‘Elis’ abre festival de cinema de Punta del Este

O 20° Festival de Cinema de Punta del Este deste ano, que ocorreu entre os dias 13 a 19 de fevereiro, teve um toque brasileiro muito relevante. Logo na abertura, o filme Elis, dirigido por Hugo Prata, estreou o festival e deu a largada a uma semana de cultura e cinema no Uruguai.

O festival tem um peso relevante na América do Sul, e bastante tradicional, visto que a sua primeira edição aconteceu em 1951. É um evento em que os diretores latinos expõem seus filmes e se encontram para discutir sobre muito cinema. O festival aconteceu na renomada cidade uruguaia de Punta del Este, que é um grande destino para os turistas, o que complementou ainda mais o evento.

Na abertura, Elis foi bem recepcionado pelo público e, segundo o site uruguaio El Observador, recebeu muitos aplausos dos que acompanharam o longa-metragem.

Leia nossa resenha de Elis

O filme brasileiro retrata importantes momentos da carreira da cantora Elis Regina, desde o início da trajetória até o falecimento precoce. Ela venceu vários prêmios durante sua carreira e foi uma artista popular durante as décadas 1960 e 1970 quando chegou a ser considerada a maior cantora do Brasil.

“Nosso filme é sobre uma mulher muito talentosa e muito forte”, disse Hugo Prata. “(Dirigir esse filme) É um privilégio que elevou a barra para mim a um nível muito alto. Queria fazer um filme à altura da Elis como artista e como mulher”.

O drama é seguido em forma cronológica, e há uma boa ênfase quando a cantora gaúcha chega no Rio de Janeiro, no início da década de 1960 em que a jovem artista tinha apenas 18 anos, e mostra com detalhes a sua caminhada até a fama como uma cantora relevante de bossa nova e MPB.

O filme é bem aclamado pela crítica, com boa nota de 6,9 no site de crítica IMDB. Além disso, foi uma obra muito premiada no Brasil, tendo vencido três prêmios durante o Festival de Cinema de Gramados de 2016, incluindo o de melhor atriz para Andreia Horta.

“Fator mais marcante do filme, a semelhança física entre Elis e sua intérprete, Andreia Horta, impressiona”, de acordo com crítica do filme no site G1.

Apesar do clamor da crítica, Elis não venceu nenhum prêmio no Festival de Puntal del Este. Katerina D’Onofrio, do filme peruano La última tarde, e Julia Lübbert, do chileno Rara, ficaram com o prêmio de melhor atriz. Quanto ao melhor filme, La próxima piel, da Espanha, ficou com a honraria.

O filme que fechou o festival, no dia 19, foi o norte-americano “Jackie”, estrelado pela atriz Natalie Portman. O drama, que retrata um pouco da vida de Jackie Kennedy, foi indicado a três Oscars: melhor atriz (Portman), melhor trilha sonora e melhor figurino.

Elis já esteve em cartaz, e estreou no dia 24 de novembro do ano passado. No entanto, o filme se encontra nas lojas em DVD e em Blu-Ray para pré-venda, e tem lançamento marcado para o dia 1 de março.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s