Resenha do site – Todo Dia

todo dia posterCom o recente crescimento dos romances adolescentes nas livrarias era apenas consequência natural que eles logo chegassem às telas de cinema. Depois de longas adaptados de livros como A Culpa é das Estrelas, Cidades de Papel, Como Eu Era Antes de Você, Se Eu Ficar Com Amor, Simon, chegou a vez de outro queridinho dos leitores virar filme.

Todo Diai foi sucesso de vendas no mundo todo. O romance meio filosófico de David Levithan traz a história menos comum dentre seus pares. Aqui o amor acontece não entre dois jovens, mas entre a jovem e uma “alma”. Não, não é nada nível Ghost. Vamos explicar.

A é um adolescente que tem um dom incomum: ele acorda cada dia em um corpo diferente. Sua alma, sua essência é masculina, mas ele pode acordar amanhã no corpo de um homem ou de  uma mulher. Sempre com a sua idade. A não se incomoda com isso, aprendeu a lidar com a situação desde pequeno. Até que um dia conhece Riannon e se apaixona por ela.

A vai precisar então fazer de tudo para reencontrá-la e fazer com que a garota goste dele, mesmo com sua peculiaridade.

Todo-dia-filme

Tanto o livro de Levithan quanto o filme resvalam nas implicações morais de se “ocupar” o corpo de outra pessoa, ainda que por um dia, e A vai sempre tomar o cuidado de interferir nesta vida o mínimo possível, mas qualquer interferência é inevitável. Quando se apaixona por Riannon, o protagonista vai se ver obrigado a dividir seu segredo e a “usar” do corpo em que está para convencê-la.

Engraçado e romântico, Todo Dia funciona quase como uma nova rom-com adolescente. Seus protagonistas não são chatos como de costume, seu ritmo é interessante, sua trilha sonora é bacana e mesmo as questões que ele levanta, ainda que nada muito profundo, são relevantes. Por exemplo: será que Riannon vai manter um relacionamento com A quando ele aparecer como uma garota?

Leia mais: 10 filmes para você assistir se gostou de Com Amor, Simon

Dirigido pelo novato Michael Sucsy (de Para Sempre), com Justice Smith no elenco, Todo Dia funciona como uma sessão da tarde que entretém sem emburrecer, com uma história capaz de derreter os corações de todas as idades e que pode levantar inúmeras questões sobre o que é se apaixonar de verdade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s