Que comecem as apostas para o Oscar mais estranho da história

Mudanças nas regras, extensão da data, pandemia, adiamentos e ascensão dos streamings: vem aí o Oscar 2021.

Parece que já faz muito tempo, mas foi apenas em março deste ano que o mundo mudou. A pandemia do coronavírus afetou o mundo de forma inimaginável e a indústria do cinema sofreu as consequências: salas foram fechadas, produções paralisadas e estreias adiadas. O que isso significou para o maior prêmio do Cinema?

Bom, felizmente as regras foram mudadas. Conforme o anúncio em setembro deste ano (LEIA AQUI) os indicados ao Oscar de 2021 também poderiam estrear nos streamings (com algumas ressalvas) e o prazo da estreia foi estendido para 28/02/21 para a elegibilidade.

O Homem Invisível

Ainda bem. Não fosse o caso, teríamos cerca de 50 filmes na corrida do Oscar do ano que vem. Até março, poucos foram os títulos que chegaram às telonas e, destes, menos ainda os dignos de nota: O Homem Invisível, Emma, A Fotografia, O Chamado da Floresta (que segundo alguns ainda pode render uma indicação para Harrison Ford) e o brasileiro Bacurau. Outros menos prováveis também estrearam no longínquo mundo pré-pandemia, como Aves de Rapina, Sonic: O Filme ou Bad Boys For Life. Mas em termos de premiação, teríamos bem pouca coisa merecedora.

Daí tudo fechou, o mundo se tornou virtual e os grandes festivais de cinema tiveram que aderir à única opção. Adeus às fotografias e encontros com astros, adeus ao lobby das distribuidoras com a imprensa no tapete vermelho. Agora o filme teria que falar por si. E, desde então, estamos reféns dos streamings que, claro, se agarraram à chance com mais força do que Rose à porta no final de Titanic.

Bacurau

Se nos últimos dois anos a Netflix já vinha comendo pelas beiradas no Oscar com Roma, O Irlandês, Uma História de Casamento, Dois Papas e vários outros, este vai ser o ano pra lavar a égua. Afinal, o streaming foi praticamente a única opção pra se ver um filme. Casos como Tenet, que tentou estrear nos cinemas durante a pandemia, se mostraram frustrantes comercialmente falando e não confirmaram uma tendência. A única tendência confirmada, neste caso, foi a do adiamento: diversos foram os títulos com potencial de Oscar adiados para o ano que vem, como a nova versão de Amor Sublime Amor, ou o novo James Bond.

Enquanto isso, Netflix e Amazon se deleitam com as produções próprias e a compra dos direitos de filmes que deveriam ter ido para os cinemas: Os 7 de Chicago, Sound of Metal, Mank, Destacamento Blood e diversos outros já despontam como prováveis indicações entre os 10 na categoria de melhor filme em 2021, além de várias outras (Mank já está com o Oscar de fotografia em mãos, praticamente).

Os 7 de Chicago

Netflix no Oscar 2021

Dia 15 de março, quando saírem as indicações oficiais, a Netflix pode até mesmo quebrar um recorde de 85 anos: pode se tornar o estúdio com mais indicações a melhor filme de todos os tempos. Em 1937 a Metro-Goldwyn-Mayer (a então gigante MGM) conseguiu 5 filmes indicados na maior categoria do Oscar, quando então a Academia escolhia 10 filmes para concorrer ao melhor do ano.

Mank e Os 7 de Chicago parecem apostas certeiras. A Voz Suprema do Blues, estrelado por Viola Davis e Chadwick Boseman (que também têm indicações garantidas), parece outra aposta certeira da Netflix. Depois destes, os demais não são tão certos, porém já vêm aparecendo em muitas listas de prováveis indicados: Destacamento Blood, A Festa de Formatura, O Céu da Meia-Noite, Pieces of a Woman, Rosa e Momo ou Estou Pensando em Acabar Com Tudo. Ainda se fala em outros filmes, marcados para estrear no serviço em fevereiro, como The White Tiger e Malcolm & Marie, que também podem render as primeiras indicações para Pryianka Chopra e Zendaya, respectivamente.

Festa de Formatura

Na terça-feira, os jornalistas do coletivo JACCU (Jornalistas Autônomos Culturais de Curitiba) convidam o crítico de cinema Paulo Camargo para o último bate-papo ao vivo no Youtube deste ano. Flávio Jayme, Abonico Smith, Janaina Monteiro e Marden Machado falam sobre as previsões do Oscar 2021. Clique na imagem abaixo para se inscrever no canal:

Mas quem, afinal, pode fazer parte da grande lista? Alguns críticos americanos já vêm apostando em diversos nomes como certos entre os indicados. Por enquanto os mais prováveis, de acordo com a maioria por lá, são:

Indicados mais prováveis

Lembrando que diversos ainda não têm acordo de distribuição internacional e podem ir para a Netflix, Amazon ou Hulu.

Mank
  • Nomadland
  • Minari
  • Mank (Netflix)
  • Os 7 de Chicago (Netflix)
  • One Night in Miami (Amazon)
  • The Father
  • A Voz Suprema do Blues (Netflix)
  • News of the World
  • Promising Young Woman
  • Festa de Formatura (Netflix)

Prováveis outros concorrentes

Soul
  • The Mauritanian
  • Bacurau
  • Judas And The Black Messiah
  • Destacamento Blood (Netflix)
  • O Céu da Meia-Noite (Netflix)
  • Soul (Disney+)
  • On the Rocks (Apple TV)
  • Tenet
  • Sound of Metal (Amazon)

Azarões

Supernova
  • Ammonite
  • Pieces of a Woman (Netflix)
  • Fisrt Cow
  • Supernova
  • Mulher Maravilha 84
  • Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre
  • Cherry (Apple TV)
  • The Nest
  • Rosa e Momo (Netflix)
  • O Homem Invisível
  • Malcolm & Marie (Netflix)
  • The White Tiger (Netflix)
  • The Personal History of David Copperfield
  • Estou Pensando em Acabar Com Tudo (Netflix)
  • Mulan (Disney+)
  • Emma

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: