RuPaul’s Drag Race vai ganhar duas novas versões, agora internacionais

Fãs do reality mais babadeira da história podem ficar felizes: Mama Ru está preparando dois novos programas!

O primeiro, já anunciado oficialmente, é o Queen of the Universe.

No programa, que será uma espécie de Eurovision das drags, as participantes de diversos países irão cantar e competir pelo título. A competição, produzida pela mesma World of Wonder do Drag Race original, irá ao ar nos EUA no Paramount+. Como o serviço já chegou ao Brasil, pode ser que ele também transmita a série por aqui.

Ainda não existem muitas informações sobre o programa, como por exemplo se as competidoras irão mandar vídeos pré-gravados ou não, por conta das restrições por conta da COVID. Mas a competição já promete “saltos altos e notas altas” e um programa que vai “explodir suas perucas”.

A nova série será exibida pelo Paramount+ assim como a sexta edição do All Stars, em datas a serem definidas.

E a outra notícia ainda não foi confirmada oficialmente, mas até mesmo possíveis participantes já foram divulgadas por vários sites britânicos.

Especula-se que uma versão internacional do All Stars está sendo programada. De acordo com o The Sun, a competição contará com a participação de competidoras das versões dos Estados Unidos, Reino Unido, Canadá e Holanda.

Se você quer ficar por dentro, na Netflix tem as 12 primeiras temporadas do reality, o All Stars 1 e 2, 2 temporadas do Untucked e os 4 episódios de Secret Celebrity. Além de AJ and the Queen, a série estrelada por RuPaul.

Quer ver as temporadas que não estão na Netflix? CLIQUE AQUI.

Até o momento, RPDR já tem versões na Tailândia, Holanda e Reino Unido, com as versões Espanha e Down Under (Austrália) sendo gravadas. A versão brasileira está na gaveta há alguns anos e depois que a Endemol, que havia adquirido os direitos da versão nacional há alguns anos, abriu mão do compromisso com os representantes do reality show em novembro do ano passado, alegando o péssimo momento político do país, o grande preconceito contra a comunidade LGBT e a dificuldade de emplacar o projeto nas emissoras brasileiras.

Os rumores são de que RuPaul e a equipe de produção já deixaram a Nova Zelândia (onde filmaram a versão australiana) a caminho do Reino Unido para as gravações RuPaul’s Drag Race UK 3 e, em seguida, irão gravar All Stars International (nome provisório).

O mesmo The Sun, inclusive, já divulgou duas prováveis integrantes da versão internacional. A gente fala disso depois da imagem pra não dar spoiler pra ninguém que ainda não viu o UK 1.

CUIDADO SPOILER DA PRIMEIRA TEMPORADA DE RUPAUL’S DRAG RACE UK DEPOIS DESTA IMAGEM

RuPaul on Drag Race UK judging table.

De acordo com o The Sun, Baga Chipz e Blu Hydrangea, da primeira edição da versão UK, já estão confirmadas na atração internacional do All Stars.

Baga Chipz terminou o programa em terceiro lugar e depois participou do Celebrity Masterchef.

Já Blu Hydrangea ficou em quinto lugar e foi eleita a Miss Simpatia pelos fãs numa votação não-oficial. Hoje ela apresenta o programa online Strictly Frocked Up, na BBC, onde ela e outra drag comentam os episódios de Stricktly Come Dancing.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: