Resenha do site – Lego Batman: O Filme

16602011_10211805394951522_3851567289334220334_oVocê gosta do Batman, certo? Todo mundo gosta do Batman. Mas você acha os filmes e quadrinhos muito pesados, muito adultos e escuros? Bom, ent… como? Você não gosta do Batman? Hum…

Mas você gosta de animação né? Filmes coloridos, repletos de personagens bacanas, um visual deslumbrante, técnica aliada à bom cinema e… Oi? Você também não curte animação? É…

Então você gosta de uma boa história? Daquelas com lições para levar pra vida sobre amizade, união, força, determinação e família? Ah, disso você gosta.

Bom, se você disse sim, ou mesmo que tenha dito não para as três perguntas acima, tenho uma notícia para te dar: você vai amar Lego Batman: O Filme.

Por que? Bom, em primeiro lugar, claro, porque ele tem tudo isso: Batman, animação e uma boa história. E em segundo, porque é tudo isso fervido num caldeirão borbulhante de cores, som, vozes, música, personagens e piadas. Sim, piadas às pencas, daquelas que você perde uma porque ainda está rindo da anterior.

Na história propriamente dita, o Coringa está chateado porque Batman “não admite” a relação de ódio dos dois. O herói não assume que o vilão é seu arqui-inimigo e isso vai deixar o palhação do crime bufando de ódio. Do outro lado, Batman é quem não admite ter problemas de socialização e recusa toda e qualquer ajuda para resolver as situações mais simples tornadas megalomaníacas por seu ego gigante.

Leia mais: 20 wallpapers de Lego Batman pro seu celular

Vem aí as minifiguras de Lego Batman

Mas longe de filosofar demais, Lego Batman é sobre amizade, sobre aceitar a ajuda dos outros e assumir que você não pode tudo sozinho. E é bem verdade que aqui temos a versão mais divertida do cavaleiro das trevas no cinema e, talvez, a mais realista delas, mesmo sendo uma animação de um brinquedo de montar.

Como filme, Lego Batman é um delírio visual nos mesmos moldes de Uma Aventura Lego, que originou este spin-off: tudo acontece freneticamente diante de nossos olhos. Piadas e blocos de montar voam em nossa direção, explosões, vilões e referências inflam a tela.

Ah meus senhores… os vilões e as referências…. estes são um caso a parte e fazem com que o filme mereça ser visto uma segunda vez só para que possam ser apreciados em sua totalidade. Se os vilões do Batman estão ali em peso, como o já citado Coringa, Charada, Pinguim, Arlequina, Bane, Hera Venenosa, Mulher Gato e tantos outros mais ou menos conhecidos, também estão no filme outros vilões bem conhecidos do público: Voldemort, Sauron, a Bruxa Má do Oeste, Godzilla, King Kong e Sr Smith (só pra citar alguns). Sim, todos se misturam brilhantemente em cena.

Com relação às referências, Batman e Robin não se cansam de demonstrar o quanto Batman já foi explorado no cinema e na TV: de Ben Affleck a Adam West, passando pelo Superman e o esquadrão Suicida, tudo é motivo de chacota. As referências ao seriado clássico, diga-se de passagem, são as melhores partes do filme.

Em suma, sim, Lego Batman é tudo o que muitos filmes de super-herói não conseguem ser: uma boa história, contada de forma incrível, com ótimos personagens (o Robin é um caso à parte) e lições que ao invés de serem chatas soam divertidas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s