10 produções para entender a luta pelos direitos LGBT

No mês de junho comemoramos o dia do orgulho LGBT (você pode ver AQUI o porquê disso).

Então preparamos uma lista com 10 produções que mostram a luta histórica por direitos LGBT pra você compreender um pouco mais do movimento e perceber que, não fosse muita gente dar sua cara a tapa e até mesmo sua vida, não estaríamos como estamos hoje.

LEIA MAIS: 25 filmes LGBT que todo mundo deveria ver

milk

Milk: A Voz da Igualdade (2008)

A história real de Harvey Milk e sua luta pelos direitos gays nos Estados Unidos e sua conquista como o primeiro político abertamente gay eleito na Califórnia. Dirigido por Gus Van Sant, rendeu o Oscar de melhor ator para Sean Penn e de melhor roteiro original, além de outras seis indicações, incluindo melhor filme.

Pride film still

Pride (2014)

Um grupo de ativistas gays no Reino Unido decide ajudar uma pequena cidade de mineiros no início da década de 80. Lutando contra o preconceito, eles irão ajudar na luta política dos trabalhadores enquanto batalham também pelos próprios direitos. Indicado ao Globo de Ouro de melhor comédia ou musical.

Leia nossa resenha

the normal heart

The Normal Heart (2014)

A luta de um grupo de homens para evitar a erradicação da AIDS no começo dos anos 80 é nada menos que um soco na cara do espectador. É impossível terminar o filme e não ficar com uma sensação de impotência apertando o estômago, uma sensação de “e o que EU estou fazendo para melhorar o mundo?”, por menos ativista que você seja.

Leia nossa resenha

Pose (2018)

Na série Pose, que se passa em Nova York no ano de 1986, Blanca (Mj Rodriguez) abriga pessoas LGBT que foram expulsas de casa pelo preconceito. A época marca a ascensão da cultura de luxo nos Estados Unidos e o surgimento de bailes LGBT, com transexuais e drag queens como protagonistas da cena.

Sob direção de Ryan Murphy, a série também conta com Evan Peters, Kate Mara, Billy Porter e JamesVan Der Beek no elenco.

Cena do filme "Stonewall – Onde o orgulho começou"  — Foto: Divulgação/Divulgação

Stonewall – Onde o orgulho começou

O filme de 2016, do diretor Roland Emmerich, conta a história do adolescente Danny Winters, que é expulso de casa e começa a descobrir novas ideias políticas e as dificuldades da vida adulta, com a Revolta de Stonewall como pano de fundo.

Tom Hanks e Denzel Washington em cena do filme "Filadélfia" — Foto: Divulgação/Divulgação

Filadélfia

O longa de 1993 deu o primeiro Oscar para Tom Hanks ao contar a história de um advogado que é recém-contratado por uma grande firma de advocacia da Filadélfia. Mas ele descobre que é portador do vírus HIV, e é despedido. O filme mostra a luta deste advogado ao processar a companhia por preconceito enquanto lida com os efeitos da AIDS.

O filme também ganhou a Oscar de melhor canção por “Streets of Philadelphia”, de Bruce Springsteen.

The Life and Times of Marsha P. Johnson (2012) 

Este documentário relata a vida e a morte da lendária ativista trans Marsha P. Johnson, uma das verdadeiras líderes que atuaram na Revolta de Stonewall. O filme está disponível na Netflix. 

Strike a Pose (2016)

Neste documentário, conferimos os depoimentos dos dançarinos que acompanharam Madonna na turnê Blond Ambition Tour, na década de 1990. Além de contarem como era ser gay na época, também falam sobre como a própria rainha do pop influenciou e ajudou ativistas LGBT. 

Paris is Burning (1990)

Este documentário deu origem ao culto à cultura drag de Nova York dos anos 1980, juntamente com a música “Vogue” de Madonna. O filme é relevante até hoje por conta da repercussão de programas como “Rupaul’s Drag Race”.

Larte-se (2017)

Com entrevistas comandadas pela jornalista Eliane Brum, este documentário mostra uma conversa nua e crua com a cartunista Laerte, que passou quase 60 anos se expressando e sendo identificada como homem, até que decidiu revelar e abraçar completamente sua verdadeira identidade de gênero.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: