Resenha do site: Mesmo Se Nada Der Certo

mesmosenadadercertoHá oito anos o diretor e roteirista John Carney deslumbrou o mundo do cinema com um filme pequeno e despretensioso que acabou angariando uma multidão de fãs e de quebra um Oscar de melhor canção (afinal era disso que o filme tratava). Falling Slowly embalava o quase-romance de ‘Apenas Uma Vez’ e agradou tanto quanto o filme em si. Sem nenhuma celebridade, nenhum nome conhecido, numa cidade estranha e se valendo “apenas” do talento de seus atores, também músicos, Carey criou uma pequena obra prima.

Agora, já um pouco mais conhecido, o diretor adiciona nomes de peso em seu elenco para ‘Mesmo Se Nada Der Certo’: Keira Knightley, Mark Ruffalo e Adam Levine (sim, o vocalista do Maroon 5) encabeçam a lista, que ainda conta com Catherine Keener e participação especial de Cee Lo Green. A história também envolve música e músicos e acaba se tornando meio que uma segunda parte, uma sequência de ‘Apenas Uma Vez’, porém um pouquinho mais anabolizada.

Se em 2006 o filme falava de dois músicos que se encontravam na rua e passavam um tempo juntos enquanto se conheciam e cantavam, desta vez a coisa começa um pouco depois: Gretta (Keira Knightley) é uma jovem sonhadora, que compõe músicas como um passatempo. Ao se mudar para Nova York com o namorado (Adam Levine) após este fechar um contrato com uma grande gravadora como astro pop, ela se vê sozinha e desamparada. Até que um empresário falido da indústria musical (Mark Ruffalo) a descobre tocando sem querer em um bar obscuro e decide que ela será seu passaporte para um novo sucesso.

Você pode estar pensando ‘De novo essa história?’. Ok, a história pode soar batida, mas o desenvolvimento do filme é inesperado e, até mesmo, original. Carney foca no empresário para, por acaso, contar a história da cantora que “não se preocupa com a aparência, afinal música é apreciada com os ouvidos e não com os olhos”. O discurso inicial de Gretta, aliás, é sim batido. Ela quer fazer sucesso sendo como é, acredita que não precisa haver uma produção em sua aparência para que as pessoas apreciem sua música. Aos poucos, Dan (o empresário) vai convencendo-a que talvez não seja bem assim. E, no meio disso tudo, ela ainda precisa lidar com o sucesso do agora ex-namorado no mundo pop.

Mas ninguém aqui tem muito tempo para chorar por si mesmo. O lema do filme é “tocar a vida”, da forma que der. Não deu pra gravar uma musica assim? Grava de outro jeito. Não deu pra fazer a barba antes da reunião? Vai do jeito que der. Mas vai, faz acontecer. Claro que ‘Mesmo Se Nada Der Certo’ é um filme otimista, e no final as coisas sempre dão certo. Talvez não da forma convencional, mas dão.

Keira Knightley entrega uma performance sutil e sincera, enquanto Mark Ruffalo continua provando que é um dos melhores atores do momento, com seu empresário amarfanhado, bêbado e com cara de fedido, mas que mesmo assim não conseguimos não gostar. Até Adam Levine, que já tinha se arriscado como ator na segunda temporada do seriado American Horror Story convence como… bom, mais ou menos como ele mesmo, mas enfim.

‘Mesmo Se Nada Der Certo’ pode não ser tão musical quanto seu irmão mais velho. Nem tão minimalista, apesar de ainda ser um filme pequeno. Mas é um ótimo filme. Sua trilha sonora é simplesmente deliciosa com composições do próprio diretor e roteirista, além de Glen Hansard (responsável pela oscarizada Falling Slowly) e Gregg Alexander (ex-vocalista do New Radicals), e embala perfeitamente os momentos e emoções do filme. É um daqueles filmes que assim que acaba você vai atrás da trilha e não consegue mais parar de ouvir ou de cantar.

Parabéns para John Carney, que criou um filme parecido mas diferente de seu filme anterior, conseguindo manter uma segurança e um minimalismo e ainda assim criando uma obra evoluída. ‘Mesmo Se Nada Der Certo’ pode não causar o furor que ‘Apenas Uma Vez’ causou, mas é um filme tão bom quanto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: