De ‘O Cavaleiro das Trevas’ a ‘Casanova’: os 7 filmes mais importantes de Heath Ledger

No dia 4 de abril de 2015 Heath Ledger completaria 36 anos. A morte prematura do ator em 2008 (aos 28 anos) chocou o mundo e revelou o quanto um ator é capaz de se dedicar a um personagem. Ainda não se sabe ao certo o motivo da morte de Ledger, mas o fato de que o ator precisou tomar remédios para controlar o comportamento enquanto interpretava o enlouquecido Coringa é uma das certezas que permeiam as razões que levaram Ledger a nos deixar com uma overdose acidental de medicamentos.

Ledger deixou também uma filha com a atriz Michelle Williams, com quem contracenou em O Segredo de Brokeback Mountain, nascida em 2006.

Vamos dar uma olhada nos sete filmes mais importantes da carreira do ator:

10 Coisas Que Eu Odeio Em Você

10-things-I-hate-about-you

Uma das comédias românticas mais bacanas dos anos 90, a adaptação de A Megera Domada, de WIlliam Shakespeare, trazia Ledger no papel de um rebelde que recebia dinheiro para “domar” uma moça revoltada para que um conquistador pudesse sair com sua irmã. Claro que o rebelde iria se apaixonar por ela. O filme ainda apresentou a muita gente os talentos de Julia Stiles e Joseph Gordon-Levitt.

Veja as 10 adaptações mais importantes de Shakespeare para o cinema dos últimos anos

Coração de Cavaleiro

coraçãodecavaleiro

Outra comédia romântica despretensiosa, trazia Ledger no papel de um pobretão que fingia ser um cavaleiro para conquistar o respeito e o coração de uma mocinha cheia de atitude. O filme seria apenas mais um, não fosse o carisma do ator e as cenas que colocavam canções do Queen de David Bowie em plena era medieval.

O Segredo de Brokeback Mountain

brokeback mountain (1)

É impossível falar de Ledger sem falar em Ennis Del Mar e de O Segredo de Brokeback Mountain. O filme que teve oito indicações ao Oscar, incluindo melhor filme e melhor ator para o próprio Ledger se tornou um marco na filmografia moderna ao contar a história de dois cowboys que viviam um amor impossível. Foi durante as filmagens de o ator conheceu Michelle Williams, com quem se casaria e teria uma filha. O filme ganhou os Oscars de melhor direção (Ang Lee), roteiro adaptado e trilha sonora.

Veja a lista de 55 atores que já fizeram filmes baseados em quadrinhos e já ganharam o Oscar

Casanova

casanova-2005-06-g

No papel do escritor e conquistador italiano, Ledger arrasou corações nas bilheterias mundiais. O filme não teve muita repercussão, mas mostrava o ator em inúmeros romances até descobrir o amor nos braços de uma estranha de Veneza.

Os Irmãos Grimm

The-Brothers-Grimm

Ao lado de Matt Damon, Ledger encarnou Jacob Grimm, o mais inocente e ingênuo dos dois irmãos Grimm, autores de inúmeros contos de fadas como Chapeuzinho Vermelho, Branca de Neve e Rapunzel. Retratados como dois caçadores de bruxas fajutos, os irmãos acabarão por precisar enfrentar um bruxa real para salvar um vilarejo de uma maldição.

Veja a lista dos 50 atores que passaram por transformações para viver seus personagens

O Mundo Imaginário do Dr Parnassus

Andrew-Garfield-The-Imaginarium-of-Doctor-Parnassus

Último filme de Ledger, que faleceu antes de terminá-lo, conta a história de um homem que se junta a uma pequena trupe de teatro itinerante e entra em um universo totalmente novo e fantástico. Como o ator não terminou as filmagens, outros atores acabaram por substituí-lo em algumas cenas dentro do tal mundo imaginário: Jude Law, Johnny Depp e Colin Farrel foram os responsáveis por encarnar os personagens e não cobraram nada pelo trabalho.

O Cavaleiro das Trevas

heath-ledger-the-joker

Se a trilogia O Cavaleiro das Trevas se tornou o marco que é hoje no gênero dos filmes de super-herói, foi muito por conta da interpretação de Ledger do vilão Coringa. Seu personagem conseguiu superar o icônico Coringa de Jack Nicholson (da primeira adaptação de Batman para o cinema em 1989 dirigida por Tim Burton) e fez muita gente suar com o misto de loucura e sanidade com que o personagem foi retratado. Roubando a cena em todos os momentos que apareceu no filme, a interpretação rendeu a Ledger um Oscar póstumo de melhor ator em 2009, a segunda vez que isso aconteceu em toda a história da premiação. O filme também recebeu o Oscar de melhor edição de som, além de concorrer em outras seis categorias como maquiagem, direção de arte e fotografia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: