Pequeno guia do cabelo colorido masculino

(Ou, crônicas de acontecimentos capilares)

Sempre gostei de mudar o visual, sempre me enjoei de ficar com a mesma cara. Mas homens têm poucas opções entre cortar o cabelo e deixar ou não barba, cavanhaque e afins. Back on the days quando barba não era “modinha”, eu me contentava com um cavanhaque, já que sempre odiei minha barba cheia e minha cara verde de sombra de barba.

Enfim. Em 2001, aos 20 anos (pausa para você fazer as contas da minha idade….) eu já pintava o cabelo de azul. Muito antes de se falar em merman hair as pessoas já me olhavam na rua e as crianças já apontavam pro meu cabelo. Usava uma tinta cuja cor era “anti-laranja” e depois da segunda descoloração para retocar a tinta descobri da pior maneira o que é destruir o cabelo: todo meu cabelo descolorido literalmente quebrou e caiu e fiquei só com o toquinho de raiz. Enfim.

Esta tinta durava mais ou menos uns dez dias, lavando o cabelo dia sim dia não, daí começava a ficar cinza. Como não consegui aplicar a segunda vez, não sei como ela continuaria.

Fiquei um tempo sem tintura e depois parti pro vermelho. Adorava pintar o cabelo de vermelho cereja e depois de algumas tinturas e algumas fronhas e toalhas coloridas também parei e fiquei novamente mais um tempo sem pintar.

Daí chegamos em 2014 e começo a ver pela internet fotos de caras (fora do Brasil, obviamente) com o cabelo branco. Branco mesmo. Por mais que já esteja acontecendo, meu cabelo ainda vai levar anos para ficar grisalho (0 que eu acho lindo). Então mexi meus pauzinhos e fui atrás de contatos para deixar o meu branco. O resultado? Sensacional. Após algumas horas na cadeira do salão e a mão esperta de um mestre em pintar cabelos (que, claro, não me contou seus segredos) saí me sentindo o próprio Jack Frost:

IMG_8434

Mas  infelizmente o bom efeito durou pouco. Uns dois dias depois meu cabelo já estava amarelando. O que descobri ser normal e natural do cabelo. Então pra não ficar com cabelo amarelo palha (tudo o que não queria) joguei o costumeiro castanho escuro em cima e deixei mais alguns meses. Mas daí comecei a ler sobre o merman hair e a saudade do cabelo azul bateu. Hoje existem muito mais opções de tinturas, tonalizantes e cores então, por que não?

keraton hard

Descolori só a parte de cima do cabelo (água oxigenada de 30 volumes e descolorante de qualidade, #fikadika) e parti pras experiências: azul, roxo, rosa e verde. Para todos usei o Keraton Hard Color, um tonalizante não muito caro e que não “estraga” o cabelo (trata e colore). Além de já vir pronto pra aplicar. Como era um tonalizante, não ficava muito no cabelo e brinquei de usar cada semana uma cor ou mesmo de criar cores, misturando o verde e o azul, por exemplo, e criando um turquesa sensacional.

IMG_3728

IMG_3844

IMG_4373

IMG_4444

Mãs… era um tonalizante e ficava pouco no cabelo. Ou seja: a cor que eu gostava durava só até o dia seguinte. A não ser o rosa, que só saiu com descoloração. O azul, infelizmente, era o que menos ficava. Então descobri uma outra forma de usar: passava o tonalizante azul como se fosse um creme de pentear e não enxaguava. Daí a cor ficava bonita. Pelo menos até o próximo banho. Foram novamente muitas fronhas e toalhas pintadas de azul. Mas sai.

(você pode ver nos vídeos que gravei no canal do Pausa lá no Youtube que cada semana o cabelo tava de uma cor)

Mas eu queria uma tinta que não saísse tão fácil. Então a atendente da Casa Costa (que agora já me reconhece quando vou lá) me indicou a Revolution da Alfaparf azul. Descolori o cabelo todo dessa vez e apliquei. Essa sim. Ficava uns bons cinco dias no cabelo sem desbotar e depois de uns dias também passei a usar como se fosse creme pra pentear ou mesmo misturada com o creme. Foi uma beleza. Daí enjoei e raspei a cabeça.

revolution-jc-true-blue-90ml

IMG_6505

Só que não sossego né? Alguns meses depois (três, pra ser exato), voltei a descolorir. Queria desta vez deixar o cabelo branco de novo. Já tinham me falado no banho de violeta genciana dissolvida na água. Ok. Descolori o cabelo até ficar bem clarinho e passei. Não adiantou muito. Lembrei que quando pintei o cabelo de azul pela primeira vez a tinta era “anti-laranja” e ficava cinza quando desbotava. Então coloquei muito pouquinho do tonalizante azul na mão, misturei com um creme de pentear e passei. O cabelo ficou meio irregular, mas saiu o amarelo. Mas claro que dois dias depois já estava amarelando de novo.

flavio

Nesse meio tempo fui a um salão no shopping e uma massagista me falou pra passar um tonalizante chamado “prata polar”. Fui lá falar  com minha amiga da Casa Costa. Ela disse que o prata polar deixava bem branco, e era daquele tonalizante que não fixava. Ela indicava um chamado  Keraton Banho de Brilho, cor Prata Cendré, que deixava um tom prateado no cabelo. Comprei.

tonalizante_kert_keraton_banho_de_brilho_prata_cendr_100g

É bom lembrar que meu cabelo estava praticamente branco. As instruções dela foram simples. Lava o cabelo, tira o excesso de água, aplica o tonalizante, deixa por uns 3 minutos e enxágua. Mas só isso? Sim, só isso. Fiz quase como ela disse: lavei o cabelo enxaguei e no banho mesmo apliquei o tonalizante e deixei o que imaginei ser uns 3 minutos e enxaguei novamente.

O resultado? Um cinza lindo e natural, quase como se estivesse grisalho de verdade!

flavio batman

Ainda não sei quanto tempo vai durar ou quanto tempo eu vou ficar com ele antes de enjoar, mas gostei muito do resultado.

É bom dizer que nenhum dos produtos que comprei custou mais de R$30,00 e, dependendo do tamanho do seu cabelo, eles duram bastante. Ainda tenho mais ou menos meio frasco de cada tonalisante e da tinta da Alfaparf (que vem em bisnaga). Todos eles já vem prontos e são super práticos de passar. Convém usar luvas, pois fiquei muito tempo com as unhas azuis. E se for mexer com a violeta genciana, cuidado: além dela pintar tudo o que encosta de roxo (e é bem ruim de tirar), se você colocar demais na água para enxaguar o cabelo, ele vai ficar roxo mesmo. É super difícil acertar a quantidade.

Existem produtos da Keune e de outras marcas que me indicaram, mas achei tudo muito desnecessariamente caro. Estes que usei gostei e não achei caros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s