Como os novos musicais estão ajudando a revitalizar o gênero focando na diversidade

O cineasta americano David E. Talbert sempre foi um apaixonado pelos musicais. Sonhava em rodar em um poste como Gene Kelly ou pelas colinas verdejantes como Julie Andrews. Então, claro que ele quis apresentar ao filho seus filmes preferidos. Quando a criança de 4 anos começou a assistir a alguns clássicos musicais do cinema, rapidamente perdeu o interesse. E Talbert logo percebeu o motivo: o filho, negro como ele, não se via naquelas cenas. Ele não se interessou em ver pessoas que não eram como ele cantando e dançando na tela.

Foi justamente essa tentativa frustrada com seu filho que o levou a criar Uma Invenção de Natal, o primeiro musical original da Netflix. Focado em uma família negra, o longa é um dos muitos filmes a revitalizar o gênero para as novas plateias que, hoje mais engajadas, se preocupam muito com a diversidade.

Uma Invenção de Natal – Netflix

Alguns são histórias originais, como este ou O Rei do Show. Outros são remakes ou adaptações de sucessos da Broadway, como a nova versão de Amor Sublime Amor dirigida por Steven Spielberg com estreia prevista para o fim de 2021 ou A Festa de Formatura, que estreia na Netflix em dezembro. Estas novas adaptações carregam o peso de estrear em uma época onde a representatividade importa e muito.

O Rei do Show

Por exemplo: se em 1961 a família de porto-riquenhos de Amor Sublime Amor foi representada por atores brancos, na nova leitura ela é interpretada por atores latinos, encabeçados por Rachel Zegler, de descendência colombiana, como Maria.

A preocupação com a representatividade já apareceu em O Rei do Show (2017) que trazia um grupo de exilados sociais colocados no centro do palco. Os roteiristas de A Festa de Formatura, por sua vez, viram na representatividade um trunfo: abraçaram o old school com toques de modernidade ao contar a história de atores profissionais (interpretados no filme por Meryl Streep, Nicole Kidman e James Corden) que ajudam uma garota lésbica que deseja levar sua namorada para o baile de formatura, encontrando a medida certa entre espetáculo e drama.

A Festa de Formatura – Netflix

Estes novos musicais são diversos em seus elencos e ideias. Em Uma Invenção de Natal, o elenco negro encabeçado por Forrest Whitaker e Keegan-Michael Key se une a John Legend nas composições.

Já a nova versão de Amor Sublime Amor, que se passa em 1957, acentua as discussões sobre imigração e discriminação, ainda muito relevantes hoje em dia.

Amor Sublime Amor (2021)

Tudo isso, claro, pode-se dizer que ressurgiu com o sucesso de Hamilton, a produção super bem sucedida de Lin-Manuel Miranda nos palcos da Broadway que está disponível no Disney+.

Uma Invenção de Natal está disponível na Netflix. A Festa de Formatura estreia dia 11 de dezembro na plataforma e Hamilton está disponível no Disney+.

A nova versão de Amor Sublime Amor, estrearia em dezembro deste ano mas foi adiada por conta da pandeia. Agora tem data de estreia prevista para 10 de dezembro de 2021 nos EUA.

Veja os trailers abaixo:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: