Adam Lambert + Queen no Rock in Rio: um show para entrar para a história

30 anos atrás um festival de música entrava para a história do Brasil e do mundo: a primeira edição do Rock in Rio trouxe nomes incontestáveis da música mundial aos palcos brasileiros em um evento que acabou ganhando o mundo.

Uma destas bandas era o Queen. Banda ícone do rock mundial, o Queen tinha a sua frente Freddie Mercury, ele também um ícone reverenciado até hoje.

Em 2015 a sexta edição do Rock in Rio acontece no Brasil e, novamente, traz o Queen. Porém seu vocalista faleceu em 1991 em consequência do vírus HIV. Como substituir uma figura tão importante?

A resposta veio com o segundo colocado da oitava edição do programa American Idol: Adam Lambert. O cantor que em 2009 perdeu o prêmio do reality show para Kris Allen (quem?) estourou mundialmente com o hit For Your Entertainment e desde o programa mostrava sua vocação: um glam-pop-rock poderoso, com letras fortes, voz que vai do grave para o agudo em segundos e muita, mas muita presença de palco.

adam lambert

Seu estilo vocal e sua queda para o espetáculo com certeza pesaram na decisão e em 2009 Lambert se tornou o vocalista oficial do Queen. Assim como Mercury, o cantor de 33 anos tem um talento vocal impressionante, um espírito de show de deixar qualquer um de queixo no chão e sim, também é gay assumido. Mas… mesmo com tudo isso, foi uma boa escolha?

Rock in Rio lança box comemorativo de 30 anos com regravações de clássicos do pop/rock nacional

Não poderia ter sido melhor. Difícil imaginar alguém que se encaixe mais no perfil do Queen ou que seja ao mesmo tempo mais parecido e mais diferente que Freddie Mercury. Completamente à vontade no palco do Rock in Rio, Lambert desfilou os maiores hits da banda com os dois integrantes originais (Bryan May e Roger Taylor) em parcerias com coro da plateia, com imagens e voz do vocalista original e com muita troca de roupa, dignas de uma diva que ele já é.

queen-2-2

Arriscando um “vocês são lindos”, e ouvindo o povo gritando seu nome, Lambert conquistou a plateia que em momento nenhum parecia se importar com o substituto no alto de seus saltos plataforma, e se divertiu e divertiu a todos. Incluindo uma única música sua no repertório (a nova Ghostown), o cantor e o Queen emocionaram a todos com Love of My LifeBohemian Rhapsody, com imagens de Mercury no telão.

A queda para o espetáculo de Lambert ficou clara em diversos momentos, como quando ele se deita em um divã roxo e dourado e faz caretas enquanto canta e se abana com um leque também dourado. Ou nas músicas finais, quando Lambert entra em um terno com estampa de oncinha e strass e usando uma extravagante coroa de brilhantes.

Entre faixas clássicas, a nova faixa de Adam Lambert, solos de guitarra e muito, mas muito coro da plateia, uma certeza ficou: o novo vocalista não deixou nada a desejar para os fãs saudosistas do Queen ou para os novos fãs que foram ali por causa de Lambert. Seus vocais e sua teatralidade impressionam e transformaram a apresentação de 2015, 30 anos depois da anterior, em um novo clássico.

Veja abaixo a apresentação de We Are The Champions e o show completo:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s