‘Minx’ é a série que você devia estar assistindo e não sabia

Com humor e inteligência a série do HBO Max fala de feminismo e liberdade, mas também mostra que às vezes nós precisamos nos adaptar a uma situação para termos sucesso

É frequente a gente querer dizer alguma coisa, mostrar nosso ponto de vista, e não saber exatamente como se expressar. E às vezes o caminho é mais estranho do que a gente espera, mas não deixa de ser um caminho.

Minx conta a história de Joyce (Ophelia Lovibond), uma mulher à frente de seu tempo que, nos anos 70 luta pela igualdade de gêneros e liberdade feminina e tem um sonho: lançar uma revista com artigos e reportagens que tratem do assunto.

Num mercado e numa sociedade comandada por homens, Joyce vai encontrar resistência por todos os lados: do namorado aos executivos a quem apresenta suas ideias: “Mas por que as mulheres querem ser iguais aos homens?”, “Como assim as mulheres querem mais que cozinhar e cuidar da casa e dos filhos?”, “Que mulher vai querer ser igual a homem pra precisar pagar pensão pra ex-marido?”. Aos poucos, Joyce também percebe que pode não estar sabendo se expressar, e isso pode atrapalhar seu objetivo.

Quando ela é finalmente convidada a publicar sua tão sonhada revista, não é bem da forma que espera: Doug (Jake Johnson) é um badalado publisher de revistas… pornográficas. E propõe à Joyce que, entre um artigo sobre maternidade e outro, a revista tenha fotos de homens nus.

Claro que ela acha isso uma afronta. Até que percebe que talvez seja melhor ter aquela voz a não ter nenhuma.

LEIA MAIS

Confira os lançamentos desta semana nos streamigs e nos cinemas – 20 a 25/03

Bate-papo do Oscar com críticos curitibanos chega à 10ª edição

HBO Max passa a permitir reprodução em modo aleatório de diversas séries

Breve linha do tempo das 13 vezes que a Disney apresentou um “primeiro personagem gay”

Diretor de ‘The Batman’ fala de criação de universo compartilhado com séries da HBO Max

‘The White Lotus’ é renovada pela HBO. Saiba o que achamos da primeira temporada

Com muita inteligência – alguns diálogos são brilhantes – e humor (e alguns pênis à mostra), Minx fala sobre igualdade de gênero, conquista de direitos das mulheres e objetificação, seja do homem ou da mulher. Mas tem também uma outra mensagem importante: às vezes precisamos entender nosso ouvinte antes de passar nossa mensagem.

Ao perceber que talvez seus artigos sejam ásperos, que sua mensagem pareça lição de moral ou mesmo seja ininteligível para a maioria dos leitores da forma como ela a coloca, Joyce vai entender que existem várias maneiras de se transmitir suas ideias. E que deixá-las mais palatáveis talvez não seja tão ruim assim.

Com 10 episódios na primeira temporada, Minx está disponível no HBO Max e é imperdível.

*O Pausa Dramática é um site independente sem vínculos ou patrocínios. Nos ajude a permanecer no ar: compartilhe este post em suas redes e siga nossos perfis no InstagramFacebook e Twitter.

FAÇA PARTE DO GRUPO DO WHATS DO PAUSA DRAMÁTICA E RECEBA DICAS E CONTEÚDO DIRETO NO SEU CELULAR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: