Resenha do site – IT: A Coisa

it a coisaSe você está esperando um dos filmes mais assustadores do ano, você pode não se agradar com IT: A Coisa. A nova adaptação do clássico de Stephen King é muito mais do que isso. É também um filme sobre crescimento, um drama de pessoas que sofrem das mais diversas formas, um tratado sobre o medo em sua forma mais crua e cruel.

Quando o pequeno Georgie desaparece, em outubro de 1988, tem início uma onda de desaparecimentos na pequena cidade de Derry, que terá seu ápice lá pelo final do ano seguinte. Mas é o irmão de Georgie, o pré-adolescente Bill (Jaeden Lieberher) que vai unir os amigos para ir em busca do desaparecido. E, de quebra, tentar desvendar todos os desaparecimentos de crianças na cidade.

A história não é exatamente uma novidade, e dizer que o palhaço Pennywise está por trás dos desaparecimentos é ao mesmo tempo repetitivo e mentiroso. Existe muito mais.

Existem dois grandes vilões no filme, que se mostra bastante fiel ao livro que o originou. O primeiro é o medo. É ele que Pennywise utiliza para atrair suas vítimas, é com ele que o palhaço as consome. Mas um perigo muito mais real se esconde nas entrelinhas desta história: a maldade humana. Não raro, adultos são absolutamente cruéis e maléficos, e diversas vezes ainda mais perigosos que o próprio palhaço. A ponto de por diversas vezes nos pegarmos pensando: mas será que seria tão ruim assim se tal personagem fosse pego pelo palhaço?

Assim como no filme feito para TV em 1990, Bill Skarsgard encarna um vilão completamente demoníaco e aterrador, talvez mais ainda do que a versão de Tim Curry. O palhaço, a própria personificação do medo, vai deixar muita gente sem dormir.

Aproveitando o revival dos anos 80 no cinema e na TV e a nova onda de produções adaptadas de livros de Stephen King, IT volta às telas 27 anos depois (não por acaso, já que é o tempo que Pennywise leva para atacar novamente) em uma versão ao mesmo tempo igual e diferente que vai agradar muito os fãs dos novos filmes de terror e também àqueles que cresceram com os filmes das décadas de 80 e 90.

O novo IT é um filme aterrorizante, profundo e perturbador. Por seu lado humano. E vem pronto para figurar nas listas das melhores adaptações de Stephen King para o cinema.

 

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Resenha do site – IT: A Coisa

  1. Pingback: IT estreia quebrando recordes nos Estados Unidos – Pausa Dramática

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s