Cinco vezes que Leonardo DiCaprio não ganhou o Oscar

Vinte e cinco anos de carreira e mais de 35 produções na bagagem. Entre elas Romeu + Julieta, Titanic, Eclipse de Uma Paixão, A Origem, A Praia, Ilha do Medo Prenda-me Se For Capaz, apenas para citar alguns.

Já tendo trabalhado com diretores renomados como Steven Spielberg, Chritopher Nolan, Martin Scorsese, Baz Luhrmann e Danny Boyle, DiCaprio evoluiu como ator de forma espetacular e, do garoto tímido e sem muito talento em Romeu + Julieta se tornou um dos melhores atores de sua geração.

Em seu tempo de carreira, coleciona cinco indicações ao Oscar: quatro por suas atuações e uma como produtor por O Lobo de Wall Street, que foi indicado a melhor filme. Este ano, o ator tem novamente a chance de levar a estatueta, e com maiores possibilidades que nos anos anteriores, por sua atuação arrebatadora em O Regresso, longa do diretor Alejandro Gonzáles Iñarritu que este ano é campeão de indicações concorrendo em 12 categorias, inclusive melhor filme e diretor.

Veja a lista completa dos indicados ao Oscar 2016

Entre Hitchcock e Marilyn Monroe, veja alguns dos esnobados mais nobres do Oscar

Vale lembrar que DiCaprio concorreu a 11 prêmios do Globo de Ouro enquanto isso: Gilbert Grape, Titanic, Prenda-me se For Capaz, O Aviador, Os Infiltrados e Diamante de Sangue (no mesmo ano), Foi Apenas um Sonho,  J. Edgar, Django Livre, O Lobo de Wall StreetO Regresso, tendo vencido três vezes, por O Aviador, O Lobo de Wall StreetO Regresso.

Veja abaixo as cinco indicações  anteriores de DiCaprio:

Gilbert Grape: Aprendiz de Sonhadorleonardo di caprio 1

A primeira indicação de Leonardo DiCaprio ao Oscar aconteceu em 1994, quando ele concorreu na categoria de melhor ator coadjuvante pela atuação no filme Gilbert Grape – Aprendiz de Sonhador. Na época, o ator tinha apenas 20 anos de idade, 3 de carreira e quatro filmes na bagagem. Ele perdeu a estatueta para o já experiente Tommy Lee Jones, que havia atuado em O Fugitivo. Um Oscar para um artista tão jovem parecia mesmo difícil de ser conquistado. A derrota foi compreensível, e Leo ainda vislumbrava um futuro brilhante em Hollywood, repleto de possibilidades de ganhar o prêmio nos anos seguintes. Só que não.

O Aviadorthe-aviator-leonardo-dicaprio-2

É difícil acreditar que Leo previu que se passaria tanto tempo até que a Academia o indicasse ao Oscar mais uma vez. Foram 11 anos até a segunda nomeação, em 2005, como melhor ator pelo filme O Aviador. Durante essa longa espera, deu tempo de DiCaprio estrelar em filmes como Romeo + Julieta, Titanic e Prenda-me se For Capaz; tornar-se mundialmente famoso; e engatar um namoro com a modelo brasileira Gisele Bündchen (que não durou muito tempo). Além de experiente, reconhecido e galã, o ator chegou ao Oscar de 2005 como protagonista do filme com o maior número de indicações. Foram onze categorias no total, cinco das quais O Aviador venceu – mas não a de melhor ator. Leo perdeu para Jamie Foxx, que naquele ano havia interpretado Ray Charles no longa Ray.

Diamante de Sangueleonardo di caprio 3

Leonardo DiCaprio voltou a ser lembrado pela Academia em 2007 por sua interpretação em Diamante de Sangue. A produção foi o primeiro lançamento de Leo desde o Aviador, que já havia rendido a ele uma indicação frustrada ao Oscar. Dois longas seguidos, duas nomeações e… Sim, duas derrotas seguidas para Leo na categoria de melhor ator. A estatueta ficou com Forest Whitaker (O Último Rei da Escócia). Perder o Oscar começou a deixar de ser compreensível ou engraçado para o ator – mas não para o público, que, desde então, descobriu a internet como um meio de propagação sem fim de piadas sobre o assunto.

O Lobo de Wall Streetleonardo di caprio 4

O fantasma que o Oscar havia se tornado para DiCaprio voltou a assombrá-lo após sete anos, em 2014, quando ele foi indicado a não uma, mas duas categorias por O Lobo de Wall Street: as de melhor ator e melhor filme, já que ele foi produtor do longa. Quem pensou que concorrer a mais de um prêmio aumentaria as chances de o ator finalmente levar uma estatueta para casa se enganou. Matthew McConaughey (Clube de Compras Dallas) e 12 Anos de Escravidão foram os vencedores da noite. McConaughey, aliás, fez questão de abraçar Leo ao ter o seu nome anunciado. O gesto foi bacana, mas fez com que as atenções se voltassem mais ainda para DiCaprio. As derrotas do ator viraram piada e ele se tornou o rei dos memes que circularam na internet ao longo dos dias seguintes.

VIA

Anúncios

Um pensamento sobre “Cinco vezes que Leonardo DiCaprio não ganhou o Oscar

  1. Pingback: #Oscar2016 – Resenha do site: O Regresso | pausa dramática

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s