Bemti lança edição especial de seu primeiro disco com 5 faixas bônus

O primeiro disco de Bemti, “era dois”, colocou o mineiro em várias listas de melhores lançamentos de 2018 (Rolling Stone Brasil, Tenho Mais Discos Que Amigos, Jornal O Povo, etc) e rendeu uma turnê que passou por 9 estados e 3 países (inclusive festivais como o Bananada e o Timbre). 

Durante o mês de Março, uma turnê acústica, que acontecia no Nordeste, foi interrompida devido à pandemia do Covid-19 e, por isso, importantes shows de encerramento desse ciclo, que aconteceriam em Abril e Maio (no estado de São Paulo e em Portugal) foram cancelados.

Do planejamento inicial, se manteve a ideia de lançar uma edição especial do primeiro disco, com 5 faixas extras, para celebrar esses dois anos de estrada.  O disco “era dois 20,20” (lê-se vinte vinte) chega num momento em que Bemti se prepara para gravar o segundo disco, que foi selecionado pelo edital Natura Musical, intitulado “LOGO ALI”. 

Ouça aqui: https://ditto.fm/eradois-2020

Com participações especiais dos quatro cantos do Brasil – Johnny HookerTuyoNatália Noronha (Plutão Já Foi Planeta), Marisa Brito e Fernanda Kostchak (Vanguart) – Bemti criou o disco “era dois” usando a viola caipira de 10 cordas como base de um som diverso que ele apelidou de “queer-synth-folk”. O disco foi elogiado principalmente por sua originalidade sonora e a densidade emocional de suas letras e temáticas, um ponto de vista abertamente gay, mas de identificação universal. A produção é do multi-instrumentalista goiano Luis Calil, líder das bandas Cambriana e Ara Macao.

As faixas bônus são “Vira Sol”, lançada como single no último dia 15 de Maio e gravada especialmente para essa edição. “S.O.S.”, versão de uma canção de Guilherme Arantes sobre solidão, transformada numa “trilha de ficção científica” com o choque entre viola caipira e sintetizadores.

Outro (DJ Nato_PK Remix)”, remix inédito da faixa já conhecida, que tem participação da banda Tuyo; “Eu te Proíbo de Ter Esse Poder Sobre Mim (CyberKills Remix)” e “Tango feat. Johnny Hooker (Ara Macao Forró Remix)”, dois remixes lançados em 2019 e que foram bem celebrados pelo público de Bemti.  

O artista conta que: “Eu tinha muita expectativa para os shows de encerramento da turnê do ‘era dois’: os shows de São Paulo seriam particularmente especiais e os de Portugal seriam minha primeira vez tocando por lá. Sempre recebi muitas mensagens positivas de portugueses que gostaram do disco. Mesmo sem os shows, acho forte a simbologia de celebrar esse encerramento do ciclo lançando essa edição especial do ‘era dois’ e com as lives que eu tenho feito. Já estou muito empolgado com as novas músicas pro segundo disco mas também estou animado em poder celebrar um primeiro disco que me deu tantas alegrias antes de dizer ‘tchau’ pra essa fase”, declara.

Desde março, Bemti tem participado de festivais online como Fico Em Casa, Hyperpop, Brasileiríssimos; além de lives em parceria com Castello Branco, entrevista com Pedro Antunes, entre outros.

Formado em Audiovisual pela USP, Bemti participou ativamente da produção dos 4 clipes que saíram do disco “era dois” (Gostar de Quem, Tango, Outro e Eu te Proíbo de ter Esse Poder Sobre Mim) e prepara pro mês de Junho o lançamento de vários materiais visuais inéditos para as outras músicas do disco. A maioria serão videoclipes feitos a partir das projeções usadas na turnê e produzidas pelo próprio Bemti e pelo artista visual Fabrício Lima, que já fez clipes para artistas como Emicida, Erasmo Carlos entre outros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: