20 anos do primeiro longa dos X-Men. Confira 20 curiosidades sobre a estreia dos mutantes nos cinemas

Foi no dia 14 de julho de 2000 que o primeiro filme dos X-Men chegou aos cinemas americanos.

Apresentando Wolverine, Mística, Magneto, Professor Xavier e sua turma em carne e osso pela primeira vez, o longa deu origem à uma das franquias mais bacanas (e mais confusas também) do cinema.

LEIA MAIS:

Quem quiser rever o longa, ele está disponível no telecine, Apple TV, Google Play, Looke e Microsoft Store.

Vamos listar então 20 curiosidades para celebrar os 20 anos de X-Men.

1. Wolverine

Wolverine poderia ter sido interpretado por outro ator. A primeira escolha da produção era Russel Crowe, que recusou o trabalho. Depois vieram outras opções: Aaron Eckhart, Jean Claude Van Damme, Viggo Mortensen e Edward Norton, que também não puderam estar presentes na adaptação. Então Dougray Scott foi escalado, mas pro problemas de agenda envolvendo Missão Impossível 2 ele precisou recusar. Só então Hugh Jackman foi escalado. E o ator teve três semanas para entrar em forma para o personagem.

2. Outros personagens

A favorita para Tempestade era a atriz Angela Basset; para Vampira, Natalie Portman; e Jean Grey deveria ter sido Lucy Lawless. Mas no final Halle Berry, Anna Paquin e Famke Jassen acabaram conquistando os papeis de Tempestade, Vampira e Jean, respectivamente.

3. Perigo

Mais de 700 lâminas de aço de verdade foram usadas por Hugh Jackman e seus dublês durante as gravações.

4. Produção

As filmagens aconteceram entre setembro de 99 e março de 2000 e o filme estreou poucos meses após o fim das gravações, tendo pouco tempo de pós-produção.

5. Complicação na maquiagem

O ator Tyler Mane, que dá vida ao Dentes de Sabre, chegou a ficar cego por um dia por ter usado sua lente de contato por tempo demais. Já a atriz responsável por Mística só podia usar a lente durante 1h seguida e ficava com apenas 10% de sua visão durante as gravações.

6. Mística

Rebeca Romjin, aliás, era quem mais dava trabalho na caracterização. O processo para a criação de Mística durava cerca de 9 horas. Ela tinha mais de 100 próteses personalizadas cobrindo cerca de 60% de seu corpo. Além de tudo isso, a atriz ainda teve que viver uma vida completamente regrada para evitar que houvesse algum problema envolvendo a química de seu corpo. Rebecca não podia beber vinho, voar ou usar cremes para a pele um dia antes das gravações para evitar que as próteses descolassem.

7. Xadrez

A cena final do filme, quando Ian McKellen e Patrick Stewart estão jogando xadrez, deu mais trabalho do que os produtores imaginaram. Isso porque nenhum dos dois sabia como jogar. Eles apenas se sentaram e ficaram olhando um para a cara do outro, sem saber o que fazer. Isso fez com que o diretor decidisse contratar profissionais para ensinar o básico aos dois e, finalmente, a cena ser concluída.

8. Stan Lee

Este foi o primeiro filme da Marvel em que o icônico Stan Lee deu as caras. Depois disso ele apareceu em todas as outras profissões da marca, mas na época era uma novidade. Lee aparece perto de um carrinho de cachorro quente, em uma das últimas cenas, na praia.

9. Treinamento

Hugh Jackman teve que passar por treinamentos com um especialista em combate corpo a corpo para aprender a lidar com as garras de Wolverine que eram de 3 tipo: plástico, madeira e aço. Os trajes do personagem foram construídos a partir de couro grosso e PVC. Todos eram destruídos durante as filmagens.

10. Coadjuvantes

Alguns dos X-Men dos quadrinhos não possuem papéis importantes no filme, mas aparecem como personagens secundários na escola, como por exemplo, Jubileu, Lince Negra, Homem de Gelo e Pyro, mas somente os dois últimos ganharam papéis importantes na sequência do filme.

11. Sucesso

X-Men – O Filme arrecadou US$ 55 milhões apenas em seu fim de semana de estreia nos Estados Unidos. No Brasil, o filme levou aos cinemas mais de 550 mil pessoas em seu primeiro fim de semana, tornando-se a 2ª melhor estreia da Fox no Brasil e a 3ª melhor estreia na história do cinema no Brasil. Hoje o longa é considerado um dos responsáveis pelo ressurgimento dos super-heróis no cinema.

12. Brinde

Para comemorar seu último dia no set, Rebecca Romijn levou uma garrafa de tequila para beber com o elenco. Infelizmente, naquele dia, ela filmou uma luta entre Wolverine e Mística e acabou vomitando em cima de Hugh Jackman.

13. Home video

X-Men foi lançado em VHS e DVD em novembro de 2000 nos EUA. Em seu fim de semana inicial, o filme arrecadou US$ 60 milhões em aluguéis e vendas diretas, faturando mais do que todos os filmes nos cinemas, fora o líder O Grinch. X-Men terminou o ano 2000 como a sétima maior bilheteria de home video do ano com $ 141.000.000. Uma nova versão em dois discos de DVD foi lançada em 2003 em antecipação ao lançamento de X2 nos cinemas, intitulada X-Men 1.5. O DVD inclui a versão do cinema junto com a opção de cenas deletadas, e vários novos recursos adicionais.

14. Cronologia

Na cronologia dos filmes da franquia, X-Men é o segundo longa, vindo depois de X-Men Origens: Wolverine. Isso se não contarmos as partes dos outros longas passadas nos anos 70 e 80, porque depois de Dias de um Futuro Esquecido a linha do tempo do passado e futuro se separaram e cada uma tomou um rumo diferente, deixando de depender uma da outra.

Linha do Tempo (Presente):

X-Men Origens: Wolverine (prelúdio ambientado em 1845, segundo prelúdio em 1979 e história principal em 1986)
X-Men:O Filme (ano de 2004)
X-Men 2: Unidos (ano de 2005)
X-Men: O Confronto Final (ano de 2006)
Wolverine Imortal (ano de 2011)

Linha do Tempo (Futuro):

X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido (Futuro, Ano de 2023)
Logan (Ano de 2029)

Linha do Tempo (Passado):

X-Men: Primeira Classe (Ano de 1962)
X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido (Passado; Ano de 1973)
X-Men: Apocalipse (Ano de 1983)
X-Men: Fênix Negra (Ano de 1992)

15. Tomates

X-Men tem aclamação por parte da crítica especializada. Com tomatometer de 82% em base de 154 críticas, o Rotten Tomatoes publicou um consenso: “Fiel aos quadrinhos e cheio de ação, X-Men traz uma lousa cheia de personagens clássicos da Marvel para a tela com um elenco talentoso e foco narrativo surpreendentemente acentuado”. Tem 83% de aprovação por parte da audiência, usada para calcular a recepção do público a partir de votos dos usuários do site.

16. O filme que não foi

Por mais incrível que pareça, Joss Whedon – diretor de Vingadores – foi um dos roteiristas chamados para conceber o primeiro filme dos X-Men. Ele chegou a fazer uma versão completa do roteiro, que foi quase que completamente ignorado – exceto pela frase da Tempestade, “Você sabe o que acontece quando um sapo é atingido por um raio?“.

O roteiro continha várias referências à cultura pop e trazia um romance entre Wolverine e Tempestade. Ao final do filme, Jean se tornaria a Fênix, e, ao longo da trama, veríamos a Sala do Perigo e Magneto estabeleceria Nova York como um santuário mutante.

17. Recordes

Foi a estreia dos mutantes nos cinemas e também de todos os atores nos personagens. Hugh Jackman seria quem mais reprisaria o papel, aparecendo em 10 longas ao todo, incluindo uma participação em Deadpool 2.

Jackman e Patric Stewart foram parar no livro dos recordes por serem os atores que interpretaram heróis da Marvel por mais tempo. Segundo a organização do livro, Jackman contabiliza 16 anos e 228 dias em atuação como Wolverine. Ele estreou no papel em 2000 em “X-Men: O Filme”, e se despediu do personagem em “Logan”, de 2017.

O ator divide o recorde com o colega Patrick Stewart, 78, que interpreta o personagem Charles Xavier, o Professor X, nos filmes do X-Men, exatamente pelo mesmo período de Jackman: 16 anos e 228 dias.

18. Prêmios

Alguns integrantes do elenco principal de X-Men já concorreram (ou venceram) ao Oscar e Globo de Ouro:

Hugh Jackman

  • Recebeu uma indicação ao Oscar, na categoria de Melhor Ator, por sua atuação em Les Misérables (2012).
  • Recebeu uma indicação ao Globo de Ouro, na categoria de Melhor Ator – Comédia/Musical, por sua atuação em Kate & Leopold (2001), O Rei do Show (2017), e ganhou por Les Misérables (2012).

Patrick Stewart

  • Indicado ao Globo de Ouro de melhor ator em série ou filme pra TV por Moby Dick (1998) e The Lion in Winter (2003)
  • Indicado a melhor ator em série de comédia ou musical por Blunt Talk (2015).

Ian McKellen

  • Indicado ao Oscar de melhor ator por Deuses e Monstros (1998)
  • Indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante por O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel (2001)
Mandatory Credit: Photo by BEI/BEI/Shutterstock (456314u) Halle Berry OSCAR AWARDS PRESS ROOM, LOS ANGELES, AMERICA – MAR 2002 March 24, 2002 – Los Angeles, CA Halle Berry . The press room at the 2002 Academy Awards. Photo by Alberto Rodriguez ® Berliner Studio/BEImages

Halle Berry

Vencedora do Oscar de melhor atriz por A Última Ceia. Foi a primeira atriz negra a vencer na categoria e a segunda negra a ganhar um Oscar de atuação. A primeira foi Hattie McDaniel por sua atuação em … E O Vento Levou, em 1939.

Anna Paquin

Venceu o Oscar de melhor atriz em 1993 por seu trabalho em O Piano. Ela tinha apenas 11 anos e se tornou a segunda atriz mais jovem a ganhar o Oscar. A primeira foi Tatum O’Neil que e, 1973 venceu aos dez anos pelo filme Lua de Papel.

19. Origens

Uma das cenas mais marcantes da franquia é a abertura de X-Men (depois reutilizada em Primeira Classe), onde vemos o passado de Magneto em um campo de concentração da Segunda Guerra Mundial. Isso ajuda a criar a personalidade do vilão e apresentar seus motivos.

Porém, no roteiro original do filme, Magneto não era o único a ter suas origens exploradas. Teríamos uma cena do Ciclope descobrindo seus poderes na escola (assim como em Apocalipse) e Tempestade causando um rebuliço em uma vila na África. Os cenários chegaram a ser montados para que as cenas pudessem ser filmadas para a versão em DVD, mas nunca aconteceu.

20. Vampira com Vampiro

Anna Paquin, que interpreta Vampira na saga dos X-Men estreou a série True Blood, onde se apaixonava por um vampiro, Bill, interpretado por Stephen Moyer. Os dois se casaram em 2010, durante as gravações da série (que teve 7 temporadas) e têm dois filhos.

Paquin, inclusive, se declara bissexual e diz que o fato de estar casada com um homem não muda este fato.

Em entrevista a Larry King em 2014, onde o apresentador peguntou se ela era “bissexual não praticante”, a atriz disse: “Bem, digo, eu estou casada com meu marido e nós, felizmente, somos monogamicamente casados”. Larry então perguntou: “Mas você era bissexual?”. Anna respondeu: “Eu não acho que seja uma coisa no passado. Você ainda é heterossexual se está com alguém? Não significa que você não é, caso você terminasse ou se fosse morrer. Isso não impede que sua sexualidade exista. Não funciona exatamente assim”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: