#OscarsSoWhite – Mark Ruffallo, Viola Davis e Will Smith se posicionam sobre o preconceito no Oscar 2016

E a polêmica do preconceito no Oscar continua. Depois das declarações de gente como Jada Pinkett-Smith, George Clooney, Spike Lee e Whoopy Goldberg sobre o assunto (que já falamos AQUI), chegou a vez de outras celebridades se posicionarem.

O rapper 50 Cent e o ator Tyrese Gibson foram radicais e pedem que Chris Rock desista de apresentar a premiação. Para o rapper, Rock “representa muito para a comunidade negra” e não deveria aceitar apresentar o prêmio. Já Gibson fez uma comparação, dizendo que se um ativista dos direitos LGBT estivesse agendado para ser apresentador e os filmes e atores gays tivessem sido deixados de fora propositalmente, ele se recusaria. Referindo-se especificamente a Andy Cohen.

50_cent_tyrese_gibson_split

50 Cent e Tyrese Gibson

Will Smith, que até agora se mantivera em silêncio mesmo depois do bate-boca virtual entre sua esposa Jada Pinkett-Smith e Janet Hubert, decidiu se pronunciar, em tom de brincadeira:will-smith-oscar-boybott

“Minha esposa não vai. Seria no mínimo estranho aparecer lá com a Charlize Theron”

Isso confirma que o ator também não comparecerá à cerimônia. O caso de Smith não é tão crítico quanto outros, pois ele não está indicado em nenhuma categoria este ano (ou seu filme).

Veja a lista completa dos indicados ao Oscar 2016

Nesse ponto, a declaração de Mark Ruffallo (indicado este ano por Spotlight e no ano passado por Foxcatcher) veio bem mais assustadora para os membros da Academia:mark_ruffalo_thr

“Eu estou considerando não ir, é nesse pé que estou nesse momento. Eu acordei pensando ‘qual é a melhor maneira de lidar com isso?’. Porque se você olhar para o legado de Martin Luther King é que boas pessoas que não agem são muito piores que as ruins que agem. Mas o problema não está no Oscar, mas em todo o sistema americano.”

No entanto, no mesmo dia, Ruffallo se posicionou no twitter acalmando os ânimos, confirmando sim sua presença:

Para esclarecer qualquer confusão: Eu vou à cerimônia do Oscar em apoio às vítimas dos abusos sexuais pela igreja e ao bom jornalismo representados em Spotlight. Eu apoio a posição do movimento de boicote ao Oscar de que as indicações não refletem a diversidade, o movimento reflete uma discussão muito maior sobre racismo no sistema de justiça americano.”

 

Outro nome importante a se posicionar sobre o assunto e que também acha que o Oscar é apenas uma reflexão de um problema maior foi Viola Davis (já indicada duas vezes ao Oscar por Dúvida Histórias Cruzadas):viola davis

Não é o Oscar. O Oscar é apenas um sintoma de um problema muito maior que é o sistema da indústria de cinema de Hollywood. Quantos filmes estão sendo produzidos que possuem negros? Mais filmes precisam ser feitos onde possamos aparecer. Este é o problema. A oportunidade não equivale ao talento. È necessário haver mais oportunidade, só isso. E temos que investir nisso.”

O apontamento de Davis é válido: como um ator negro, gay, uma mulher mais velha, serão indicados a prêmios se não tiverem oportunidades de atuar? E sua fala agora condiz com o que Davis disse ao ganhar o Emmy de melhor atriz de série dramática no ano passado por seu papel em How To Get Away With Murder , ao firmar que “a única coisa que difere mulheres negras de quaisquer outras é a oportunidade”.

 

Anúncios

2 comentários sobre “#OscarsSoWhite – Mark Ruffallo, Viola Davis e Will Smith se posicionam sobre o preconceito no Oscar 2016

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s