Conheça os nomes mais comuns entre os bebês brasileiros em 2017 e os mais “diferentões”

O ranking dos nomes mais registrados em 2017 no país foi elaborado com base nas informações prestadas por todos os cartórios do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás, DF, Roraima, Acre, Amapá, Roraima, Ceará, Pernambuco e Alagoas.

Os nomes mais comuns foram Miguel (25.710), Arthur (21.161 registros), Alice (18.508 registros), Davi (15.372 registros), Heitor (13.718 registros), Valentina (13.193 registros), Gabriel (12.636 registros), Helena (12.615 registros), Laura (12.594 registros) e Bernardo (12.529 registros).

No ranking separado por sexo, os dez nomes masculinos mais escolhidos foram Miguel (25.710), Arthur (21.161), Davi (15.372), Heitor (13.718), Gabriel (12.636), Bernardo (12.529), Lorenzo (11.098), Enzo Gabriel (10.195), Pedro Henrique (9.237) e Pedro (8.830).

Já entre as mulheres, o ranking dos dez nomes mais registrados foram Alice (18.508), Valentina (13.193), Helena (12.615), Laura (12.594), Sophia (12.449), Maria Eduarda (9.922), Lorena (9.202), Júlia (9.122), Heloísa (8.639) e Lívia (8.019).

Tradicionais e variações

O levantamento da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-BR) permitiu identificar ainda um ranking nacional considerando-se apenas o primeiro nome, as variações dos nomes mais comuns, além dos nomes menos comuns ou que caíram em desuso nos últimos anos. Considerando-se apenas o primeiro nome dos registros, o ranking muda completamente de patamar.

nomes-de-bebes-2017-meninos-meninas-brasil-bebe

Nesta situação Maria passa a ser o nome mais registrado, com 80.192 registros de nascimento, seguido por João (44.450), Ana (41.500), Davi (36.723), Arthur (34.831), Alice (24.420), Pedro (28.327), Enzo (24.923), Sophia (19.775) e Heitor (18.483).

“Interessante observar que nomes tradicionais, como Maria, possuem 885 variações de registros, sendo Maria Eduarda o mais comum, com 9.922 registros. Na sequencia estão Maria Clara (7.768), Maria Luiza (6.183) e Maria Julia (5.655). Dos 80.192 registros de nomes com Maria, 73.775 são nomes compostos”, informou a associação.

Já Ana, segundo a associação, possui 270 variações de nomes registrados, com destaque para Ana Julia (6.551), Ana Clara (5.885) e Ana Luíza (3.641). Dos 41.500 registros com o nome Ana, 38.653 dão origem a nomes compostos.

Entre os homens João, possui 154 variações de nomes registrados, com destaque para João Miguel (10.343), João Pedro (6.303) e João Lucas (4.830). Das 44.450 crianças registradas com o primeiro nome João, 40.896 ficaram com nomes compostos.

Já Pedro, de acordo com a organização, possui 232 variações de nomes, com destaque para Pedro Henrique (9.237), Pedro Miguel (1.741) e Pedro Lucas (1.585). Dos 28.327 Pedros registrados, 19.433 ficaram com nomes compostos.

Nomes considerados “da moda”, também aparecem na lista, sendo Enzo uma das situações mais curiosas, já que duas formas quase empatadas dominam o registro de crianças com este nome: Enzo Gabriel (10.195 registros) e Enzo (8.196). Em número maior registram-se as variações de Davi, sendo David Lucas o mais comum, com 4.485 registros, seguido por Davi Lucca, David, David Miguel e Davi Henrique.

“Por fim, os registros de nomes que chegaram a ser comuns em outras épocas e que cada vez mais caem em desuso, como Liliana, Sonia, Regis, Vicente, Raquel, Otacílio, Vicente, Émerson e Regis. A lista traz ainda nomes “bem” diferentes, como Riquelmi, Moa, Darcksson, Ambar, Iasã, Zeonilde, Dã, Steice e até um Donald, mas sem Trump”, concluiu a associação.

Mas de onde veio tanto Enzo?

Segundo o IBGE, o número de pessoas registradas com o nome Enzo em todo o Brasil passou de 2.088 pessoas nos anos 1990 para 44.056 nos anos 2000 – uma alta de 2009%, como mostra o gráfico abaixo:

O nome Enzo é muito comum na Itália. O homem mais famoso a ostentá-lo é, provavelmente, Enzo Ferrari, o fundador da escuderia do cavalo sediada em Maranello.

Na cultura pop brasileira, o primeiro famoso foi Enzo Motta Raia Celulari, filho dos atores Edson Celulari e Cláudia Raia. Nascido no fim dos anos 1990, ele tem hoje 20 anos – e pode ser a melhor explicação para a Enzomania, ainda que não explique o ENZO GABRIEL. É xará do jogador Enzo Alan Zidane Fernández, filho do futebolista francês Zinédine Zidane, hoje com 22 anos.

enzo

enzocalipse
A lista de chamada que viralizou este ano com SETE Enzos na turma do 1º ano. Prestem atenção no detalhe: o Enzo Pietro Farias da Silva tem uma irmã gêmea chamada…. VALENTINA PIETRA. O casal-símbolo dos novos registros no Brasil

VIA

miramar-banner-gif

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: