35 curiosidades para comemorar 35 anos de ‘De Volta Para o Futuro’

Hoje um dos maiores clássicos dos anos 80 completa 35 anos de estreia nos EUA. Lá, De Volta Para o Futuro estreou em 3 de julho de 1985, mas no Brasil ele só chegaria em novembro do mesmo ano.

Quando o filme completou 30 anos em 2015 já fizemos um post com curiosidades. E já comemoramos também com um post especial com 40 papéis de parede para celular dos filmes e uma volta para o passado para ver como estava o mundo quando o primeiro filme foi lançado. Você também pode conferir quais as previsões de DVPF2 para 2015 que se concretizaram ou não.

De Volta Para o Futuro está disponível na Netflix.

Vamos dar uma olhada em 35 curiosidades sobre o filme?

1. Custo de produção

“De Volta Para o Futuro” custou apenas US$ 19 milhões de dólares para ser produzido.

2. Estreia

O filme estreou em uma quarta-feira e fez US$ 11 milhões no primeiro final de semana de exibição nos EUA.

3. Arrecadação

O primeiro filme foi o campeão de 1985 nas bilheterias norte-americanas, faturando US$ 210 milhões. Em todo o mundo, foram US$ 380 milhões arrecadados.

4. Estreia no Brasil

O filme levou quase seis meses para aportar em terras tupiniquins: estreou apenas no Natal de 1985!

5. Oscar

O filme venceu na categoria de melhores efeitos sonoros, mas também foi indicado a melhor roteiro original, melhor som e melhor canção (por “The Power of Love”).

6. Globo de Ouro

Em outra premiação importante, a do Globo de Ouro, “De Volta Para o Futuro” foi indicado em quatro categorias: melhor filme (comédia/musical), melhor ator (comédia/musical), melhor canção e melhor roteiro.

7. Eric Stoltz como Marty McFly

O ator chegou a gravar durante um mês, mas acabou demitido do papel e suas cenas tiveram que ser refeitas com Michael J. Fox.

Eric Stoltz como Marty McFly

8. Ralph Macchio recusou o papel principal

E o intérprete do Karate Kid que recusou o papel de Marty McFly? Pois é, Ralph Macchio deve se lamentar até hoje.

9. John Litgow recusou o papel de Doc Brown

Mas se arrependimento matasse, Ralph Macchio não seria o único. John Litgow tinha outros compromissos, e o papel do lunático inventor foi parar nas mãos de Christopher Lloyd.

10. Idade dos atores

Michael J. Fox é apenas dez dias mais novo que Lea Thompson, que interpreta sua mãe no filme. Além disso, ele é três anos mais velho que o ator que faz seu pai, Crispin Glover!

11. Máquina do tempo

Antes de escolherem o DeLorean como o veículo da viagem no tempo, os produtores do filme cogitaram até mesmo uma geladeira nas primeiras versões do roteiro. Porém, eles ficaram com medo que as crianças brincassem de viajar no tempo em casa e acabassem trancadas nos refrigeradores.

12. DeLorean

O carro com portas que abrem para cima é de uma fabricante irlandesa e teve apenas 9 mil unidades produzidas. Acredita-se, porém, que ainda existam cerca de 6,5 mil espalhadas pelo mundo.

13. Energia e velocidades necessárias para viajar no tempo

A viagem no tempo ocorre quando o DeLorean atinge 141 km/h depois que o capacitor de fluxo libera 1,21 gigawatts por fissão nuclear.

14. Participação especial

Sabe quem é o professor que rejeita a banda de Marty McFly? Huey Lewis, autor do tema principal do filme.

15. Música mais tocada

“The Power of Love” chegou a ficar em primeiro lugar na Hot 100 da Billboard.

16. Homenagem a Kubrick

O grande gênio do cinema é homenageado pelos produtores em uma cena que Marty McFly conecta sua guitarra em um amplificador no laboratório do Doc Brown. Ao fazer isso, aparece um letreiro com CRM 114. As letras são o nome do decodificador que aparece em “Doutor Fantástico” e os números se referem ao código de exploração de Júpiter em “2001 – Uma Odisseia no Espaço”.

17. Homenagem a Spielberg

Em uma cena de 1955, aparece um cinema que está exibindo os filmes “A Boy’s Life” e “Watch the Skies”. Trata-se de dois títulos iniciais de filmes de Steven Spielberg, que é um dos produtores da obra: “E.T. – O Extraterrestre” e “Contatos Imediatos de Terceiro Grau”.

18. Homenagens a clássicos da ficção científica

Apesar de haver uma certa rivalidade entre os fãs de “Star Wars” e “Star Trek”, a homenagem às duas sagas é uma unanimidade. Em 1955, Marty McFly se apresenta como Dart Vader ao seu pai para convencê-lo a ir ao baile e, de quebra, faz a saudação vulcana.

19. Mesmo cenário

Você já teve a sensação de ter visto a rua principal do filme em alguma outra produção? Pois você está certo: o cenário foi compartilhado com “Gremlins”, de 1984.

20. De volta ao passado

No primeiro filme, McFly retorna a 5 de novembro de 1955 – mesma data da viagem no tempo de “Um Século em 43 Minutos”, de 1979.

21. Marty McFly muda o futuro

Marty se escontra com Doc Brown no estacionamento do shopping Twin Pines (Pinheiros Gêmeos). Brown explicado que o estabelecimento havia sido construído em uma antiga fazenda que tinha duas árvores juntas. Ao voltar no tempo, em 1955, McFly se choca com o DeLorean em uma das árvores e ao retornar a 1985 descobre que agora o shopping se chama Lone Pine (Pinheiro Solitário).

Antes e depois

22. Erro de timing

O filme contém alguns erros de timing. Marty encontra sua família em novembro de 1955 assistindo a um episódio do seriado “The Honeymooners” que só passou um mês depois! Além disso, a guitarra Gibson ES-345 que ele usa para tocar no baile só foi produzida em 1958.

23. Cachorro de verdade?

Você se lembra que Doc Brown coloca um cachorro dentro do DeLorean para testar a viagem no tempo? Pois então: nas cenas à distância, trata-se de uma pessoa fantasiada de cachorro! Só vemos um cão de verdade quando a cena é em close.

24. Chimpanzé

Originalmente, o animalzinho de estimação de Doc Brown não era um cachorro, mas um chimpanzé.

25. Palíndromo

O nome completo do cientista é: Doc Emmett Lathrop Brown e esconde algumas brincadeiras. Lido de trás pra frente, Emmett fica parecido com “time” (“tempo”, em inglês), e Lathrop forma a palavra “portal”.

26. Skate com especialista

O esporte não era muito popular quando o filme foi gravado, mas os produtores tiveram a ajuda de um cara que viria a se tornar uma lenda do skate: Tony Hawk. Além dele, Per Welinder, campeão europeu da modalidade, também é consultor do filme.

27. Playboy

Quando o primeiro filme passou na televisão norte-americana em 1990, ele continha uma cena bônus: Doc Brown aparece folheando uma Playboy daquele ano.

28. Calvin Klein

Marty McFly usa o nome do famoso estilista ao viajar para 1955 – Calvin Klein já era famoso nos anos 80.

“Está escrito na sua cueca”

29. Pendurado na torre

No início do filme, aparece uma miniatura da torre do relógio com um homem pendurado nela. No final do filme, descobrimos que Doc Brown fica pendurado no relógio.

30. Continuações

Enquanto filmavam a continuação, que se passaria em 1885, os produtores acharam que tinham material para dois filmes. Assim, a primeira ideia de continuação virou a terceira parte da trilogia, e o segundo filme se passa no futuro: justamente no ano em que estamos vivendo, 2015.

31. Cena cortada

Uma cena filmada, mas deletada na edição final do filme, mostrava Marty McFly vendo sua mãe colando numa prova na escola.

32. Reutilizando objetos do dia-a-dia

O “Mr. Fusion Home Energy Converter”, instalado no Delorean já no final do filme, foi construído a partir de um moedor de grãos de café, entre outros objetos.

33. Primeira colaboração entre Fox e Zemeckis

Este é o 1º de 4 filmes em que o diretor Robert Zemeckis e o ator Michael J. Fox trabalharam juntos. Os demais foram De Volta para o Futuro 2 (1989), De Volta para o Futuro 3 (1990) e Os Fantasmas de Scrooge (2009).

34. Marty seria mais sombrio

Em uma das primeiras versões do roteiro, o roteirista e produtor Bob Gale disse que “[Marty] estava tão deprimido por causa de sua vida bagunçada, que iria cometer suicídio”. Isso foi tirado como parte de uma tentativa de tornar o filme mais divertido.

35. O filme tem um selo de aprovação presidencial

O filme tem uma pequena piada interna sobre a possibilidade de Reagan tornar-se presidente dos Estados Unidos, na cena em que a versão jovem do Doutor Brown não consegue acreditar que o ator um dia poderia ser comandante do país. Em vez de se ofender, Reagan se divertiu tanto com a cena que pediu ao seu projecionista que a exibisse de novo.

Reagan ainda citou o filme em 1986, em seu discurso no Congresso dos EUA: “Como dizem no filme De Volta para o Futuro, ‘Aonde nós vamos não precisamos de estradas'”.

VIA

Um comentário em “35 curiosidades para comemorar 35 anos de ‘De Volta Para o Futuro’

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: