Pessoas com mais de 50 anos aprendem inglês em casa com aulas remotas

Desde as primeiras notícias que surgiram a respeito do coronavírus a preocupação da Forever Young50+ foi com a segurança dos seus alunos. Com a maioria dos seus alunos fazendo parte do grupo de risco por já terem mais de 50 anos, logo foi necessário reunir professores e alunos para falar da nova realidade: que as aulas seriam feitas a partir da internet.

Estava lançado o desafio de fazer pessoas que nunca tiveram esse tipo de aula antes se adaptarem ao ensino remoto. Embora o celular já faça parte da vida de todos e seja usado especialmente para falar com familiares e amigos, agora também será usado para conversar com o professor e os colegas de sala, tudo na segurança de casa.

Após contato com todos os alunos ensinando como acessar as aulas, como usar o computador, tablet ou celular para se conectar, as aulas retornaram com o professor ensinando de casa através de videoconferência.

“Notamos em todos eles uma vontade enorme de aprender, de estar atualizados e o desafio posto pela pandemia foi um grande aprendizado, pois a partir de agora se sentem mais à vontade pra usar as ferramentas que a tecnologia coloca à disposição”, diz Simone Carnio, diretora da Forever Young.

Com as aulas online não só foi dado continuidade ao ensino do idioma, como foi mantida a rotina dos alunos e a socialização através das reuniões remotas onde se divertem tendo aulas de conversação ou de leitura de livros. Alguns chegam a ter 5 horas de reunião por semana.

“A aceitação foi enorme e alguns dizem que não veem muita diferença das aulas presenciais, além de podermos trabalhar com todos os recursos que a internet oferece, como música, filmes e vídeos”, diz Marcos Coelho, um dos professores da Forever Young.

Outra vantagem das aulas, segundo Marcos, é que elas são sempre gravadas e disponibilizadas aos alunos para reverem ou para aqueles que não puderam estar presente no momento da aula.

Não só as crianças, adolescentes ou universitários então tendo aulas remotas, mas também pessoas com mais de 50 anos, que pela primeira vez estão vendo o professor pela tela do celular ou do computador.

Sobre a Forever Young:

O projeto Forever Young 50+ tem como objetivo o aprendizado de um novo idioma, através da interação social, buscando estimular a memória e o convívio para trocas de experiências, pois acreditamos que é assim que o aprendizado ocorre.

Criado por uma educadora com formação pedagógica, palestras e atividades extraclasse permeiam a grade curricular, sem esquecer a personalização e o foco no cliente, que nos difere de outros métodos de ensino.

Acesse o Facebook

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: