‘Barata Ribeiro 716’, de Domingos de Oliveira, vence o 44º Festival de Gramado

A 44ª edição do Festival de Gramado terminou, na noite deste último sábado (3),  com premiações – quase todas – muito justas.

20160905_PA12_gramadofinal2-640x350

Domingos de Oliveira mereceu o Kikito de melhor longa brasileiro (o primeiro de sua filmografia) com as memórias de sua juventude que apresenta em “Barata Ribeiro 716”, assim como foi certíssimo premiá-lo com melhor direção (pela terceira vez). O comovente longa paraguaio “Guaraní” era, desde o início, o favorito entre os latinos, enquanto o curta brasileiro  “Rosinha” teve um excelente diálogo com o público ao propor um triângulo amoroso na terceira idade.

A noite também foi de Andreia Horta, que garantiu o Kikito de melhor atriz com uma  interpretação notável de Elis Regina em “Elis”. Dirigido por Hugo Prata, o filme também ganhou o prêmio do júri popular. Já o troféu de melhor ator foi, inacreditavelmente, para Paulo Tiefenthaler, o protagonista grotesco de “O Roubo da Taça”.

1696517-andreia-horta-ganhou-o-kikito-de-melhor-950x0-3

Andreia Horta

O ator desbancou os trabalhos marcantes de Caio Blat (como alter ego de Domingos de Oliveira) e do argentino Leonardo Sbaraglia (protagonista do brasileiro “O Silêncio do Céu”, de Marco Dutra).

Premiado como melhor filme pelo júri da crítica, aliás, o drama dirigido por Dutra foi um dos esquecidos pelo júri oficial, que preferiu entregar o prêmio de melhor roteiro para a comédia “O Roubo da Taça”.

A crítica também valorizou o curta “Lúcida”, o filme mais forte da competição de Gramado do ponto de vista da denúncia social.

Como já era aguardado, a festa foi marcada por protestos contra o governo de Michel Temer – o  mais contundente reuniu todos os curtametragistas no palco.

Confira a lista dos vencedores:

LONGAS NACIONAIS:
Filme: “Barata Ribeiro 716”, de Domingos de  Oliveira
Direção: Domingos de Oliveira (“Barata Ribeiro 716”)
Ator: Paulo Tiefenthaler  (“O Roubo da Taça”)Atriz: Andreia Horta (“Elis”)
Ator Coadjuvante: Bruno Kott (“El Mate”)
Atriz Coadjuvante: Glauce Guima (“Barata Ribeiro 716”)
Júri Popular: “Elis”, de Hugo Prata
Prêmio da Crítica: “O Silêncio do Céu”, de Marco Dutra
Roteiro: “O Roubo da Taça”
Montagem: “Elis”
Fotografia: “O Roubo da Taça”
Direção de Arte: “O Roubo da Taça”
Trilha Musical: “Barata Ribeiro 716”
Desenho de Som: “O Silêncio do Céu”

LONGAS ESTRANGEIROS:
Filme: “Guaraní”, de Luis Zorraquí
Direção:  Fernando Lavanderos (“Sin Norte”)
Ator: Emilio Barreto (“Guaraní”)
Atriz: Verónica Perrotta (“Las Toninas van al Este”)
Júri Popular: “Esteros”, de Papu Curotto
Prêmio da Crítica: “Sin Norte”, de Fernando Lavanderos
Roteiro: “Guaraní”
Fotografia: “Sin Norte”

CURTAS BRASILEIROS:
Filme: “Rosinha”, de Gui Campos
Direção: Felipe Saleme (“Aqueles cinco segundos”)
Ator: Allan Souza Lima (“O que teria acontecido ou não naquela tarde de domingo no jardim zoológico”)
Atriz: Luciana Paes (“Aqueles Cinco Segundos”)
Júri Popular: “Super Oldboy”, de Eliane Coster
Prêmio da Crítica: “Lúcida, de Fabio Rodrigo e Caroline Neves
Roteiro: “Rosinha”
Fotografia: “As Horas”
Montagem: “Memória da Pedra”
Direção de Arte: “Deusa”
Trilha Musical: “Super Oldboy”
Desenho de Som: “Ex-Mágico”
Prêmio Aquisição Canal Brasil: “Rosinha”

VIA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s