Rami Malek finalmente se pronuncia sobre Bryan Singer

Depois da polêmica envolvendo a possível demissão do diretor Bryan Singer durante as gravações de Bohemian Rhapsody e das acusações de abuso sexual contra ele, muito vem sendo dito sobre o assunto. No Globo de Ouro seu nome foi evitado e sequer mesmo mencionado nos agradecimentos da equipe do filme e do ator Rami Malek ao vencerem o prêmio. Mas será que é só por causa da demissão e das acusações?

Depois de algum tempo se recusando a falar no assunto, Malek, que interpreta o cantor Freddie Mercury no filme, se pronunciou esta semana no Festival Internacional de Cinema de Santa Barbara, onde também recebeu um prêmio por sua atuação.

O ator foi questionado sobre as mais recentes acusações contra Singer. Na semana passada um artigo foi publicado alegando que o diretor teve sexo com quatro homens enquanto eles ainda eram menores de idade.

“Meu coração está junto com todos que precisaram passar por algo assim. É terrível, é absurdo que aconteça, eu entendo pelo que eles passaram e como isso deve ser difícil para eles. Na era do #MeToo isso ainda acontecer é horrível”, disse Malek.

Quando questionado sobre sua experiência pessoal com o diretor, o ator disse que não tem tocado no assunto pra não desviar o foco do filme, mas disse que não quer que ninguém sinta que não pode contar sua história:

“Eu sentei aqui e falei sobre como todo mundo merece voz e qualquer um que queira falar sobre o que aconteceu com Bryan Singer deve ser ouvido. Sobre minha situação com Bryan? Não foi agradável, nem um pouco. E isso é tudo o que eu posso dizer agora.

Malek ficou visivelmente emocionado durante a entrevista e após uma pausa em que foi aplaudido, continuou:

Pra qualquer um que procure um lado bom nessa história, Singer foi demitido. E acredito que ninguém esperava por isso, mas eu achei que deveria acontecer e ele foi demitido.

Bryan Singer foi demitido antes que Bohemian Rhapsody fosse terminado, mas sob a alegação de que não aparecia nos sets de gravação. O diretor negou as acusações de abuso sexual e Malek disse anteriormente que não estava ciente das acusações anteriores antes de aceitar o papel.

Singer foi acusado em 2017 de ter abusado sexualmente um rapaz de 17 anos em 2013, obrigando-o a fazer sexo com ele em um iate. O diretor nega.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s