Bolsas masculinas: cresça e perca o medo de usar

Mais uma matéria bacana da Gazeta sobre moda masculina. Agora o assunto é bolsas:

Tote bag: traduzindo do inglês, o termo significa sacola. Este modelo de bolsa, geralmente, vem com duas alças: para levar na mão e para usar como o modelo carteiro, atravessado – desta forma, a altura deve ser no cós da calça. Se o design for mais discreto, como esta da foto, vai bem até com terno e gravata.
Os fãs da série Friends devem se lembrar. Quando o personagem Joey resolveu usar uma bolsa como acessório, seus amigos (e os telespectadores) caíram na gargalhada. Riram, para quem não acompanhou o programa, porque no episódio a bolsa que Rachel lhe arranjou era feminina. Uma confusão, é claro, rara hoje em dia.
E os homens não precisam ter medo de usar bolsa. Afinal, há modelos específicos para eles e o acessório ajuda a organizar os pertences e também dá estilo. Dependendo da situação e da idade, está na hora de aposentar a mochila esportiva e considerar uma bolsa masculina.
Bolsa carteiro: se for usar só de camisa e gravata, prefira usá-la lateralmente para não cruzar a gravata. De terno ou blazer, pode usar cruzada, mas deixe sempre o último botão do casaco aberto. Em ambos os casos, a pasta deve ficar na altura do quadril e cós da calça – muito acima prejudica o caimento da roupa e muito abaixo, fica desleixado. 
Para o dia a dia, a bolsa carteiro, usada na transversal ou lateralmente, é a mais recomendada: tem o formato e as divisões internas para levar pastas, papelada, gadgets e documentos. Pode ser de couro, lona e até náilon – aposte nas cores mais sóbrias, como preto, marrom e azul escuro.
O modelo do momento é a tote bag (do inglês, “sacola”, por ter alças curtas e ser mais alta que larga), que tem o mesmo espaço interno de uma bolsa carteiro. Dependendo do design e da ocasião, fica charmoso e foge da modelagem clássica feminina. Serve para o trabalho, para a faculdade e para viagens curtas.
Mochila: prefira um material de qualidade, como couro, e cores discretas. Evite os modelos muito esportivos com bolsos externos e fique atento para a altura das alças: a mochila deve ficar exatamente no meio das costas. Apesar de ser um modelo de bolsa mais usado pelos jovens, se bem escolhido, pode ser usada com um look mais formal.
Repaginada
Além das bolsas masculinas, muitos homens ainda têm como opção a polêmica capanga, acessório que caiu no gosto dos fashionistas e ganhou até um up grade no nome: virou clutch. “Os homens costumam levar os pertences nos bolsos, mas agora eles têm mais coisas pra carregar. Carteira, chaves de casa e do carro, celulares, entre outras coisas, nem sempre cabem nos bolsos da calça e do paletó”, exemplifica a consultora de moda Melise Seabra. Mas se a quantidade de coisas pede uma mochila, invista em uma com material de qualidade, como couro ou couro sintético e com poucos bolsos externos.

Capanga ou clutch: quem diria! A polêmica capanga agora virou clutch masculina. A alça dá segurança para carregar e, por seu tamanho, é discreta. Pode ser usada tanto em ocasiões formais quanto no dia a dia, para levar o essencial, como chaves, documento, celular e carteira. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: