga da Justiça como o maior dia de abertura de um filme de super-heróis de todos os tempos, ultrapassando “Capitão América: Guerra Civil”; maior dia de abertura histórica da Warner Bros. Pictures, que antes era liderada por “Batman vs Superman: A Origem da Justiça”; maior dia de abertura geral de 2017, na frente de “Velozes e Furiosos 8” e maior dia de abertura de um filme de super-heróis em 2017, batendo “Homem Aranha: De Volta ao Lar”.

O Pausa Dramática já assistiu ao filme. Leia AQUI nossa resenha

 

Natal do Palácio Avenida terá projeções mapeadas inspiradas em Mary Poppins e Harry Potter

Um dos eventos natalinos mais esperados da cidade, o Natal do Bradesco, já tem data marcada. No dia 1º de dezembro começa “O Palácio Encantado”, com 111 crianças coralistas que, neste ano, recebem a bailarina, cantora e atriz Simone Gutierrez no papel da professora de música.

palacio avenida.jpeg

O espetáculo conta a história de alunos de um conservatório de música que, com a ajuda de sua professora, trazem à vida o Senhor Palaciano, o simpático personagem que sofreu um encantamento e se solidificou na forma do Palácio Avenida. O Bradesco produziu o espetáculo pela primeira vez em 2016, mas o Palácio Avenida já é palco das apresentações do coral há quase três décadas.

O Sr. Palaciano ganhará vida graças à tecnologia de projeção de vídeo conhecida como mapping. Este universo lúdico foi inspirado em filmes como A Noviça Rebelde, Mary Poppins e Harry Potter. “Será uma bela homenagem. Demos um novo significado ao tijolo e à parede e, com a magia e o encantamento que são tão característicos do espetáculo, transformamos o prédio em personagem”, explica o diretor artístico do Natal do Bradesco, Wado Gonçalves.

O espetáculo será dividido em quatro atos: bloco ar, com figurinos e adereços em tons de azul, com tecidos leves e esvoaçantes; bloco água, representado por chuvas, riachos e pescadores; bloco terra, fazendo uma homenagem ao plantio e à colheita, com tons terrosos nos adereços e projeções; e por fim o bloco fogo, representado pelo calor que aquece os povos, com elementos vermelhos como a marca Bradesco e também a cor do Natal.

O repertório conta com dez músicas inéditas que estão sendo ensaiadas desde outubro, com canções como Vilarejo, Chuva no Brejo, Clareana, Magamalabares e Amor de Índio. As apresentações acontecem até o dia 17 de dezembro, às sextas, sábados e domingos e têm 45 minutos de duração.

Anjos de Natal

Cerca de 150 funcionários e estagiários do Bradesco e seus familiares foram selecionados para atuar como voluntários e acompanhar as crianças durante os ensaios gerais e apresentações. Conhecidos como “Anjos de Natal”, eles zelam pelo bem-estar físico, e emocional dos participantes antes, durante e após os espetáculos. São eles que auxiliam a vestir o figurino, o cinto de segurança e os adereços utilizados no espetáculo. Esses voluntários passam por um treinamento com especialistas em desenvolvimento infantil, com o objetivo de capacitá-los também quanto ao relacionamento e à convivência que terão com as crianças.

VIA

10 músicas que você provavelmente não sabia que eram covers

Tem música que a gente ouve tanto que sequer desconfia que elas, na verdade, são regravações. Confesso que a que mais me chocou foi Torn. Saber que a música que tanto amamos da Natalie Imbruglia na verdade não era dela foi um choque grande.

Mas vamos ver alguns outros exemplos? Alguns bem chocantes também…

PS: Não vamos falar de obviedades como I Love Rock n’ Roll Satisfaction com Britney Spears ou Crazy Little Thing Called Love com o Maroon 5 ou ainda Bohemian Rapsody com o Panic! At the Disco. Para estas basta acessar a playlist abaixo que temos no Spotify:

Last Kiss

Você conhece com o Pearl Jam, mas a original é de Wayne Cochram, artista da década de 60:

Girls Just Wanna Have Fun

Você conhece com Cyndi Lauper. A original é de Robert Hazard:

Valerie

Você conhece com Amy Winehouse. A original é de The Zutons:

Torn

Você conhece com Natalie Imbruglia. A original é de Ednaswap:

It’s My Life

Você conhece com o No Doubt. A original é do Talk Talk:

I Will Always Love You

Você conhece com Whitney Houston. A original é de Dolly Parton:

Dreams

Você conhece com o The Corrs. A original é do Fleetwood Mac:

Love is All Around

Você conhece com Wet Wet Wet (tema do filme Quatro Casamentos e um Funeral). A original é de The Troggs, também já gravada pelo REM:

Nothing Compares 2 You

Você conhece com Sinead O’Connor. A original é de The Family:

Bette Davis Eyes

Você Conhece com Kim Carnes. A original é de Jackie DeShannon:

Resenha do site – Liga da Justiça

liga da justiça.jpgÉ bem verdade que pra muitos fãs de cinema de super-herói o que importa aqui é mais o evento que o filme em si. Que, finalmente, ver reunidos na telona personagens icônicos como Mulher Maravilha, Batman, Flash e Superman (não é spoiler isso né?), é mais uma emoção que uma experiência cinematográfica.

Mas vá lá. Vamos tentar ver Liga da Justiça como um filme, e não como o evento que nosso coração de fã esperava. Como evento ele funciona? Muito bem, obrigado. E como filme? Bom, é seguro dizer que sim, como filme também funciona.

As comparações com o já vasto universo cinematográfico da Marvel são inevitáveis. Um sem número de filmes e séries montaram um super-universo de heróis, mas os filmes permanecem com a profundidade de um pires. Atores bons mas nem tanto. Histórias boas mas nem tanto. Conflitos inexistentes. Efeitos de encher os olhos. Tudo isso pode ser dito dos filmes do MCU. E também pode ser dito de Liga.

As interpretações de Ben Affleck, Henry Cavill, Ezra Miller, Ray Fisher e Gal Gadot não ultrapassam o eficiente. Jeremy Irons está um pouco menos perdido que em Batman Vs Superman, talvez alguém tenha esclarecido para o ator que não estava representando Shakespeare. Diane Lane, Amy Adams e JK Simmons se limitam a pontas de luxo. Mas quem realmente decepciona é Jason Momoa. Seu Aquaman, um híbrido de galã de boteco com rato de academia, é todo peitoral e cara de mau. E não convence ninguém. Como ator, Momoa é um ótimo peixe

Aliás, o único a mostrar o corpo é Momoa. Não se vê nenhum pedaço de pele de Affleck, Miller ou Fisher a não ser o rosto. Ah, e Cavill, claro, que deve ter em contrato que precisa mostrar o peito cabeludo.

No que diz respeito a conflitos, textos e profundidade de personagens, Liga da Justiça não deixa o MCU pra trás e entrega zero. Se você achou o “Martha!” forçado em BvS, espere para ver como o conflito entre estes mesmos dois heróis se resolve desta vez. É quase risível.

Ok, deixemos pra lá essa de analisar o longa do ponto de vista cinematográfico. Filme de super herói pra ator ganhar prêmio? Só Christopher Nolan conseguiu por enquanto. Os demais nem perto passam.

Estamos aqui para falar de um evento esperado provavelmente desde que o primeiro filme do gênero chegou às telas. Estamos aqui para falar o longa que reúne um time classe A de heróis contra um super vilão que, invariavelmente, quer dominar o mundo. E neste ponto, amiguinhos, Liga da Justiça funciona como poucos. Para ficarmos nas comparações, tem muito menos gente em cena que em um Capitão América: Guerra Civil, por exemplo. O que dá muito mais oportunidade para cada um brilhar.

Cenas de ação em câmera lenta (afinal ainda estamos falando de um filme de Zack Snyder), uma introdução que lembra bastante Watchmen, também do diretor, batalhas épicas e conexões com os longas anteriores. Tudo isso você pode esperar. Uma ou outra piadinha também, ainda que surjam nos momentos mais inapropriados, especialmente de Barry Allen/Flash (com certeza cortesia de Josh Whedon, trazido dos Vingadores para finalizar o filme após a saída tepentina de Snyder por motivos familiares e que assina como roteirista).

Quase como se formassem uma família, Batman e Mulher Maravilha vão unir três “filhos” (entre dois adolescentes revoltados e um hiperativo) até a volta do… outro pai, em torno de um objetivo comum.

Se Liga da Justiça vai ser um marco do cinema é difícil dizer, provavelmente não. Mas se ele vai satisfazer o apetite dos fãs? Com certeza sim. Ação, comédia, romance, drama (ok, nem tanto), efeitos… tudo isso num pacote de colãs de spandex é exatamente o que o público espera e ganha ao final das pouco mais de duas horas de projeção.

Ah, e por falar em projeção, não se levante até o final dos créditos.

#listadefilmes – 10 filmes de Kenneth Brannagh para ver antes de ‘Assassinato no Expresso do Oriente’

Você talvez não saiba, mas Kenneth Brannagh é um dos maiores atores e diretores do cinema. Muito mais que o Professor Lockhart em Harry Potter e a Câmara Secreta, Brannagh já dirigiu e atuou em inúmeros filmes e é um dos mais celebrados adaptadores de Shakespeare para o cinema.

Vamos dar uma olhada em 10 produções em que ele atuou ou dirigiu (ou ambos) para conhecer um pouco mais de seu trabalho enquanto esperamos pela estreia do elogiado Assassinato no Expresso do Oriente, que ele dirige e estrela como o detetive Hercule Poirot, e que estreia dia 23 de novembro no Brasil.

Sempre bom lembrar que Brannagh dirigiu Thor, Cinderella e está no comando da futura adaptação de Artemis Fowl para o cinema.

Hamlet (1996)

Não havia outra maneira de começar esta lista. O épico grandioso dirigido e estrelado por Brannagh é provavelmente a melhor adaptação da história de Shakespeare já feita pro cinema. No elenco, nomes de peso como Kate Winslet, Judi Dench e Robin Williams. Teve 4 indicações ao Oscar.

Othelo (1995)

Outra adaptação de Shakespeare, mas desta vez Brannagh está somente em frente às câmeras, como o vilão Iago em uma das mais espetaculares interpretações do cinema. No elenco ainda estão Laurence Fishbourne, Irène Jacob e Michael Sheen.

Frankestein de Mary Shelley (1994)

Também uma adaptação literária, dirigida e estrelada por Brannagh como o temido doutor Victor Frankestein. No elenco Robert de Niro, Ian Holm e Helena Bohan Carter. Uma indicação ao Oscar.

Muito Barulho Por Nada (1993)

Novamente adaptando Shakespeare por trás e diante das câmeras, mas desta vez em uma comédia de erros filmada em preto e branco. No elenco ainda estão Emma Thompson, Keanu Reeves, Kate Beckinsale, Imelda Stauton e Denzel Washington.

Sete Dias com Marilyn (2011)

Neste longa autobiográfico que conta a história da semana que o repórter Colin Clarck passou ao lado da diva do cinema e de Sir Laurence Olivier (interpretado por Brannagh) em 1957. Recebeu uma indicação ao Oscar de melhor ator coadjuvante pelo trabalho.

O Caminho Para Eldorado (2000)

Nesta animação incrível o ator contracena com Kevin Kline como Tulio. Kline é Miguel e os dois amigos golpistas vão fazer de tudo para pôr as mãos no tesouro da mítica terra de Eldorado.

Para o Resto de Nossas Vidas (1992)

Filme indispensável para qualquer fã de cinema, o longa conta a história de uma reunião de amigos dez anos depois de se separarem. Prepare o lencinho. O ator atua e dirige o longa que também tem Stephen Fry, Imelda Stauton, Emma Thompson e Hugh Laurie no elenco.

Harry Potter e a Câmara Secreta (2002)

Não tem como não citar o papel mais popular do ator entre as novas gerações. No longa, Brannagh interpreta o professor galã-canastrão Gilderoy Lockhart.

A Proposta (1998)

Neste suspense, Brannagh é um padre envolvido em uma trama doentia de um casal que deseja ter um filho a qualquer custo. No elenco Madeleine Stowe e William Hurt.

Dunkirk (2017)

No épico de guerra de Christopher Nolan, o ator é um general que precisa manter a sanidade enquanto vê muitos de seus soldados morrerem à espera de socorro.

*Menção honrosa

As Loucas Aventuras de James West (1999)

Ok, este é considerado um dos piores filmes de todos os tempos. Mas tente assisti-lo como um filme B e a diversão é garantida. Brannagh interpreta o vilão caricato Dr. Arliss Loveless. Indicado a 9 Framboesas de Ouro, venceu em 5 categorias: pior filme, pior casal, pior música, pior roteiro e pior diretor. Desligue o cérebro e veja, é diversão certa.

Saiba como será a série de ‘O Senhor dos Anéis’ que a Amazon vai produzir

Ainda falta um bom tanto, mas a notícia já é certa: a Amazon vai produzir uma série, com várias temporadas, no universo de JRR Tolkien, O Senhor dos Anéis.

senhor-dos-aneis-20070907-0120-size-620

O acordo foi firmado esta semana e o estúdio de streaming assinou os papeis com a New Line (subdivisão da Warner Bros, responsável pelos filmes) para uma produção passada na Terra Média.

Mas não se preocupe, que não teremos um reboot para ver Frodo destruir o um anel novamente. A nova produção vai explorar novas histórias que precedem os acontecimentos de A Sociedade do Anel. O acordo ainda inclui potenciais spin-offs derivados da série. A série estará disponível para assinantes do serviço da Amazon.

O Senhor dos Anéis é um fenômeno cultural que capturou a imaginação de gerações de fãs na literatura e no cinema”, disse Sharon Tal Yguado, chefe de séries da Amazon Studios. “Estamos honrados de poder levar os fãs desta história em uma nova e épica jornada pela Terra Média”.

Ainda não existe previsão de estreia ou nomes no elenco da produção.

Spice Girls vão se reunir para um especial de TV e álbum de sucessos. E com Victoria Beckham!

Sim amiguinhos! Elas vão voltar! E o grupo COMPLETO!

Sucesso-das-Spice-Girls-é-o-mais-pegajoso-dos-últimos-70-anos

A responsável pela volta é Mel C, que lançou uma campanha para reunir as cinco cantoras. Depois de muita especulação, a informação foi confirmada por uma fonte: “As cinco estão em conversas secretas desde a metade deste ano e finalmente toparam uma reunião no ano que vem”.

Por enquanto o que se sabe é que elas trabalharão juntas em uma série de projetos, que incluem um álbum e um especial de TV celebrando o grupo. O mais difícil foi fazer Victoria Beckham concordar, já que todos sabem que ela era quem se recusava a participar de uma reunião. Mas desta vez a moça topou.

Leia mais:

Cliporama Spice Girls

Spice World completa 20 anos

Segundo informações, as amigas acabaram se aproximando por causa do turbulento divórcio de Mel B e o nascimento do filho de Geri Hallywell, Monty.

Geri, que foi a força-motora por trás dos primeiros planos de reunião disse em outubro que um encontro ainda poderia acontecer. Mas não disse quem estaria envolvido. Em uma entrevista ela afirmou: “Eu realmente insisti para que nos reuníssemos. Até que chegou um ponto em que tive que simplesmente desistir”.

 A fonte misteriosa, um antigo companheiro que está novamente trabalhando com as meninas, ainda adicionou: “As coisas não estavam  nada bem entre elas no começo do ano. Mas aos poucos o gelo derreteu e Mel C foi a responsável por isso. O divórcio de Mel B e o nascimento de Monty contribuíram para uni-las novamente. Os planos ainda estão em estágio inicial com Simon Fuller e tudo envolvendo as garotas tende a ser complicado por conta de suas agendas cheias. Não é fácil conseguir colocá-las todas juntas no mesmo lugar no mesmo momento. Mas o time por trás desta reunião já está feliz de termos chegado a este ponto”

É aguardar (ansiosamente) pra ver ❤

Carros 3, Emoji, Meu Malvado Favorito 3 e Lego Batman entre os pré-indicados ao Oscar de melhor animação

Foram anunciados esta semana os pré-selecionados a uma vaga entre os 5 indicados na categoria de melhor animação no Oscar 2018.

Entre os 26 pré-selecionados estão sucessos de bilheteria como Lego Batman, Carros 3Emoji: O Filme e outras animações que já passaram pelos cinemas, como Meu Malvado Favorito 3, O Poderoso Chefinho e Lego NINJAGO.

lego-batman

Lego Batman

Alguns ainda não estrearam nos cinemas, como Coco: A Vida É Uma Festa (da Disney/Pixar) ou O Touro Ferdinando (da Blue Sky de Rio) e obras esperadas pela inovação, como Loving Vncent, sobre Vincent Van Gogh, que já comentamos AQUI.

Leia nossa resenha de Lego Batman

Leia nossa resenha de Meu Malvado Favorito 3

É sempre bom lembrar que os filmes indicados nesta categoria também podem concorrer nas demais, até mesmo na de melhor filme, como já aconteceu com A Bela e a Fera, Up e Toy Story 3.

despicable me 3

Meu Malvado Favorito 3

Veja abaixo a lista completa dos indicados. Os cinco finalistas serão indicados junto com as demais categorias do Oscar no dia 23 de janeiro de 2018 e a premiação acontece no dia 4 de março.

The Big Bad Fox & Other Tales
Birdboy: The Forgotten Children
O Poderoso Chefinho
The Breadwinner
As Aventuras do Capitão Cueca: O Filme
Carros 3
Cinderella the Cat
Coco: A vida é uma Festa
Meu Malvado Favorito 3
Emoji: O Filme
Ethel & Ernest
O Touro Ferdinando
The Girl without Hands
In This Corner of the World
LEGO Batman: O Filme
LEGO Ninjago: O Filme
Loving Vincent
Mary and the Witch’s Flower
Moomins and the Winter Wonderland
My Entire High School Sinking into the Sea
Napping Princess
A Silent Voice
Smurfs e a Vila Perdida
A Estrela de Belém
Sword Art Online: The Movie – Ordinal Scale
Window Horses The Poetic Persian Epiphany of Rosie Ming