Bruno Devides lança registro ao vivo em comemoração aos 18 anos de carreira musical. Leia nossa entrevista exclusiva

Músico desde criança, Bruno Devides começou a carreira profissional aos 17 anos nos bares de Londrina e região. Hoje, completando 18 anos de carreira, registrou em áudio e vídeo a comemoração, que resultou no álbum Já faz, gravado no último mês e já disponível nas plataformas digitais.

O terceiro álbum do cantor traz um som alegre, praiano, que remete a um delicioso luau na praia, com muito pop, reggae e MPB. Tudo embalado pela voz incrível de Bruno, que mais uma vez demonstra ser um músico de talento como poucos na música brasileira e que está prontinho para estourar.

Leia nossa entrevista com Bruno Devides e acesse o disco Já Faz no Spotify (em breve também no Youtube):

Pausa Dramática: Por que, depois de quase 20 anos de carreira, lançar um disco ao vivo?

Bruno Devides: Em 2013, gravei um álbum promocional de uma choperia (Lupulus Londrina) que trabalho, dia 22 de Dezembro teremos um show de 10 anos de parceria, será beneficente. Esse álbum, foi gravado ao vivo.. o resultado foi incrível… E desde então, eu quis fazer o mesmo, mas com imagens também… Agora surgiu a oportunidade, junto com os 18 anos de carreira, achei que seria um modo bacana de comemorar…

Pra você, quais foram os maiores desafios deste registro, tanto com relação a áudio quanto a vídeo, já que o show também estará disponível no Youtube?

O maior desafio foi a ansiedade…kkkk minha agenda é muito corrida, não tive tempo de descansar ou me concentrar como deveria para o show, juntando a ansiedade, acabei ficando sem voz… Pensei em refazer o áudio todo no estúdio, mas depois de ouvir, senti na minha voz, a felicidade e ansiedade que estava, toda energia que senti no momento, os produtores concordaram, e resolvemos manter assim… Totalmente ao vivo… Sem edições… Neste show, todos poderão ver e ouvir, o que eu realmente sou…

Você construiu a carreira se apresentando em bares e restaurantes. Consegue dizer os lados positivos e negativos deste trabalho?

Sim, foi em bares e restaurantes, o ponto positivo, é que me deu experiência, dinheiro, repertório, e também, aprendi a lidar com todo tipo de “gente”…rs. Os pontos negativos é o cansaço, a falta de valorização e tudo o que perdemos de viver… Pois trabalhamos quando todos se divertem… Os amigos e família, acabam ficando sempre pra depois, mesmo não sendo minha vontade…

Você começou muito cedo. Já se imaginou ou tentou seguir outra profissão? Qual? Por que voltou pra música?

Já tentei algumas outras profissões…rs fiz curso de cabeleireiro, mas não tenho talento, fiz medicina chinesa, tive minha clínica própria por um tempo, mas não consegui conciliar com a música, então a acupuntura virou um hobby… Sim.. meu hobby é inserir agulhas nos amigos, família e namorado….kkkk depois fiz gastronomia, amo cozinhar… Fui chefe do Terraço Restaurante em Cambé PR por 5 meses… Mas também não consegui deixar a música, ela sempre fala mais alto.

Como você vê o mercado fonográfico hoje com a ascensão do funk e o streaming? Acha que o streaming facilitou ou dificultou o trabalho dos músicos?

Funk não é meu estilo de música, mas é só tomar uma tequila, que já começo a dançar…kkkk acho que todo estilo tem seu lugar e momento… Sobre streaming, acho que facilita… Hoje não precisamos sonhar com uma gravadora… Com um empresário… Ficou mais fácil divulgar um trabalho independente… Acho democrático… você escuta o que você quer… E não o que a mídia faz você ouvir até gostar…

Você traz composições inéditas de amigos e covers no disco ao vivo. Por que não canções autorais? O que estas músicas de amigos significam pra você?

As composições de amigos, marcaram muito uma época muito legal da minha vida, enquanto morava em São Paulo, por isso elas estão neste registro… Tenho poucas composições, e a muitos anos não componho, por problemas pessoais… No próximo álbum trarei músicas autorais novamente.

O show ao vivo é um marco da carreira. Quais os planos pro futuro?

Esse show é um marco, os planos são viajar com o novo show… Levar minha música para o maior e mais variado número de pessoas que eu puder… E já estou pensando em um próximo álbum, também ao vivo, sem edições (que hoje em dia praticamente não existe, é tudo muito editado, muito tratado, muito disfarçado…) Com canções inéditas e próprias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s