#novamusica – Depois da Tempestade

O tempo de bonança chegou para a Depois da Tempestade. Mirando voos altos e misturando sonoridade que une elementos do rock alternativo e o post hardcore, a banda acaba de lançar o rico “Multiverso”, produzido por André Freitas (Charlie Brown Jr., Bula, Urbana Legion, A Banca). O disco marca uma nova fase da banda, de maturidade e busca por afirmação no cenário nacional.

“Demoramos um pouco para chegar ao nome final. Desde o começo entendemos que o disco estava criando uma temática em torno do céu, dimensões e tudo que vai entre o material e o imaterial. Logo lembramos da teoria da existência de diversos universos além deste que ainda nem conseguimos mapear completamente. Isso encaixou perfeitamente no conceito. A capa retrata o trajeto do chão ao céu, que casa com a fase que estamos passando como banda”, conta o vocalista Victor Birkett

Composta, além de Victor, por Rafael Gonçalves (guitarra), Dennys Andrade (guitarra), Diego Andrade (baixo), Maru Mowhawk (teclado) e Bruno Andrade (bateria), a banda de Santos (SP) gravou o álbum no Electro Sound Studio, com produção, mixagem e masterização de André Freitas. O disco conta com a participação especial do violão de nylon de Alexandre Birkett na faixa “Raízes”, trazendo uma influência latina/flamenca diferente para a canção.

Grupo do litoral paulista, a Depois da Tempestade estreou na cena com o EP “O Sol Nascerá” (2012). Os singles “Lutar e Vencer” e “Me Liberto” exibiam um som pesado que ganhou boa recepção do público na época. Segundo registro, “Eleva” (2013) apresentou mudanças na formação do grupo, enriquecendo ainda mais as melodias das canções com o experimental e o post rock. Já o último trabalho, “Mutáv3l” (2015), garantiu um grande passo na carreira do conjunto, com a notoriedade nas redes sociais, downloads das músicas em alta e o destaque em listas de sites especializados.

“Tivemos muitas provações em nossas vidas entre 2015, quando lançamos o EP ‘Mutáv3l’ até o fim de 2016 quando começamos o processo de gravação. Provamos para nós mesmos que temos que segurar firme para não cair e conseguimos completar nosso principal objetivo da carreira até então”, reflete Victor. “Conseguimos encontrar nossa própria sonoridade, passear por diversos estilos em uma só faixa e agora vamos ter a oportunidade de mostrar isso para o mundo. A prova disso é a sequência ‘Aproveita a Vista’ e ‘Juno’, onde uma canção com influências de new metal conversa com uma faixa influenciada pelo indie rock. Nós somos isso aí. Tudo e nada.”

Site oficial: www.depoisdatempestade.com (download)

http://bit.ly/2nmIGVv

Anúncios

Um comentário sobre “#novamusica – Depois da Tempestade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s