Resenha do site – Batman vs Superman: A Origem da Justiça

batman-vs-superman-posterQuando olhamos para a filmografia de Zack Snyder, um fato é certo: o diretor não é exatamente sutil. Watchmen,  A Lenda dos Guardiões e em especial 300 Sucker Punch são excelentes tecnicamente falando e todos extremamente exagerados. Em O Homem de Aço, este exagero foi levado ao ápice, questionando os fãs do Superman se toda aquela destruição não teria consequências. Bom, tem.

É em Batman Vs Superman: A Origem da Justiça que estas consequências aparecem. E de uma forma totalmente inesperada. Mais do que um Homem de Aço 2, o novo longa é uma introdução ao universo da Liga da Justiça no cinema. Mas para se unir, Homem de Aço e o morcego terão que se enfrentar: Batman culpa Superman pela destruição e, assim como muitos, se pergunta: devemos confiar cegamente em um alienígena tão poderoso?

O tom político é intenso no primeiro ato do filme. Discussões governamentais e consequências globais são levadas em consideração. Manifestações pública contra e a favor de Kal-El culminam em um ato que não poderá ser ignorado e, como de praxe entre os vilões do universo DC Comics, a loucura toma o lugar da sanidade criando um homem que tem em seu maior superpoder as palavras e a ambição: Lex Luthor.

Voltando para a filmografia de Snyder, podemos notar que outra característica sua é que, apesar de exagerados e artificiais, seus longas entregam cenas de batalhas cruas e físicas (lembre-se das cenas de 300Sucker Punch). O que não é diferente aqui. A sensacional sequência do embate entre Batman e Superman é visceral, quase dá pra sentir socos, chutes e arremessos e, quando ela acaba, percebemos que estivemos o tempo todo prendendo a respiração.

Talvez esta seja a maior diferença entre o longa de Snyder e os filmes do universo Marvel: conseguimos perceber aqui, apesar dos superpoderes e efeitos, uma “realidade” que nos filmes do Thor, Capitão América e Homem de Ferro somente é ensaiada. Achamos tudo aqui bastante verdadeiro, enquanto lá tudo parece um cartoon que ganhou vida.

Muito questionado, o novo Batman/Bruce Wayne não deixa absolutamente nada a desejar com relação aos seus antecessores. Aliás, é simplesmente impossível comparar. Batman passou por dois estágios bem distintos no cinema: a fantasia iniciada por Tim Burton e encerrada (e enterrada) por Joel Schumacher (1989-1997) e o drama pessoal e policial de Christopher Nolan (2005-2012). Aqui, o homem morcego embarca numa ópera rock épica de proporções nunca vistas.

Quando Mulher-Maravilha finalmente aparece em cena em carne, osso e armadura, já estamos extasiados e a vontade é levantar e aplaudir. Assim como Henry Cavil e Ben Affleck, Gal Gadot veste o uniforme de forma impecável e monta com os dois heróis um time que esperamos desde o renascimento dos filmes de super-heróis no cinema para ver juntos.

Se existe um problema com o longa, ele atende por um nome: Jeremy Irons. Aparentemente ninguém avisou o ator que ele não estava em uma adaptação de Shakepeare e seu Alfred declama suas falas com uma entonação totalmente fora de contexto. Sim, Alfred é empertigado, a gente sabe, mas seus argumentos vem sempre recheados de tons moralistas, ao contrário das falas de Irons, que mais parecem um teatrão empostado e destoam completamente do tom do filme: todos parecem estar se divertindo em seus personagens, exceto ele. Mas isso não chega a atrapalhar o todo.

Snyder está se construindo um diretor característico: é possível em Batman Vs Superman notarmos ecos de  300, Sucker Punch e até mesmo Watchmen. Até mesmo O Cavaleiro das Trevas tem seus momentos.

E assim o caminho foi aberto para o longa da Liga da Justiça, que virá no ano que vem. Batman Vs Superman tem sua dose de drama? Sim. Tem teor político? Também. Mas tem, acima de tudo, um time de super-heróis de primeiro escalão e alguns dos personagens mais conhecidos de todos os tempos em um filme vibrante, denso e com diálogos de primeiríssima qualidade. Batman Vs Superman: A Origem da Justiça é, em resumo, o filme de super-herói que você esteve esperando a vida toda para ver. E isso não é exagero.

Anúncios

11 comentários sobre “Resenha do site – Batman vs Superman: A Origem da Justiça

  1. Roberta Lurnel Gonçalves disse:

    Gostei muito do Jeremy Irons, achei ele bem no tom do filme. E o Ben Affleck se saiu melhor do que alguns de seus antecessores.
    É um ótimo filme, mas confesso que fiquei mais empolgada com os trailers (X-Men e Guerra Civil). Rs
    Beijo grande

  2. Roberta Lurnel Gonçalves disse:

    Só ficou faltando aparecer o Lanterna Verde e o Caçador. Os demais já deram uma palhinha.

    Ah! E na minha sessão houveram gritos naquele momento onde a Diana entra em ação! Rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s