Resenha do site – Trem Bala

Eu simplesmente adoro um filme que não tem medo de abraçar o próprio absurdo, o exagero, a cafonice. Um filme cuja única pretensão é divertir sem emburrecer.

Foi assim com Mamma Mia, foi assim com Kingsman (pelo menos o primeiro) e é assim com Trem Bala, que chega derrubando tudo esta semana nos cinemas.

A trama, adaptada de um dos maiores sucessos literários do Japão nos últimos tempos, escrito por Kotaro Isaka, gira em torno de um homem azarado que costuma fazer pequenos serviços, digamos, não muito legais. Contratado por uma pessoa que ele não sabe quem é, sua única e simples função é entrar num trem-bala japonês e resgatar uma mala. Tudo muito simples, não fosse o fato de o trem estar recheado de outros criminosos de primeira também prestando seus servicinhos que podem, ou não, ter a ver com a tal mala.

Quando Joaninha (Brad Pitt) entra no trem, vai automaticamente também entrar em confronto com Limão e Tangerina (dois assassinos de aluguel interpretados por Brian Tyree Henry e Aaron Taylor-Johnson, cada vez mais impressionante), o Lobo (Benito A Martinez Ocasio, o rapper Bad Bunny), o Príncipe (Joey King), um pai buscando vingança, uma assassina silenciosa e até uma cobra. Claro que, cena após cena, as coisas vão dando errado para o pobre Joaninha e o que vemos na tela é um desenrolar desenfreado de absurdos e cenas que não têm medo de extrapolarem nossa credibilidade, mas que nem por isso são menos divertidas. O elenco ainda conta com Hiroyuki Sanada, Sandra Bullock, Logan Lerman, Zazie Beetz e Michal Shannon

Como já dito, Trem Bala abraça sem medo seu exagero. Não estamos ali esperando um documentário. E o filme entrega sem temer tiro, porrada, bomba e gargalhadas.

LEIA MAIS

‘Jurassic World: Domínio’ se aproxima da marca de $1 bilhão na bilheteria. Somente 50 filmes até hoje conseguiram o feito

‘Uncoupled’ e o retrato honesto do gay de 40 anos na Netflix

Netflix anuncia sequência e spin-off de ‘Agente Oculto’

5 razões para você parar de reclamar dos remakes

Gosta de comédia romântica? Então você PRECISA assistir “The Baker And The Beauty”

*O Pausa Dramática é um site independente sem vínculos ou patrocínios. Nos ajude a permanecer no ar: compartilhe este post em suas redes e siga nossos perfis no InstagramFacebook e Twitter.

FAÇA PARTE DO GRUPO DO WHATS DO PAUSA DRAMÁTICA E RECEBA DICAS E CONTEÚDO DIRETO NO SEU CELULAR

Brad Pitt, se divertindo tanto quanto o público, mostra que faz seu melhor quando não tem compromisso de ser crível. Seu Joaninha é desde a primeira cena caricato, assim como todos que estão no trem. Com cenas de ação incríveis, piadas certeiras e um final que, como não poderia ser diferente, destrói tudo que vê pela frente, Trem Bala é sem dúvida um dos filmes mais divertidos do ano. Imperdível, absolutamente insano e absolutamente incrível.

2 comentários em “Resenha do site – Trem Bala

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: