Rebecca Black está de volta em versão mais madura e “conceitual”

Poisé. Muita gente lembra que lá em 2011 uma música era tão ruim que acabou se tornando viral. Friday de Rebecca Black já foi eleito o pior clipe da história pela revista especializada NME (que é meio rabugenta, mas enfim).

Mas a moça cresceu e entrou na onda do pop atual. Uma coisa conceitual/radiofônica dissipada por Sia, Demi Lovato, Katy Perry, Ke$ha, Ariana Grande… enfim, todas as cantoras atuais que têm voz (sorry Brit).

E assim como a maioria das outras, a música nova da Black é bacaninha e demonstra o potencial da goela da moça.

The Great Divide vem mais adulta, demonstrando que aquela menina que lançou uma música insuportável tem sim potencial pra músicas bacanas. O clipe vem todo conceitual e intimista e mostra (claro) a sensualidade da moça, que hoje tem 19 anos.

Assiste aí e tire suas próprias conclusões:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s