Blu-ray completa 10 anos de lançamento

Blu-Ray-640x480

Dez anos atrás a forma como víamos filmes em casa mudaria radicalmente. Quem é um pouco mais velho, se lembra das enormes fitas cassete. Aquelas que a gente tinha que rebobinar antes de devolver na locadora pra não levar multa. E todo mundo tinha um tio que dizia que rebobinar estragava o video cassete. Aliás, nunca conheci ninguém que conseguisse programar o video cassete.

Enfim, lembro que filmes como Titanic ou Hamlet vinham em duas fitas, lembro que tinha a fita de O Rei Leão, que era verde.

Tudo isso ficou pra trás no dia 20 de junho de 2006, quando a Sony, a MGM e a Lionsgate colocaram nas lojas os sete primeiros títulos em blu-ray! Era louco! Um filme em um CD??

Não era exatamente isso, mas era quase. Depois do DVD ter matado as fitas VHS, o blu-ray chegou com a aposta de uma mídia melhor, com mais espaço de armazenamento e capacidade de estocar muito mais qualidade de som e imagem.

Estes sete filmes foram Como Se Fosse A Primeira Vez, O Quinto Elemento, Hitch, O Clã das Adagas Voadoras, Triplo X Anjos da Noite: A Evolução. Na época, não significava muito, ainda demoraria tempo para que o formato blu-ray se popularizasse (se é que já se popularizou com os preços ainda exorbitantes da mídia no Brasil e com as pessoas cada vez mais migrando para os downloads e streaming).

blu-rayO primeiro aparelho de blu-ray a chegar ao mercado foi o Samsung BD-P1000 na véspera, pelo preço de $999 dólares.

Muita gente ainda pensa que não há vantagem no formato de blu-ray. Realmente alguns títulos não foram remasterizados e os mesmos filmes do DVD foram transformados em blu-ray, gerando mídias de qualidade sofrível, como em Chicago, O Segredo de Brokeback Mountain ou O Pacto dos Lobos. Porém hoje, a diferença entre uma mídia e outra é absurda.

Isso dito por alguém que, recentemente assistiu O Príncipe do EgitoHeroes em DVD: é gritante o pulo em qualidade de imagem de um para outro. É mais ou menos o salto que se deu do VHS para o DVD.

E o blu-ray continua em constante evolução. Já temos o formato de 4K e os discos cada vez com maior capacidade. Os discos em 3D já são uma realidade e, não fossem os preços altos praticados no Brasil, ainda mais pessoas já teriam aderido ao formato.

De qualquer forma, parabéns ao blu-ray por seus 10 anos ao nosso lado!

Veja nas imagens abaixo a diferença entre o DVD e o blu-ray em alguns exemplos e assista ao vídeo em tela cheia:

the sound of music.png

DVD-Man-Blu-Ray-Vs-DVD-FeaturedCapello-2-DVD-vs.-Sony-BDPS3100BF-Blu-ray-buying-decision

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s