Disney, Marvel, Fox e outros estúdios prometem boicotar Estado americano se lei homofóbica for aprovada

A Disney, hoje parceira de marcas poderosas como a Marvel e a Pixar, anunciou que boicotará o Estado da Geórgia caso seja aprovado o projeto de lei HB 757, permitindo a discriminação à comunidade LGBT com base em “princípios religiosos”. De acordo com esta lei, um comércio poderia se recusar a atender gays e lésbicas, por exemplo.married-gay-couple-121213

A Geórgia é o terceiro Estado onde ocorrem mais filmagens nos Estados Unidos, após Nova York e a Califórnia, por causa dos inúmeros incentivos fiscais oferecidos aos produtores. Mas a Disney tomou a corajosa decisão de suspender qualquer filmagem no local caso o governador Nathan Deal não vete o projeto.

Não demorou para que outras produtoras se unissem ao boicote. Fox, Lionsgate, Sony, Warner e HBO também anunciaram que mudarão suas próximas filmagens para outro Estado caso a HB 757 seja aprovada, o que causaria grande impacto econômico na Geórgia. Grandes produções tiveram pelo menos uma parte de suas cenas filmadas na região, incluindo Capitão América: Guerra Civil, X-Men: Primeira Classe, Busca Implacável 3, Magic Mike XXL e a franquia Jogos Vorazes.marvel-new-logo-gif

Paralelamente, várias personalidades assinaram uma carta pedindo a Deal para vetar o projeto. Entre eles estão Anne Hathaway, Julianne Moore, Gus Van Sant, Lee Daniels, Matt Bomer, James Gunn, Zoe Kravitz, Aaron Sorkin,Ryan Murphy, Marisa Tomei e Seth MacFarlane. Harvey Weinstein, poderoso produtor e um dos signatários da carta, foi categórico em sua afirmação:

“A Weinstein Company não vai apoiar a discriminação da comunidade LGBT ou de qualquer americano. Temos planos para começar a gravar o novo filme de Lee Daniels na Geórgia no fim deste ano, mas vamos mudar a produção se este projeto ilegal for aprovado. Esperamos que o governador Deal vete a HB 757 e não permita que a intolerância se torne lei na Geórgia”.

A AMC, produtora do seriado The Walking Dead, também se pronunciou a respeito:

“Como uma companhia, a AMC Networks acredita que a discriminação de qualquer tipo é repreensível. Nós aplaudimos a liderança do governador Deal em resistir a uma versão desta legislação e imploramos que ele rejeite também esta nova versão”

Além de criar empregos na Georgia, a produção do seriado no Estado também contribuiu muito com o turismo na região.

antman0002

Marvel’s Ant-Man..Scott Lang/Ant-Man (Paul Rudd)..Photo Credit: Zade Rosenthal..? Marvel 2014

O Estado se valeu de incentivos fiscais para hospedar grandes produções de Hollywood, como por exemplo vários filmes da Marvel. No final do ano, o governador Deal se pronunciou a respeito da parceria da Georgia com a Marvel, afirmando que “Homem-Formiga empregou mais de 3550 moradores locais, gastou mais de U$106 milhões no Estado e utilizou quase 22500 quartos de hotel durante as filmagens“.

Deal pode decidir vetar o projeto até o dia 3 de maio.

Anúncios

Um comentário sobre “Disney, Marvel, Fox e outros estúdios prometem boicotar Estado americano se lei homofóbica for aprovada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s