Resenha do site #Oscar2015 – Caminhos da Floresta

caminhos da florestaCom o revival dos musicais no cinema, era apenas uma questão de tempo até que Caminhos da Floresta, um dos musicais de maior sucesso na Broadway nos últimos anos, tivesse sua história adaptada para a tela grande. Com músicas de Stephen Sondheim, o espetáculo estreou em 1987 e de lá pra cá já teve diversas montagens e também diversas tentativas de ser adaptado para o cinema.

Em 2012 a Walt Disney Pictures começou a adaptação do roteiro com Rob Marshall no comando. Diretor de outros musicais premiados como Chicago e Nine, Marshall ficou encarregado de levar a história que mistura diversos contos de fadas em tons sombrios para a tela grande. Após algumas ameaças de corte em cenas que deixavam a história ainda mais sombria, a peça foi adaptada de forma bastante fiel. Com nomes de peso no elenco, o filme conta a história de um Padeiro (James Corden) e sua esposa (Emily Blunt) que lutam para conseguir ter filhos. Quando a Bruxa da vizinhança (Meryl Streep) lhes conta que na verdade há uma maldição sobre ele e que somente ela pode quebrar o feitiço, eles partem em busca de quatro itens mágicos para que ela faça a poção: uma capa vermelha como sangue, cabelos amarelos como milho, um sapato puro como ouro e uma vaca branca como leite.

É aí que entram os outros personagens dos contos de fadas dos irmãos Grimm: Chapeuzinho Vermelho (Lilla Crawford), Rapunzel (Mackenzie Mauzy), Cinderela (Anna Kendrick) e João, aquele do pé de feijão (Daniel Huttlestone, revelado em Os Miseráveis). Então o Padeiro e a esposa precisarão enfrentar outros perigos da floresta, como o Lobo (Johnny Depp) para conseguir os itens e quebrar o feitiço.

De início singelo e inocente, o filme vai partindo para um lado mais sombrio na medida que as histórias se desenvolvem. Cinderela e Rapunzel encontram seus príncipes, as irmãs malvadas são castigadas, João enfrenta o gigante, o Lobo ataca a vovozinha mas tudo vai muito além. No “segundo ato” do filme tudo muda de figura e a história toma rumos inesperadamente sérios (ao menos para quem não conhece a peça).

Calcado em uma direção de fotografia excepcional e nos desempenhos de Emily Blunt, James Corden e Meryl Streep, Caminhos da Floresta traz ótimas músicas e história cativante, ainda que não tão infantil quanto possa parecer. Para os fãs, a entrada da Disney no projeto poderia se traduzir numa “infantilização” da história e até em alguns cortes de cenas mais pesadas ou algumas músicas. No entanto, o que se vê é um filme que resulta até mesmo triste, com todos os detalhes da história presente nos palcos e com a adição de algumas novas canções.

Caminhos da Floresta recebeu três indicações ao Oscar deste ano. As categorias de figurino e design de produção/cenografia são mais do que merecidas. No entanto, a indicação de Meryl Streep como melhor atriz coadjuvante pela interpretação da Bruxa é apenas um exagero. Streep está bem, claro, mas sua interpretação é estereotipada e exagerada, como uma boa bruxa de conto de fadas deve ser. Algo que muitas atrizes de Hollywood poderiam fazer da mesma forma. Para o público mundial o apelo está no elenco de nomes conhecidos e a indicação para Streep (a décima nona indicação da atriz ao Oscar) irá atrair ainda mais público.

No fim, o filme se revela menos infantil do que o esperado e melancólico, o que pode não agradar muitas plateias. No entanto é extremamente bem feito, possui uma história que cativa e envolve (claro que trazendo todos aqueles valores importantes como não trair e não mentir) e, principalmente, mostra que o “felizes para sempre” pode não ser o fim da história. E nem para sempre.

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s