Cinco filmes que falharam em conseguir indicações ao Oscar em 2019

É bastante comum vermos filmes “com cara de Oscar” e que, no fim do dia, falham miseravelmente em conseguir sequer uma indicação.

Este ano tivemos longas excelentes que miraram na indicação a melhor filme e ficaram só nas categorias técnicas (como O Primeiro Homem) mas, invariavelmente, tivemos outros filmes que pretendiam indicações nas categorias principais, além de atores, e conseguiram ficar de fora de todas elas.

Relembre os filmes que falharam ao tentar indicações ao Oscar nos últimos anos

Dá só uma olhada:

A Pé Ele Não Vai Longe (Don’t Worry, We Won’t Get Far On Foot)

História real de um cartunista preso a uma cadeira de rodas pro resto da vida?Gus Van Sant? Joaquim Phoenxi no papel principal?

Não importa, mesmo recebendo boas críticas, o longa sequer apareceu entre os prováveis indicados deste ano.

O Favorito (The Front Runner)

Não importa a semelhança com outro longa “favorito” deste ano. Ou o tom político. Ou Hugh Jackman no papel principal. Ou seu elenco de coadjuvantes com Vera Farmiga, JK Simmons e Alfred Molina. Ou ainda um diretor com quatro indicações no currículo. O Favorito passou longe.

Boy Erased: Uma Verdade Anulada

A história é contemporânea: um garoto em tratamento para conversão de sua sexualidade. O elenco é de primeira: Lucas Hedges, Nicole Kidman e Russel Crowe (todos com passagem pelo Oscar). O diretor era um ator já indicado (Joel Edgerton). Mas não foi dessa vez.

Embora tenha sido cotado para a premiação, Boy Erased não chegou lá, e não deu nem a esperada nova indicação a Nicole Kidman.

Querido Menino (Beautiful Boy)

Nem a indicação tida como certa de Timotheé Chalamet veio. Querido Menino ficou de fora de todas as categorias. Steve Carrell (que parece conquistar o coração da Academia nos seus papeis dramáticos) também não conseguiu. E o filme ficou de fora da festa.

As Viúvas (Widows)

O longa “de ação” do diretor Steve McQueen bem que tentou. Elenco de peso encabeçado por Viola Davis. Diretor premiado. Roteiro esperto e inteligente escrito por uma das sensações do momento (GIllian Flynn, de Garota Exemplar e Sharp Objects). Filme sobre mulheres no poder. Mas… não foi.

Embora seja um filme incrível que ultrapassa seu gênero de “filme de golpe” e a indicação de Viola Davis tenha aparecido na lista das prováveis, o filme não emplacou nenhuma categoria.

Leia nossa resenha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s