#listadefilmes – 20 filmes para mulheres

Não, não estou falando de filmes de mulherzinha. Filme de mulher hoje é filme de moça que vai atrás do quer quer, seja isso o amor, o príncipe encantado ou vingança pura e simples mesmo.

Kill Bill – Volume 1 e 2

killbill

A mulher: A Noiva – Uma Thurman 

Para começar em grande estilo, a assassina criada por Quentin Tarantino é uma das mulheres mais poderosas do cinema. Após perder o seu bebê e passar cinco anos em coma, ela acorda pronta para executar a sua vingança contra os responsáveis pela sua destruição. Kill Bill – Volume 1 e Kill Bill – Volume 2 contam com outras figuras feminas de grande força, como O-ren Ishii (Lucy Liu), Elle Driver (Daryl Hannah), Vernita Green (Vivica A. Fox) e Gogo Yubari (Chiaki Kuriyama).

Orgulho e Preconceito

orgulho
A mulher: Elizabeth Bennet – Keira Knightley
Em Orgulho e Preconceito, Elizabeth não é uma grande vingadora, mas luta com todas as forças pelas suas convicções. A história de amor da jovem com o Sr. Darcy, interpretado por Matthew MacFadyen, vence as barreiras da época e os preconceitos da sociedade inglesa. A adaptação do romance de Jane Austen é dirigida por Joe Wright e conta com participações de outras moças conhecidas, como Carey Mulligan, Rosamund Pike e Jena Malone(Jogos Vorazes – Em Chamas).

Jogos Vorazes

jogos
A mulher: Katniss Everdeen – Jennifer Lawrence
Em meio à tantas franquias juvenis com mocinhas babacas, Jogos Vorazes se destaca por ter uma verdadeira heroína, que parte para a ação e ainda salva os homens ao seu redor. A aventura ainda é estrelada por Lawrence, Liam Hemsworth e Josh Hutcherson,

Thelma & Louise

thelma
As mulheres: Thelma Dickinson – Geena Davis / Louise Sawyer – Susan Sarandon

Se uma mulher não é o bastante, Thelma & Louise conta com duas grandes amigas, que resolvem deixar os dias de tédio para trás e pegar a estrada! O drama dirigido por Ridley Scott conquistou o Oscar de melhor roteiro (para escritora Callie Khouri), com uma história que abordava importantes temas de discussão, como o estupro, a violência doméstica, a opressão masculina e a liberdade sexual. E se isso tudo não é o bastante para atiçar sua curiosidade, ainda tem Brad Pitt (novinho) em um dos seus primeiros trabalhos para o cinema.

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

amelie
A mulher: Amélie – Audrey Tautou

Passando de um drama para um filme leve e descontraído, O Fabuloso Destino de Amélie Poulain conquistou um lugar cativo no coração de muitas mulheres, com seu mundo encantado, e repleto de cores, em que sonhos se tornam realidade. Com cinco indicações ao Oscar (filme estrangeiro, roteiro original, direção de arte, fotografia e som).

Gravidade

gravidade
A mulher: Ryan Stone – Sandra Bullock

Se você procura por um filme repleto de efeitos especiais, imagens deslumbrantes e muita tensão, Gravidade é um prato cheio! Em cartaz nos cinemas brasileiros, o suspense dirigido por Alfonso Cuarón já é um dos principais títuloscotados para o Oscar 2014. Para completar, Bullock surge como uma verdadeira guerreira, superando mil e uma adversidades em pleno espaço sideral.

Um Lugar Chamado Notting Hill

notting
A mulher: Anna Scott – Julia Roberts

“Eu sou apenas uma garota, parada em frente a um garoto… Pedindo-o para amá-la”. A frase de Um Lugar Chamado Notting Hill com certeza é uma das mais lembradas pelos fãs de uma boa comédia romântica. Além deHugh Grant como o charmoso William Thacker, Julia Roberts cativa o público feminino com sua interpretação de uma estrela de cinema, que na verdade é uma mulher como todas as outras.

Vicky Cristina Barcelona

vicky
As mulheres:
Vicky – Rebecca Hall
Christina – Scarlett Johansson
María Elena – Penélope Cruz

Woody Allen tem muitos filmes que agradam o público feminino, mas Vicky Cristina Barcelona se destaca por reunir um elenco de mulheres poderosas. Com muita sensualidade e uma bela trilha sonora, de músicas espanholas, a trama segue o relacionamento de três mulheres com um mesmo homem, Juan Antonio, interpretado pelo sempre incrível Javier Bardem.

Dirty Dancing – Ritmo Quente

dirty
A mulher: Frances “Baby” Houseman – Jennifer Grey

Clássico das sessões vespertinas de TV, Dirty Dancing – Ritmo Quente traz uma história de amor e rebeldia, ambientada em plena década de 1960. Na trama, a jovem Baby enfrenta os seus pais e os preconceitos da época, ao se apaixonar pelo professor de dança Johnny Castle, interpretado pelo galã dos anos 1980, Patrick Swayze. Um romance musical que consegue conquistar diversas gerações de mulheres!

Magic Mike

magic
A mulher: (quem se importa?)

Seguindo o clima musical, não poderíamos esquecer de Magic Mike! Ok, o filme não tem nenhuma mulher de destaque (alguém lembra da namoradinha de Channing Tatum?), mas um pouco de colírio para os olhos não faz mal a ninguém. A comédia dramática dirigida por Steven Soderbergh apresenta divertidas cenas de striptease de Tatum, Alex Pettyfer, Matthew McConaughey e Joe Manganiello.

Volver

volver
A mulher: Raimunda – Penélope Cruz

A sexualidade e a mulher são sempre destaques da obra do espanhol Pedro Almodóvar, diretor dos aclamados Fale com Ela e Tudo Sobre Minha Mãe e ele retrata a figura feminina como poucos no cinema. Na comédia dramática Volver, ele aborda com maestria a resistência e a solidariedade feminina, revelando três gerações de mulheres de uma mesma família, que sobrevivem apesar de todas as adversidades. O elenco conta com outras duas queridinhas do cineasta: Carmen Maura e Lola Dueñas.

As Horas

horas
As mulheres:
Virginia Woolf – Nicole Kidman
Laura Brown – Julianne Moore
Clarissa Vaughan – Meryl Streep

Na adaptação cinematográfica As Horas, dirigida por Stephen Daldry, nós encontramos nada menos do que três figuras femininas muito fortes, interpretadas por três grandes atrizes (Kidman, inclusive, levou o Oscar de Melhor Atriz pela personagem Virginia Woolf). A representação da mulher aparece de forma mais subjetiva, destacando as imagens de artista e criadora, mãe e esposa, amiga e amante…

O Diário de Bridget Jones

bridget
A mulher: Bridget Jones – Renée Zellweger

O Diário de Bridget Jones, adaptação do livro homônimo de Helen Fielding, tem um clima mais leve e descontraído. Na época do seu lançamento, a comédia romântica fez o maior sucesso entre as mulheres, levando para a telona as confusões amorosas de uma solteirona, meio gordinha e neurótica. Além de uma ótima trilha sonora, o filme conta com as participações de Hugh Grant e Colin Firth, como Mark Darcy – o nome do mocinho é uma homenagem ao personagem de mesmo nome do romance “Orgulho e Preconceito”, de Jane Austen.

Bonequinha de Luxo

bonequinha
A mulher: Holly Golightly – Audrey Hepburn
Do século XXI para os anos 1950, Bonequinha de Luxo revela o surgimento da mulher moderna no cinema! Holly Golightly mudou o rumo das personagens femininas em Hollywood, apresentando pela primeira vez uma verdadeira possibilidade de independência e liberdade sexual! Imperdível para todas e para todos, o clássico dirigido por Blake Edwards também se destaca ao fazer, de forma totalmente original, uma ode ao amor romântico.

As Virgens Suicidas

virgens
A mulher: Lux Lisbon – Kirsten Dunst

Em sua estreia na direção de um longa-metragem, a diretora Sofia Coppola comanda a adaptação do clássico da literatura americana, escrito por Jeffrey Eugenides. Com muita sensibilidade, a cineasta revela uma história sobre a repressão sexual em sociedades profundamente religiosas. Para aqueles momentos mais reflexivos, este é um ótimo filme para debater a questão de gênero e as bases das desigualdades entre o homem e a mulher.

Uma Linda Mulher

lindamulher
A mulher: Vivian Ward – Julia Roberts
Talvez até hoje o filme de maior sucesso de Julia Roberts que lhe rendeu sua primeira indicação ao Oscar de melhor atriz (que só ganharia 10 anos depois com Erin Brockovich). A história da prostituta que se encanta pelo ricaço fez muita menininha achar que a vida era de glamour, mas derrete corações até hoje.

Moulin Rouge

moulinrouge
A mulher: Satine – Nicole Kidman

Satine não era prostituta, era cortesã…. terminologias à parte, o musical que ressucitou o gênero levou Nicole Kidman ao Oscar (o filme teve ao todo 8 indicações, incluindo melhor filme, e ganhou 2 prêmios) e alçou o diretor ao patamar dos grandes em Hollywood. A história do escritor pobre que se apaixona pela cortesã prometida a um rico empresário e culmina numa tragédia digna de Shakespeare arrancou muitas lágrimas no cinema.

Nunca Mais

enough
A mulher: Slim Hiller – Jennifer Lopez

Uma mãe que sofre na mão do ex-marido e decide revidar. Pode parecer forçado (ou real) demais, mas o filme em que J.Lo devolve a pancadaria sofrida depois de algumas aulinhas de boxe satisfez a vontade de muitas mulheres que querem fazer o mesmo e não conseguem.

Encantanda

encantada
A mulher: Giselle – Amy Adams

Encantada pode ser um conto de fadas sim, mas no fim das contas reverte e satiriza sua própria fonte ao colocar a princesa tola e cantarolante amadurecendo na cidade de verdade. Amy Adams está (com o perdão do trocadilho) encantadora na pele da princesa e tudo no filme é de encher os olhos. Teve 3 indicações ao Oscar de melhor canção.

Mens@gem Pra Você

mensagem
A mulher: Kathleen Kelly – Meg Ryan

Meg Ryan já foi a princesinha das comédias românticas. Muitos foram os seus filmes do gênero que fizeram a alegria de mulheres apaixonadas. Este talvez tenha sido o último da safra. Ao lado de Tom Hanks ela revive o par de Sintonia de Amor (de 1993) novamente sob a batuta de Nora Ephron na história do par que é inimigo nos negóciose se conhece e se apaixona pela internet. Vale por tudo: atuações, trilha sonora, as belas imagens de Nova York e, claro, pela mulher romântica mas cheia de atitude que ela é.

Adaptado de uma lista do Adoro Cinema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: