Resenha do Site #OscarEdition – Inside Llewyn Davis: Balada de Um Homem Comum

insidellewyndavis_3Muita gente confunde um filme musical com um filme com música. São coisas diferentes. Chicago, Moulin Rouge, Hairspray, Dreamgirls e Mamma Mia são musicais. The Wonders, Somos Tão Jovens, Dois Filhos de Francisco, Cadillac Records e The Runaways são filmes sobre e com música. Num musical as canções interagem com o filme, ajudando a contar a história sem fazer parte da vida de ninguém e são cantadas na escola, na praia, no quarto, na prisão, na rua, na chuva, na fazenda… Num filme sobre música, elas fazem parte da vida dos personagens, são cantadas por eles em palcos ou em estúdios de gravação. Poucos são os filmes que incluem as duas facetas, como Hedwig, onde as canções interpretadas tanto fazem parte do show como contam a história do personagem. Inside Llewyn Davis: Balada de Um Homem Comum se encaixa na segunda categoria: a dos filmes com música. Muita gente chama de musical, mas não é.

Llewyn, interpretado na medida certa por Oscar Isaac (de Sucker Punch e W.E. O Romance do Século) é um cantor e instrumentista de música folk. Desiludido com seu empresário, ele vaga de um sofá a outro na casa de amigos ou parentes enquanto procura um lugar para mostrar sua música e tentar fazer sucesso. Chegou a gravar um disco com um parceiro, mas após o suicídio deste último não lhe resta muito a não ser tentar sozinho. Llewyn tem bons amigos, como a dupla Jim e Jean (interpretados por Justin Timberlake e Cary Mulligan – menos doce que de costume), que já têm um certo sucesso no pequeno circuito de bares. Ao longo da trajetória do filme, no entanto, ele vai encontrando gente nova que poderá ou não lhe dar uma força em seu caminho.

Pintado numa Nova York em tons de marrom e cinza, num inverno pesado nos anos 60, nós acompanhamos uma semana na vida de um homem disposto a perseguir seu sonho. Mesmo que pra isso precise passar fome ou frio. Ou que às vezes tenha que fazer coisas que não lhe agradam necessariamente: Llewyn pega carona, conversa com empresários gananciosos, dorme no chão e corre em busca de um gato perdido. Em seu desespero por tocar (e por dinheiro), ofende quem lhe ajuda e recomeça do zero.

Joel e Ethan Cohen parecem passear com destreza entre o drama e a comédia. Não raro ficando no meio do caminho. Comédias rasgadas como Matadores de Velhinhas, Queime Depois de Ler ou E Aí, Meu Irmão, Cadê Você? fazem par com dramas pesados como Onde Os Fracos Não Têm Vez, Bravura Indômita ou Um Homem Sério. Talvez o melhor filme dos irmãos Cohen até hoje, Fargo, é um dos que fica entre o drama e a comédia. Assim como Llewyn Davis. Ao celebrar a música folk, os irmãos que assinam roteiro e direção, entregam um drama leve  com pinceladas de comédia retratando a vida de um músico em busca do sucesso, um músico apenas mediano, sem nenhum talento extraordinário.

Quando as primeiras listas de prováveis indicados ao Oscar começaram a pipocar, Inside Llewyn Davis aparecia em quase todas elas. Aos poucos outros filmes foram tomando seu lugar e na reta final acabou recebendo apenas duas indicações: fotografia e mixagem de som. E é bem provável que não ganhe nenhuma, já que as duas categorias já tem favoritos. Apesar disso, é um filme bom, fácil de ver (como nem sempre são os filmes dos irmãos Cohen) que chega a dar um certo alívio e conforto diante de tanto barulho que ouvimos no cinema atualmente. A música folk, que voltou a fazer sucesso com bandas como Mumford and Sons, Of Monsters and Men ou Beirut, e que está no imaginário coletivo com nomes como Simon & Garfunkel ou Carpenters, agrada fácil aos ouvidos e como diz o protagonista: nunca é novidade e nunca envelhece. Nas vozes doces de Oscar Isaac, Carey Mulligan e Justin Timberlake agrada tanto quanto. E acaba por contribuir para que Inside Llewyns Davis se torne um filme praticamente atemporal e seja, não apenas a “Balada de um Homem Comum”, mas uma balada gostosa de assistir que retrata este homem obstinado, ainda que perdido, correndo atrás de seu sonho.

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s