A história do cinema LGBTQIA+ em Hollywood através de filmes

No mês passado a Netflix nos presenteou com Hollywood, a série que contava os bastidores da indústria do cinema nos anos após a Segunda Guerra Mundial.

Embora boa parte do que vemos em cena é fantasia da cabeça de Ryan Murphy (criador da série e de outras como Glee, American Horror Story, Pose e The Politician), muitos personagens são reais e realmente existiram.

Só que suas vidas não foram como mostradas na série. Rock Hudson, por exemplo, faleceu em 1985 em consequência da AIDS contraída um ano antes. Sua homossexualidade, apesar de conhecida em Hollywood, precisava ser escondida e em 1955 após um artigo falar de sua homossexualidade ele se casaria com uma mulher, Phylis Gates, secretária de seu agente Henry Wilson. O casamento durou até 1958 mas Hudson nunca mais pôde se abrir.

Henry Wilson foi interpretado por Jim Parsons na série de Ryan Murphy e o verdadeiro Wilson tinha um fraco por atender jovens atores gays.

Ao contrário do personagem da série, Wilson nunca se arrependeu de seus atos e, em 1966 acabou sendo demitido por Hudson e começando a perder sua batalha contra o alcoolismo. Faleceu em 1974, desempregado, de cirrose hepática.

Por conta disso, e como bônus da live que fizemos com o pessoal do CineURGE, vamos listar aqui vários filmes e algumas séries que podem nos ajudar a acompanhar a evolução do retrato do LGBTQIA+ em Hollywood.

Para ver a live CLIQUE AQUI.

Para ler mais sobre a história do cinema LGBTQIA+ em Hollywood, na Europa e América Latina CLIQUE AQUI

LEIA MAIS: os casamentos de fachada dos astros de Hollywood

Festim Diabólico, Quanto Mais Quente Melhor, Filadélfia

Anos 40 e 50 – o homossexual velado

  • Festim Diabólico (1948)
  • Ardida Como Pimenta (1953)
  • Ben-Hur (1959)
  • Quanto Mais Quente Melhor (1959)
  • Pink Flamingos (1972)

Anos 80 e 90 – o castigo da AIDS

  • Parceiros na Noite (1980)
  • Minha Adorável Lavanderia (1985)
  • Maurice (1987)
  • Essa Estranha Atração (1988)
  • Meu Querido Companheiro (1989)
  • Filadélfia (1993)
  • A Última Festa (1996)

Produções recentes passadas nos anos 80 que contam a ascensão da AIDS

  • Rent (2005)
  • Angels In America (2003)
  • The Normal Heart (2014) – De Ryan Murphy
  • Clube de Compras Dallas (2014)
Priscilla: A Rainha do Deserto, A Razão do Meu Afeto, Hedwig

Final do anos 90 – a saída do armário

  • Priscilla: A Rainha do Deserto (1994)
  • Para Wong Foo, Obrigado Por Tudo! Julie Newmar (1995)
  • Ninguém é Perfeito (1999)
  • Será Que Ele É? (1997)
  • Banquete de Casamento (1993)
  • A Gaiola das Loucas (1996)
  •  A Razão do Meu Afeto (1998)
  • O Casamento do Meu Melhor Amigo (1997)
  • Quatro Casamentos e um Funeral (1993)
  • Deuses e Monstros (1998)
  • Traídos Pelo Desejo (1992)
  • Entre Amigos (1997)
  • Almas Gêmeas (1994)
  • Hedwig (2001)
  • Hairspray (1988)
  • Hairspray (musical – 2007)
  • Meninos Não Choram (1999)

Séries que foram importantes para a “revelação” do gay como pessoa comum:

  • Queer As Folk
  • Will & Grace
  • The L World

Anos 2000 – a grande ascensão e o Oscar

O Segredo de Brokeback Mountain, Direito de Amar, Moonlight
  • O Clube dos Corações Partidos (2000)
  • O Segredo de Brokeback Mountain (2005)
  • Todas as Cores do Amor (2003)
  • Mistérios da Carne (2004)
  • Longe do Paraíso (2002)
  • Sobrou Pra Você (2000)
  • Transamérica (2005)
  • Kinky Boots (2005)
  • Correndo com Tesouras (2006)
  • Billy Elliot (2000)
  • Café da Manhã em Plutão (2005)
  • Direito de Amar (2009)
  • Shortbus (2006)
  • Um Toque de Rosa (2004)
  • Poucas Cinzas (2008)
  • Beijos e Tiros (2005)
  • Milk: A Voz da Igualdade (2008)
  • Minhas Mães e Meu Pai (2010)
  • Pride (2014)
  • Minha Vida com Liberace (2013)
  • Carol (2015)
  • A Garota Dinamarquesa (2015)
  • O Amor é Estranho (2015)
  • O Jogo da Imitação (2015)
  • King Kobra (2016)
  • Moonlight (2016)
  • Com Amor, Simon (2018)
  • Me Chame Pelo Seu Nome (2017)
  • 120 Batimentos por Minuto (2017)
  • O Jogo da Imitação (2014)
  • Alex Strangelove (2018)
  • As Vantagens de Ser Invisível (2012)
  • Boy Erased: Uma Verdade Anulada (2018)

Brasil (anos 2000)

Madame Satã, Como Esquecer, Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
  • Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (2014)
  • Como Esquecer (2010)
  • Praia do Futuro (2014)
  • Elvis & Madona (2010)
  • A Glória e a Graça (2017)
  • Minha Mãe É Uma Peça (2013)
  • Amores Possíveis (2001)
  • Carandiru (2003)
  • A Partilha (2001)
  • Madame Satã (2002)
  • Amarelo Manga (2003)
  • Cazuza – O Tempo Não Para (2004)
  • Do Começo ao Fim (2009)
  • Tatuagem (2013)
  • Flores Raras (2013)
  • Amores Urbanos (2016)
  • Divinas Divas (2017)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: