Resenha do site – Assassinato no Expresso do Oriente

Se levarmos em conta que passei boa parte da minha adolescência com o nariz enfiado nas histórias detetivescas de Agatha Christie, que alguns anos depois descobriria em David Suchet a personificação exata de Hercule Poirot (que interpretou o detetive por 25 anos), e que tenho neste mesmo Poirot um de meus personagens preferidos da literatura (a ponto de querer ser detetive quando adolescente), é de se entender que eu tenha entrado no cinema para assistir à nova adaptação de  Assassinato no Expresso do Oriente com os dois pés atrás.

Actor-David-Suchet-Stars-in-the-LWT-series-Hercule-Poirots-Casebook.jpg

David Suchet é Hercule Poirot na série produzida pela BBC baseada nos livros de Agatha Christie entre 1989 e 2013

Por outro lado, também devemos levar em conta que Kenneth Brannagh, responsável pela direção do novo longa e pela nova encarnação de Poirot, é também um dos atores/diretores preferidos deste que vos escreve. Por conta de longas como Hamlet, Othelo, Muito Barulho Por Nada, Sete Dias com Marilyn e Para o Resto de Nossas Vidas, por exemplo.

Leia mais: 10 filmes de Kenneth Brannagh para assistir antes da estreia de Assassinato no Expresso do Oriente

2056130.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxxEntão, foi com esta sensação de “creio mas nem tanto” que encarei a nova versão. E com apenas 5 minutos de filme meu veredito estava dado: sensacional!

Em poucos minutos em cena, Brannagh deixa claro: não está para brincadeiras e não está ali imitando outros atores que foram Hercule Poirot. É um personagem seu, que ele parece ter nascido para interpretar. Todo sotaque belga, terno engomado e bigode, o ator consegue imprimir tamanha personalidade ao detetive que nos conquista em segundos. Com poucas cenas consegue traduzir tanto a perspicácia quanto o humor afiado de Poirot, deixando claro para nós sua personalidade forte e, até mesmo, ensaiando uma aparição de um personagem bem conhecido dos livros.

Após uma rápida e esfuziante introdução, somos colocados dentro do tal “Expresso do Oriente”, numa viagem que vai reunir não apenas personalidades fortes, como um elenco estelar: Daisy Ridley (Star Wars), Judi Dench (Philomena, Shakespeare Apaixonado, O Exótico Hotel Marigold), Johnny Depp (A Fantástica Fábrica de Chocolates, Alice no País das Maravilhas, Animais Fantásticos e Onde Habitam), Michelle Pfeiffer (Batman O Retorno, Hairspray, Sombras da Noite), Josh Gad (Frozen, A Bela e a Fera), Willem Dafoe (Homem-Aranha, A Grande Muralha, Anticristo) e Penélope Cruz (Volver, Sabor da Paixão, Vicky Christina Barcelona).

Conheça mais sobre Hercule Poirot

Na história, doze personagens, além de Poirot e do responsável pelo trem, acabam confinados em uma tempestade de neve junto com o misterioso aparecimento do cadáver de um deles. O grande “quem matou fulano?” se transforma num jogo de descobertas de mentiras e segredos como só a Rainha do Crime sabia construir. E não adianta tentar descobrir o final. A revelação vai te colocar na beira da poltrona e de queixo no chão. Caso você não tenha lido o livro (publicado originalmente em 1934), é claro, como o dono deste texto, que leu a obra ao menos cinco vezes no passado.

Leia mais: Resenha de Origem de Dan Brown e sugestões de elenco para o longa

Com uma direção de arte primorosa, edição incrível, texto rápido e inteligente e interpretações nada menos que perfeitas, Assassinato no Expresso do Oriente é um dos melhores filmes do ano. E, não à toa, já garantiu uma “continuação“, numa espécie de criação de um Universo Agatha Christie no cinema: a produção de Morte no Nilo já está em negociação e a mesma equipe é esperada, inclusive Kenneth Brannagh que, mesmo desviando da descrição original de Poirot (mudando até o modelo do chapéu característico do detetive, além, claro, do bigode), conseguiu dar vida nova e criar um personagem inteiramente seu, com mais emoção e humanidade do que apresentado até hoje. Um super-herói à moda antiga: que usa suas minúsculas células cinzentas ao invés dos músculos.

Vida longa à Poirot!


miramar-banner-gif

Anúncios

Um pensamento sobre “Resenha do site – Assassinato no Expresso do Oriente

  1. Pingback: Mas afinal, quem é esse homem com esse bigode?? |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s