Cinco vezes que Leonardo DiCaprio não ganhou o Oscar

Vinte e cinco anos de carreira e mais de 35 produções na bagagem. Entre elas Romeu + Julieta, Titanic, Eclipse de Uma Paixão, A Origem, A Praia, Ilha do Medo Prenda-me Se For Capaz, apenas para citar alguns.

Já tendo trabalhado com diretores renomados como Steven Spielberg, Chritopher Nolan, Martin Scorsese, Baz Luhrmann e Danny Boyle, DiCaprio evoluiu como ator de forma espetacular e, do garoto tímido e sem muito talento em Romeu + Julieta se tornou um dos melhores atores de sua geração.

Em seu tempo de carreira, coleciona cinco indicações ao Oscar: quatro por suas atuações e uma como produtor por O Lobo de Wall Street, que foi indicado a melhor filme. Este ano, o ator tem novamente a chance de levar a estatueta, e com maiores possibilidades que nos anos anteriores, por sua atuação arrebatadora em O Regresso, longa do diretor Alejandro Gonzáles Iñarritu que este ano é campeão de indicações concorrendo em 12 categorias, inclusive melhor filme e diretor.

Veja a lista completa dos indicados ao Oscar 2016

Entre Hitchcock e Marilyn Monroe, veja alguns dos esnobados mais nobres do Oscar

Vale lembrar que DiCaprio concorreu a 11 prêmios do Globo de Ouro enquanto isso: Gilbert Grape, Titanic, Prenda-me se For Capaz, O Aviador, Os Infiltrados e Diamante de Sangue (no mesmo ano), Foi Apenas um Sonho,  J. Edgar, Django Livre, O Lobo de Wall StreetO Regresso, tendo vencido três vezes, por O Aviador, O Lobo de Wall StreetO Regresso.

Veja abaixo as cinco indicações  anteriores de DiCaprio:

Gilbert Grape: Aprendiz de Sonhadorleonardo di caprio 1

A primeira indicação de Leonardo DiCaprio ao Oscar aconteceu em 1994, quando ele concorreu na categoria de melhor ator coadjuvante pela atuação no filme Gilbert Grape – Aprendiz de Sonhador. Na época, o ator tinha apenas 20 anos de idade, 3 de carreira e quatro filmes na bagagem. Ele perdeu a estatueta para o já experiente Tommy Lee Jones, que havia atuado em O Fugitivo. Um Oscar para um artista tão jovem parecia mesmo difícil de ser conquistado. A derrota foi compreensível, e Leo ainda vislumbrava um futuro brilhante em Hollywood, repleto de possibilidades de ganhar o prêmio nos anos seguintes. Só que não.

O Aviadorthe-aviator-leonardo-dicaprio-2

É difícil acreditar que Leo previu que se passaria tanto tempo até que a Academia o indicasse ao Oscar mais uma vez. Foram 11 anos até a segunda nomeação, em 2005, como melhor ator pelo filme O Aviador. Durante essa longa espera, deu tempo de DiCaprio estrelar em filmes como Romeo + Julieta, Titanic e Prenda-me se For Capaz; tornar-se mundialmente famoso; e engatar um namoro com a modelo brasileira Gisele Bündchen (que não durou muito tempo). Além de experiente, reconhecido e galã, o ator chegou ao Oscar de 2005 como protagonista do filme com o maior número de indicações. Foram onze categorias no total, cinco das quais O Aviador venceu – mas não a de melhor ator. Leo perdeu para Jamie Foxx, que naquele ano havia interpretado Ray Charles no longa Ray.

Diamante de Sangueleonardo di caprio 3

Leonardo DiCaprio voltou a ser lembrado pela Academia em 2007 por sua interpretação em Diamante de Sangue. A produção foi o primeiro lançamento de Leo desde o Aviador, que já havia rendido a ele uma indicação frustrada ao Oscar. Dois longas seguidos, duas nomeações e… Sim, duas derrotas seguidas para Leo na categoria de melhor ator. A estatueta ficou com Forest Whitaker (O Último Rei da Escócia). Perder o Oscar começou a deixar de ser compreensível ou engraçado para o ator – mas não para o público, que, desde então, descobriu a internet como um meio de propagação sem fim de piadas sobre o assunto.

O Lobo de Wall Streetleonardo di caprio 4

O fantasma que o Oscar havia se tornado para DiCaprio voltou a assombrá-lo após sete anos, em 2014, quando ele foi indicado a não uma, mas duas categorias por O Lobo de Wall Street: as de melhor ator e melhor filme, já que ele foi produtor do longa. Quem pensou que concorrer a mais de um prêmio aumentaria as chances de o ator finalmente levar uma estatueta para casa se enganou. Matthew McConaughey (Clube de Compras Dallas) e 12 Anos de Escravidão foram os vencedores da noite. McConaughey, aliás, fez questão de abraçar Leo ao ter o seu nome anunciado. O gesto foi bacana, mas fez com que as atenções se voltassem mais ainda para DiCaprio. As derrotas do ator viraram piada e ele se tornou o rei dos memes que circularam na internet ao longo dos dias seguintes.

VIA

Anúncios

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s