Direto de Bogotá: Que “Shaquirua” é essa?

Mais uma contribuição de nossa colunista internacional, Roanita Dalpiaz, direto de Bogotá.

roanitadalpiazQue “Shaquirua*” é essa?

Lembro a primeira vez que escutei Shakira na vida (naquele momento jamais me passaria pela cabeça que acabaria morando na Colômbia), numa aula de espanhol na faculdade, com a música que acabei escutando em todos os níveis seguintes do curso: “Estoy aquí”, do álbum Pies Descalzos (1996). O álbum é desse ano, mas eu só conheci a música em 2000! Ela era ainda moreninha, com um ar mais para o roqueiro e o espanhol predominava em suas letras. Hoje, a gente pode escutar somente algumas frases em espanhol nas suas músicas, excetuando quando ela canta com o tal Alejandro Sanz, por exemplo (“La tortura”, do álbum Fijación Oral, de 2005, última vez que eu lembre eles terem cantado juntos, pode ter mais).

pies_d10
Capa do CD Piez Descalzos de 1996. Shakira irreconhecível

Quem acompanha essa artista ou assistiu à sua apresentação nos Billboard Music Awards 2014 (veja abaixo), viu que muita coisa mudou de lá pra cá. Hoje, se fizéssemos uma enquete com os colombianos, constataríamos que a maioria não a considera como uma representante de seu país lá fora, nem sequer eles gostam da música dela e, muito menos, do seu style (muito mais parecido ao da J.Lo. ou da Britney Spears produzida, claro). Tudo bem que aí, no Brasil, a gente pode fazer uma lista gigantesca de artistas que não nos representariam (eu tenho os meus, mas deixo o veneninho para outro momento), mas a produção musical colombiana é (proporcionalmente) menor que a nossa e seria importante ter um artista com o qual eles se identificassem.

Agora, o que me levou a escrever sobre ela não foi a sua falta de prestígio entre os colombianos, mas sua atuação no Billboard. Eu não entendo tecnicamente sobre shows assim, mas, gente, ela estava dublando na música ou estou sonhando? Já vi várias vezes o vídeo e, em algumas partes, me parece nítida a dublagem. Justo numa premiação de música? Se fosse no Domingão do Faustão, ainda vai.

No final das contas, o que ganhou destaque nas notícias não foi sua performance (dublando ou não), mas sim o beijo (agarrão gostoso) que deu no Pique (ops, Gerard Piqué, zagueiro do Barcelona e pré-escalado já para o time da Espanha) depois de um show “eletrizante”, como aparece em alguns tabloides.

b-shakira-pique1-a
A cara do moço ali atrás diz tudo: que agarrada hein Shakira?

Enfim, representando ou não os colombianos, cantando ou não ao vivo nos Billboard, a “mona”, como chamamos as loiras por aqui, tá podendo!

Quem quiser saber sobre o álbum da loirona, clica AQUI.

Aproveita e ouve a música nova que a diva lançou para a Copa com participação de Carlinhos Brown:

*A escrita é uma tentativa de reproduzir o nome da cantora pronunciada por um gringo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: