Diretores afirmam que “as chances são fortes” de um personagem LGBT no Universo Cinematográfico da Marvel

Em entrevista ao Collider, Joe Russo, um dos diretores de Capitão América: Guerra Civil, afirmou que o Universo Cinematográfico da Marvel pode ganhar personagens LGBT em breve:

“Acho que as chances são fortes. Quero dizer, é uma incumbência para nós, como contadores de histórias que estão fazendo filmes de sucesso, de fazer isso com a maior diversidade possível. É triste como Hollywood fica para trás das outras indústrias de forma tão significante, primeiro porque você imagina que terá uma indústria sempre se desenvolvendo, e, segundo, por ser uma indústria com tanta visibilidade. Então, acho que é importante que nós continuemos forçando por mais diversidade em todas as frentes possíveis, porque aí a narrativa fica mais interessante, mais rica e mais verdadeira”.

Avengers-Age-of-Ultron-16

“Há uma filosofia na Marvel, que o sucesso faz correr riscos ser algo mais fácil. Existem muitas ideias pouco convencionais em Guerra Civil em termos de expectativas sobre um filme de super-heróis, mas acho que conseguimos fazer isso porque O Soldado Invernal funcionou e a Marvel tem funcionado de um modo geral, então tem muito mais ousadia em termos do que você pode fazer e até onde consegue ir. Acho que isso é muito esperançoso para nós continuarmos cada vez mais ousados nas nossas escolhas”, completou Anthony Russo.

É sempre bom lembrar que a Marvel nunca teve medo de correr estes riscos nos quadrinhos, indo de encontro com preconceituosos. Hoje, tanto Homem-Aranha quanto Capitão América são negros nas HQs, Hulkling e Wiccanno, membros vitais dos Jovens Vingadores, são tão populares entre os gays que eles já são símbolo do que é o amor gay entre os nerds (gays). Nas séries, Jessica Jones Agents of SHIELD, já trouxeram personagens gays também. Estrela Polar (um dos grandes membros dos X-Men) também é homossexual assumido. Não há preconceito entre os X-Men, todos o reconhecem pelo que ele realmente é: um grande e poderoso aliado.

E para os preconceituosos de plantão fica a pergunta: vocês nunca pensaram que um super-herói é apenas uma metáfora para o diferente, o excluído e os que sofrem preconceito? Assista novamente X-Men: O Confronto Final e se pergunte: era mesmo sobre o preconceito contra mutantes que eles estavam lutando? Era mesmo uma cura para o “gene mutante” que alguns buscavam? Think again.

Capitão América: Guerra Civil está em cartaz nos cinemas nacionais. Os irmãos Russo também vão comandar as duas partes de Vingadores: Guerra Infinita (que terá seu título alterado), que serão filmadas juntas e chegam aos cinemas em 3 de maio de 2018 e a segunda e 2 de maio de 2019.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s