O ramo de influencer faz sucesso diante da epidemia

Para que a pandemia não abale todos os negócios, o ramo de influenciar pessoas é uma ótima opção

Todos nós, direta ou indiretamente, influenciamos pessoas e somos influenciados por elas. O mundo hoje está cada vez mais digital; todas as escolhas que são feitas podem acabar nas mídias sociais; portanto, cuidado, pois, tudo poderá ser usado contra você amanhã nos tribunais da vida… O problema se torna maior para aqueles que são profissionais e utilizam as redes sociais como meio  de trabalho. Os influencers, como são chamados, influenciam um público a pensar, consumir e usar o que for oferecido e, para que isso seja efetivo, eles constroem uma autoridade moral, uma referência na área de atuação. A palestrante, professora de oratória e Analista Comportamental Sirley Machado explica melhor: “Todos aqueles que conseguirem se tornar influencers, ainda mais em tempos de pandemia, garantirão sucesso nas posições pessoais, sociais e profissionais. As mídias sociais e digitais estão carentes influencers que têm competência e certeza do que falam, que não possuem ‘achismos’ e são coerentes em sua postura”. A professora dá algumas dicas para aqueles que querem se jogar no mundo digital e se tornarem grandes influenciadores: Ser uma pessoa que saiba presentear, assim como é presenteado – seja recíproco com aqueles que está influenciando, seja prestativo e de bom coração na realização de seus atos. O comprometimento com o público é essencial – mostre a eles que você estará lá quando precisarem, no caso de dúvidas ou necessidade de uma conversa aberta; seja coerente com seus princípios e caminhe de forma ética, sempre respeitando a todos. Tenha responsabilidade com aqueles que cativa – o reconhecimento social é importante, mas você pode obtê-lo de forma justa; não passe por cima de outros só para se beneficiar; a cultura do cancelamento pode acabar chegando em você. O processo de Coaching pode ajudar também – o estudo do desenvolvimento pessoal é importante para que você saiba quais são suas qualidades, o que precisa e pode melhorar, e o que deixar de lado. Os cursos de Comunicação e Oratória Assertiva e Comunicação Não-Violenta fazem com que você não passe vexame diante um grande público, e saiba exatamente o que falar para que eles te ouçam de verdade. Sirley finaliza: “Estas dicas farão de você um grande influenciador e profissional da área. Como diz Eduardo Galeano, ‘Somos o que fazemos, mas somos principalmente o que fazemos para mudar o que somos’; leve esta frase poderosa para o início dessa nova caminhada”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: