Intérprete de El Diablo fala de estereótipos em Hollywood e possível volta de seu personagem em novo ‘Esquadrão Suicida’

Desde sua estreia no cinema americano em 2001 em Gostosa Loucura ao lado de Kirsten Dunst que Jay Hernandez luta para ir contra os estereótipos latinos na tela, já tendo recusado inúmeros papeis de membros de gangues ou outros tipos comuns latinos em prol de personagens que possam expor suas qualidades artísticas e, claro, sua beleza.

Então é claro que o ator reconhece a ironia de que seu primeiro papel em um filme de grande orçamento (um tipo de filme que ele há tempos vem tentando fazer) seja justamente o de Diablo, ou Chato Santana, um membro de gangue careca e tatuado com poderes pirotécnicos em Esquadrão Suicida.

Veja como são os atores de Esquadrão Suicida sem maquiagem

Leia nossa resenha de Esquadrão Suicida

Para mim, o Diablo é mais a exceção que a regra, porque somos constantemente inundados por retratos negativos de negros ou latinos na mídia. Ele é a representação visual de tudo o que devemos temer, mas ainda é um ser humano. Ele tem uma história.”, diz Hernandez.

Quando vemos El Diablo pela primeira vez em Esquadrão Suicida, ele está vivendo como um eremita na prisão de Belle Reve, aterrorizado pelas memórias de seu maior crime. Como um alcoólatra recuperado ele busca se manter no presente e não utilizar mais seus poderes por medo de não conseguir controlá-los.

Diablo tem uma posição poderosa e importante na história, vários temas giram ao seu redor”, diz o diretor do filme David Ayer. “Ele é quase um monge numa caverna no começo do filme e no final ele tem uma nova família pela qual vai se dispor a tudo. É algo muito importante e Jay conseguiu fazer isso de forma incrível. Espero que o filme lhe abra muitas portas”.

el diablo.gif

CUIDADO: SPOILERS ABAIXO CASO VOCÊ NÃO TENHA VISTO O FILME

E justamente sobre o sacrifício a que se dispõe? Hernandez falou ao site ComicBook sobre um possível retorno de El Diablo num próximo filme:

“É claro que ele pode retornar!”, disse o ator. “Não vou dizer nada sobre isso, apenas que é uma possibilidade”.

“Foi interessante filmar a última cena, porque houveram alguns detalhes mudados na pós-produção, ou de última hora”, comentou ainda. “Eu não sabia exatamente como iria acontecer, mas para mim era importante que tudo ali fosse impressionante, a hora da morte dele. Eu acho que o Diablo deu significado e peso à história desses personagens se juntando aos poucos”.

Meet the squad’s hottest member. #ElDiablo #SuicideSquad

A post shared by Suicide Squad (@suicidesquadmovie) on

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s