Curiosidades do Oscar 2018

Parece que todos os protestos e as mudanças da Academia deram resultado: este ano o Oscar abraçou de vez as minorias. Relacionamento homossexual, protagonistas femininas, protagonista negro, uma mulher muda e até um monstro figuram entre os filmes preferidos da temporada.

No meio de tudo isso, recordes foram batidos e paradigmas quebrados. Vamos dar uma olhada em alguns?

Tá com preguiça de ler tudo? Então assiste ao vídeo que preparamos com 12 curiosidades:

Quatro dos nove indicados a melhor filme deste ano possuem protagonistas femininas: Lady Bird, The Post, Três Anúncios Para um Crime A Forma da Água.

A  categoria de direção traz uma boa diversidade ante os anos anteriores: uma mulher (Greta Gerwig), por Lady Bird; um negro (Jordan Peele, por Corra) e um mexicano (Guillermo del Toro, por A Forma da Água).

A Forma da Água, com 13 indicações, iguala a marca de filmes como: Mary Poppins, Quem Tem Medo de Virgina Wolf?, E O  Vento Levou, A um Passo da Eternidade, Forrest Gump, Shakespeare Apaixonado, Chicago e Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel, destes, Mary Poppins e Quem Tem Medo de Virgínia Wolf? foram os únicos a não vencer a categoria de melhor filme.

O longa Corra fez história com suas indicações:

  • Jordan Peele conseguiu indicações nas categorias de melhor filme, direção e roteiro original, se tornando assim o terceiro estreante a conseguir este feito em toda a história do Oscar. Warren Beatty conseguiu o feito em 1978 com O Céu Pode Esperar (perdendo nas três categorias) e  James L. Brooks em 1983, com Laços de Ternura, levando os três.
  • Peele é o sexto negro a conseguir uma indicação na categoria de melhor diretor em 90 anos de Oscar, nenhum venceu o prêmio na categoria. No ano passado Barry Jenkins concorreu por Moonlight (vencedor na categoria de melhor filme), em 2013 Steve McQueen concorreu por 12 Anos de Escravidão (também vencedor de melhor filme), Lee Daniels concorreu por Preciosa em 2009 e John Singleton foi o primeiro negro a concorrer a melhor diretor em 1991 por Os Donos da Rua.
  • Corra é somente o sétimo filme de terror a concorrer na categoria principal. Dois filmes de Alfred Hitchcock concorreram: em 1941, Suspeita e em 1945 Quando Fala o Coração. Em 1944 foi À Meia Luz, de George Cukor que concorreu. Depois, longas mais “tradicionais” do gênero: em 1973 O Exorcista foi indicado a melhor filme e em 1991 O Silêncio dos Inocentes foi indicado e levou o prêmio pra casa. O último indicado de terror foi O Sexto Sentido, em 1999.

Christopher Plummer se tornou o mais velho indicado ao Oscar, concorrendo por sua atuação em Todo o Dinheiro do Mundo, aos 88 anos, ultrapassando o recorde de Gloria Stewart (87) em Titanic.

Rachel Morrison é a primeira mulher indicada na categoria de melhor fotografia, por seu trabalho em Mudbound.

Mary H. Ellis é a sexta mulher indicada na categoria de melhor mixagem de som, por Em Ritmo de Fuga.

Meryl Streep foi indicada este ano pela 21ª vez ao Oscar.

meryl-streep

É a primeira vez que a categoria de melhor ator inclui dois indicados com menos de 30 anos: Timothy Chalamét (22) e Daniel Kaluuya (28).

O compositor John Williams recebeu sua 51ª indicação na categoria de melhor trilha sonora pela trilha de Star Wars: Os Últimos Jedi e mantém o recorde de mais indicações para alguém ainda vivo. O maior número de indicações no total ainda pertence a Walt Disney, que ao longo da carreira recebeu 59 indicações. Williams venceu 5 vezes, a última delas em 1993 por A Lista de Schindler.

Dee Rees é a primeira mulher negra indicada na categoria de melhor roteiro adaptado, pelo roteiro de Mudbound.

A diversidade presente no Oscar 2018 ainda aparece na categoria de melhor animação: dos cinco indicados, somente um é genuinamente americano: O Poderoso Chefinho. Os demais são Viva: A Vida é uma Festa, passado no México e sobre um feriado tradicionalmente mexicano; Com Amor, Van Gogh, produção em parceria com a Polônia sobre o pintor holandês; The Breadwinner, sobre uma garota no Afeganistão; e O Touro Ferdinando, passado na Espanha e dirigido por um brasileiro.

coco pixar

Dois brasileiros estão presentes no Oscar este ano: Carlos Saldanha dirige a animação O Touro Ferdinando, mesmo diretor de Rio e A Era do Gelo; e Rodrigo Teixeira, que assina a produção de Me Chame Pelo Seu Nome ao lado de Luca Guadagino e James Ivory.

A Forma da Água venceu o Chritic’s Choice Awards de melhor filme, porém não foi indicado ao SAG de melhor elenco (equivalente do prêmio a melhor filme). Faz 22 anos que o filme vencedor da categoria maior do Oscar também é indicado ao SAG.

Três Anúncios Para um Crime, outro favorito a melhor filme, não recebeu indicação a melhor diretor. Somente dois vencedores do Oscar de melhor filme não foram indicados na categoria de direção: Conduzindo Miss Daisy, em 1989 e Argo, em 2012.

Dunkirk, está indicado a filme e direção, no entanto não foi indicado a melhor roteiro ou em nenhuma categoria de atuação, e a última vez que um vencedor de melhor filme não foi indicado nestas categorias foi há 85 anos, com Grande Hotel.

Greta Gerwig é a quinta mulher indicada a melhor direção em 90 anos de Oscar. As anteriores foram: Lina Wertmuller (Padscoalino Sete Belezas), Jane Campion (O Piano), Sofia Coppola (Encontros e Desencontros) e Kathryn Bigelow (Guerra ao Terror) a única vencedora.

Mary J. Blige se tornou a primeira pessoa indicada por sua atuação e também pela composição de uma música, por Mudbound. Ela também marca a primeira indicação em atuação de um filme da Netflix.

mary-j-blige.jpg

Steven Spielberg e Scott Rudin mantêm-se empatados como produtores com mais indicações ao Oscar de melhor filme (10), por The Post e Lady Bird, respectivamente.

É a primeira vez que um diretor transexual concorre ao Oscar: Yance Ford, pelo documentário Strong Island. Também é a primeira vez que um longa estrelado por uma transexual concorre ao prêmio: Uma Mulher Fantástica concorre na categoria de melhor filme estrangeiro pelo Chile.

Logan é o primeiro filme de super-herói a concorrer na categoria de melhor roteiro.

É a primeira vez que Christopher Nolan concorre na categoria de melhor diretor. Nolan já foi indicado a melhor roteiro (Amnésia, A Origem) e melhor filme (A Origem) mas nunca por direção.

Saoirse Ronan, de apenas 23 anos, concorre ao Oscar pela terceira vez: Desejo e Reparação (em 2007 aos 13 anos), Brooklyn (em 2015) foram suas indicações anteriores.

Octavia Spencer é a primeira mulher negra a concorrer três vezes nas categorias de atuação, ela concorreu ano passado por Estrelas Além do Tempo e concorreu e venceu em 2011 por Histórias Cruzadas. Ela também é a única mulher negra a ter duas indicações consecutivas nas categorias.

the-shape-of-water

É a 14ª vez que Roger Deakins concorre ao Oscar de melhor fotografia, este ano por Blade Runner 2049. Ele nunca venceu.

James Ivory é a pessoa mais velha a concorrer ao Oscar: ele concorre na categoria de melhor roteiro adaptado por Me Chame Pelo Seu Nome e tem 90 anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s