Resenha do site – A Noite do Jogo

a-noite-do-jogoSe você não tem a menor paciência para piadas sobre masturbação, pênis e sobre a “burrice feminina” (e toda aquela baboseira de homem heterossexual que se acha engraçado), você pode não passar dos primeiros vinte minutos de A Noite do Jogo.

Mas, se você for forte, e conseguir passar da introdução… você verá um filme surpreendente! Apesar de ser estrelado por Jason Bateman, um aprendiz de Adam Sandler que se acha engraçado mas não é, o filme é ótimo entretenimento e, inesperadamente, entrega momentos engraçados e até mesmo inteligentes.

Bateman e Rachel McAdams formam um casal viciado em noites de jogos. Eles reúnem os amigos para competições de charadas, mímicas e jogos de tabuleiro. Quando o irmão de Bateman avisa que está vindo para a cidade, o espírito competitivo fala mais alto e o casal fará de tudo para derrotá-lo em seu próprio jogo.

Contar mais é estragar as reviravoltas do filme e, por mais que o final não seja exatamente surpreendente, o filme consegue misturar tensão, ação e comédia em ótimas doses. Claro que, se você tem uma certa predileção para rir de nervoso (ou de vergonha alheia), facilita muito.

Com personagens interessantes (ainda que extremamente caricatos), uma trama que acaba nos envolvendo mesmo que a gente não queira e cenas de ação de tirar o fôlego (sim, você leu certo. A cena da captura do ovo, toda em um take só é absurda! A gente fica sem saber se ri, se torce ou se levanta da poltrona para ajudar), A Noite do Jogo é uma grata surpresa que a princípio pode parecer um filme tolo mas consegue superar as expectativas.

Aquele tipo de filme que o tiro sai na hora errada, o tombo não dá certo e o tapa vai na cara de quem não devia. Uma “comédia de erros” misturada com filme policial. Tacada certa pra quem está curtindo a moda dos jogos de escapada pensar em como seria se tudo fosse mais “visceral”. Uma dica: se gostar do filme e quiser algo mais hardcore, assista Vidas em Jogo, estrelado por Michael Douglas e dirigido por David Fincher (mesmo diretor de Seven).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s